Blog do Dresch

25 de maio de 2017

Maluf é condenado, mas não vai para a prisão

maluf e condenado mas nao vai para a prisao 600x300 c - Maluf é condenado, mas não vai para a prisão

                   Graças a um voto favorável, dado pelo ministro Marco Aurélio Mello, o deputado Paulo Maluf (PP-SP), escapou mais uma vez, de cumprir pena na cadeia. Ele foi condenado a sete anos, nove meses e 10 dias de reclusão pelo crime de lavagem de dinheiro, pela Primeira Turma do STF. A pena teria de ser cumprida em regime fechado. Marco Aurélio votou favorável a absolvição por entender que o crime já prescreveu. Os ministros Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux votaram pela condenação e pela perda do mandato e a interdição para exercício de cargo ou função pública.

Sempre conseguindo escapar 2

                   Na decisão os ministros decretaram a perda, em favor da União, dos bens, direitos e valores, objetos de lavagem de dinheiro pela qual o réu foi condenado. Conforme denúncia do Ministério Público Federal, Maluf usou contas no exterior para lavar dinheiro desviado da Prefeitura de São Paulo, no período em que foi prefeito, entre os anos de 1993 e 1996. O advogado de Maluf, Antônio Carlos de Almeida Castro disse que vai esperar a publicação do acordão para depois recorrer ao plenário do Supremo.

 

Base quer retaliar JBS

                   Líderes da base aliada articulam uma espécie de retaliação no Congresso ao frigorífico JBS, como consequência da delação envolvendo o presidente Michel Temer. Além da instalação de uma CPI para investigar s operações da empresa no mercado financeiro, o movimento envolve uma fiscalização rigorosa nas empresas do grupo, além de um projeto que obriga os delatores a devolverem o dinheiro que lucraram no mercado financeiro com ajuda das informações privilegiadas de suas delações. A devolução dos recursos já foi alvo de um projeto do deputado Lelo Coimbra (PMDB-RJ), líder da maioria. O projeto engloba delatores, parentes ou outras pessoas associadas a devolverem os valores com juros de 2% ao mês e correção monetária. Além disso o delator terá de pagar uma multa de 50 vezes o valor que lucrou. A base aliada também vai acionar a Comissão de Fiscalização e Controle da Casa para que faça uma fiscalização oficial sobre operações da JBS e de seus donos no mercado.

 

Exportações crescem 30%

         Nos primeiros quatro meses deste ano, as exportações nordestinas totalizaram US$ 5,1 bilhões, apresentando um crescimento de 31,1% em relação ao mesmo período do ano passado. A informação é do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão vinculado ao Banco do Nordeste. O maior saldo do comércio exterior da região foi de Alagoas, com US$ 224,6 milhões. As exportações do estado também foram as que mais cresceram, com uma variação positiva de 168% em relação a 2016. China, Estados Unidos e Argentina foram os melhores destinos, com 44,9% do total exportado.

Exportações crescem 30% 2

           Segundo os autores do estudo do BNB, houve uma mudança no perfil do comércio exterior em diferentes unidades federativas. Em Alagoas o açúcar abriu espaço para produtos da indústria química. No Ceará o destaque foram os produtos da Siderúrgica do Pecém, enquanto que no Maranhão, foram boas as vendas de alumina, papel e celulose e de soja. Também foi importante a exportação de soja da Bahia e do Piauí, dos melões do Rio Grande do Norte, da indústria química de Pernambuco e do suco de laranja de Sergipe.             

Os nomes de Renan

                   Em entrevista à Rádio Gaúcha, de Porto Alegre, o senador Renan Calheiros, líder do PMDB no Senado, disse que a avança a articulação pela renúncia do presidente Michel Temer. O senador alagoano defende que Temer deva facilitar a transição para melhor enfrentamento da crise política. Renan sugeriu alguns nomes para substituir Temer. Citou a ministra Carmen Lúcia, o ministro Gilmar Mendes, ambos do STF, o ex-ministro Joaquim Barbosa, o ex-ministro Nelson Jobim, o deputado Rodrigo Maia, a senadora Kátia Abreu e o presidente do senado Eunício Oliveira, ambos do PMDB.

Mais argentinos para Maceió

          A partir de Julho deste ano, a capital alagoana receberá terá dois voos vindos direto de Buenos Ayres, trazendo mais turistas argentinos. Desde Março de 2016, o estado possui um voo semanal vindo da capital argentina, trazendo 177 passageiros. Agora foi criado um outro voo, a partir de 1º de Julho, com o mesmo número de passageiros, que ficará em operação até Outubro. Este aumento na atração de visitantes de outro país é resultado de capacitações e de famTours realizados junto a operadores turísticos argentinos.

 

 

  • O Governo de Alagoas promove hoje, em Quebrangulo, o chamado Dia D Governo Presente que tem o propósito de aproximar, integrar e levar cidadania a população daquela região.
  • Serão levados diversos serviços a serem prestados à comunidade em geral, entre os quais atendimentos na área da saúde, lazer e orientações preventivas.
  • O governador Renan Filho e o Secretário do Gabinete Civil, Fábio Farias participarão da inauguração da nova Escola Professora Mirta Correia Costa e da sede própria do Conselho Tutelar, marcados para as 14h.
    • Segundo o secretário Fábio Farias, o Dia D é um treinamento para o evento que dura dois dias e que na próxima edição também vai acontecer em Quebrangulo atendendo a diversos municípios da região.