Flávio Gomes

26 de Maio de 2017

A sucessão de Temer

Do jornalista Kennedy Alencar, em seu blog: “Cresce entre parlamentares a tese da chamada solução TSE. Ou seja, o Tribunal Superior Eleitoral cassaria a chapa Dilma-Temer em junho e eleições indiretas seriam feitas no Congresso no prazo de 30 dias para escolher num novo presidente… Hoje, o cenário mais provável parece ser aplicar a regra de eleição indireta. Mas Temer também teria de concordar com a solução TSE, deixando de recorrer ao STF (Supremo Tribunal Federal). No entanto, com os desdobramentos da crise e do papel de cada ator principal, não convém subestimar o movimento por eleição direta. A depender do nome que vier a ser escolhido num pleito indireto, ele terá dificuldades imensas para governar. E não podemos esquecer que existe uma Lava Jato no meio do caminho, com novos potenciais delatores a explodir mais bombas contra políticos e empresários. Nesse contexto, pode crescer o movimento que defende que apenas as urnas poderiam legitimar um governo com razoável estabilidade política para tocar reformas econômicas que talvez precisem ser amenizadas na comparação com as propostas hoje em debate no Congresso. Não será fácil adotar uma solução para a crise costurada apenas nos gabinetes. Falta combinar com os russos, especialmente com o povo.”

Avaliação

Na coluna Radar On-Line, de “Veja”, o jornalista Maurício Lima informa: “Renan está fazendo o de sempre: abandonando os derrotados”, referindo-se à postura do senador alagoano, líder do PMDB, em relação a Michel Temer. E cita os casos dos ex-presidentes Fernando Collor de Mello e Dilma Rousseff.

Na real

Paulão, deputado federal do PT/AL, não está só ao achar que Jair Bolsonaro pode ser beneficiado caso ocorra eleição direta para presidente, em provável afastamento de Michel Temer. Outros de esquerda pensam o mesmo. Exemplo da preocupação: Rio Grande do Sul, onde Bolsonaro está empatado com Lula.

Memória 

Heloísa Helena, ex-senadora, lembra que Lula usou força policial contra manifestantes que criticavam sua Reforma da Previdência. E que Dilma fez o mesmo contra povos indígenas contrários à usina de Belo Monte. “Lula, Dilma e Temer são políticos farinha do mesmo saco com prazo de validade vencida para 2018”, diz.

Capacitação

O PMDB anuncia para hoje, em Penedo, o 2º Encontro Regional da Fundação Ulysses Guimarães, com participação de lideranças do Litoral Sul e alguns expoentes do partido. Haverá cursos de formação política, inclusive para quem não é filiado. O evento será realizado no auditório do campus do Instituto Federal (Ifal).

Vanguarda

A propósito, o PMDB de Alagoas, seja diretamente ou através da Fundação Ulysses Guimarães, tem realizado uma excelente gestão, proporcionando diversas atividades aos seus filiados e aos interessados em política, de forma geral. O líder do partido no Senado, Renan Calheiros, tem participado ativamente.

Agenda

O Auditório da Associação dos Municípios Alagoanos, em Maceió, recebe hoje, das 13às 21 horas, o 1º Panorama Jurídico, evento organizado pela Diretriz Cursos, para debater a mediação de conflitos. Dados do CNJ, referentes a 2015, indicam 74 milhões de processos no Brasil, entre baixados e pendentes.

Turismo 

Daniele Novis, diretora do Maceió Convention & Visitors Bureau, festeja a abertura de processo de licitação para melhorias no Centro de Convenções, instrumento facilitador para captação de eventos. Com R$ 20 milhões o Ministério do Turismo proporcionará outro salão, para 1.200 pessoas, e um edifício garagem.  

Imoralidade

Ricardo Noblat, ontem, em seu blog: “Como contou, hoje, o jornalista Jorge Bastos moreno em O Globo, o jurista Edson Fachin admite que pediu ajuda ‘ao pessoal da JBS’ em 2015 para ser nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal”. Fachin quem acatou, semana passada, o generoso acordo com os “Irmãos JBS”.

 

*Não é mais segredo para ninguém que José Sarney, Lula e Fernando Henrique Cardoso estão articulando um nome para suceder Michel Temer, na hipótese, cada vez mais forte, de o presidente ser cassado pelo TSE. Dá para confiar no nosso futuro?

*O Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas realiza, hoje, no Ginásio do Sesi, formatura comemorativa pelo 24º aniversário da sua autonomia administrativa e operacional, evento que também faz parte das comemorações dos 70 anos da instituição. Às 8 horas.

*O município de Delmiro Gouveia recebe, hoje e amanhã, a Oficina Instrumental para Músicos e Bandas, promovida pelo Pró-Bandas Alagoas, da Secult. A ação é parceria com a Federação das Bandas de Música e Fanfarra de Alagoas e prefeitura local.

*O prazo para as inscrições da segunda edição do Festival de Música Popular Em Cantos de Alagoas acaba hoje. A Secretaria de Estado da Cultura vai investir R$ 15,5 mil nas premiações. O Em Cantos de Alagoas tem como objetivo descobrir novos talentos.

*O Instituto de Estudos Culturais, Políticos e Sociais do Homem Contemporâneo lançou edital para inscrições de curtas-metragens nas mostras competitivas do Circuito Penedo de Cinema. As inscrições vão de hoje a 23 de julho em www.circuitopenedo.com.br.

*O grupo baiano Harmonia do Samba faz apresentação hoje, a partir das 23 horas, no Maikai, no bairro Stella Maris, com inclusão dos seus tradicionais sucessos. Na abertura, tem show com Fabi Canuto. Mais informações: 98802.6684.

 

“Quem age temendo a pressão não tem estatura para estar no Supremo”

Gilmar Mendes

Ministro do Supremo Tribunal Federal