Edmilson Teixeira

18 de maio de 2017

Chã Preta

cha preta 600x300 c - Chã Preta

A prefeita de Chã Preta, região do Vale do Paraíba, Rita Tenório (PMN), esposa do deputado Chico Tenório (PMN) tem enfrentado nesse seu segundo mandato, um parlamentar na Câmara de Vereadores, tido como daqueles que muitos gestores costumam chamá-los de figuras indigestas. Trata-se do vereador Victor Canuto, 31 (PMDB), um jovem de sangue novo na política, que se diz preparado e destemido para defender as causas do município, sobretudo relacionadas aos direitos de cidadania de todos.

Folha aberta

“Estamos desde o começo do ano, brigando para que a prefeita pague a folha de salário dos aposentados referente ao mês de dezembro de 2016, até porque o gestor passado deixou em caixa cerca de 500 mil reais; desses 300 mil seriam justamente para a folha em aberta” diz Canuto, afirmando que esse caso virou uma verdadeira polêmica na cidade, visto que a prefeita segundo ele, teve a ousadia de entrar  na Justiça, para desfazer uma medida tomada em fevereiro pela juíza de Viçosa, que teria bloqueado os recursos, a fim de que esses fossem para pagar dentro de cinco dias os aposentados.

Novo Lino

Prefeita Lúcia de Vasco (PSDB) está sendo acusada de não saber ler nem escrever; e que por conta disse, pode até ser afastada do cargo. Informações dão conta de que a gestora fez um teste na última segunda-feira, no TRE/AL, cujo resultado não foi favorável coisa alguma para seu lado. Lúcia foi eleita com 53,72% dos votos válidos, ou seja, obteve 3.987 votos, 552 à frente da candidata Marcela (PSD).  

Coruripe

A CBF deu condições para que o Estádio Gerson Amaral seja palco das disputas do time do Coruripe na Série D do Campeonato Brasileiro deste ano. Com esse aval, o time estreará  neste domingo à tarde contra o Juazeirense da Bahia.  

Ônibus

Nesta quinta-feira, Arsal e Transpal e a empresa de ônibus Veleiro lançam a Bilhetagem Eletrônica Metropolitana.  A ação será implantada em 46 ônibus que transportam diariamente cerca de 12 mil passageiros nas linhas entre Rio Largo e Maceió. Além de proporcionar um embarque mais rápido e maior segurança, diminuindo a circulação de dinheiro nos coletivos, a mudança também facilitará a fiscalização em tempo real por parte do órgão regulador. O lançamento  acontece às 9h, no auditório do Sest/Senat, no Murilópolis.

 

Baixo São Francisco   

Nasce uma grande preocupação por parte das cidades alagoanas que margeiam o Rio São Francisco, com a informação de que o Ibama autorizou a redução da vazão do Rio de 700 m³s para 600 m³s. A ação pode acarretar na navegação, pesca e na captação  de água para abastecer a população. A operação inicia nesta quinta-feira, quando a Chesf  acionará os testes, a fim de diminuir a vazão das águas do rio, com previsão de se estender até  o dia 30 de novembro deste ano.

Alerta

Francisco Guerra, diretor do SAAE/Penedo, disse numa emissora de rádio, que assim que tomou conhecimento dessa nova vazão enviou uma cópia do ofício emitido pela Chesf para o prefeito Március Beltrão, para a Assembleia Legislativa , para IMA e para o governador Renan Filho, entre outras autoridades, para que todos possam se unir e fazer valer a voz de quem vive na região do Baixo São Francisco e assiste a navegação, a pesca e o abastecimento ser prejudicado por essas reduções históricas.

Cacimbinhas

A Prefeitura comandada pelo presidente da AMA, Hugo Wanderley, viabilizou no último  sábado, um verdadeiro mutirão de exames de ultrassonografia, a fim de atender uma demanda existente na região. “Foram mais de 100 pessoas beneficiadas trazendo mais comodidade e desafogando a lista de espera pelo exame”, comentou o prefeito.  

Quebrangulo

Prefeito Marcelo Lima (PMDB) está convicto de que agora o projeto do  “Trem do Turismo” entocada há mais de 8 anos vai sair. O projeto consiste numa viagem entre Quebrangulo e Palmeira dos Índios, transportando turistas que gostam de apreciar as belezas da natureza. A promessa foi garantida pelo ministro do Turismo, Marx Beltrão, durante um encontro entre o Marcelo e o prefeito de Palmeira, Júlio Cezar.   

Girau do Ponciano

Por não ter prestado contas relativas ao ano de 2015, e deixar de enviar os procedimentos que demonstrariam transparência fiscal de sua gestão, nos anos de 2014 e 2016, o ex-prefeito Fabinho Aurélio vai pagar caro. É que o MP/AL ajuizou uma ação civil por improbidade administrativa, onde no procedimento foi pedida a suspensão de seus  direitos políticos.

Joaquim Gomes

Criar uma Previdência própria tem sido os planos do prefeito Adriano Barros. O novo gestor já sinalizou a Câmara que enviará projeto nesse sentido. Entende Adriano, que  esse é o caminho para que Joaquim Gomes possa melhorar economicamente o seu dia a dia, sobretudo entre a Prefeitura e o servidores. “Vamos ouvir o Parlamento e os servidores em geral, a fim de chegar a uma conclusão do que há de melhor para o município”, comentou o prefeito com um vereador.