Roberto Baia

14 de Maio de 2017

FORÇA-TAREFA EM DELMIRO

Delmiro Gouveia será a próxima cidade a receber a Força-Tarefa, equipamentos que auxiliam e fortalecem a segurança pública, já ativados em Maceió, Arapiraca e Penedo pelo Governo do Estado. O secretário estadual de Segurança Pública, coronel Lima Júnior, informou que o reforço está em seus ajustes finais e, até o final deste mês, as atividades serão iniciadas no município. O programa prevê a participação dos policiais durante o período de folga. Cada agente de segurança recrutado receberá a diária de R$ 120.

 

Reforma merecida

O Ginásio de Esportes da Escola Estadual José Quintella Cavalcanti, em Arapiraca, está recebendo a maior e mais moderna reforma em toda a sua história. Construído no início da década de 1980, o espaço esportivo e de lazer da juventude da segunda maior cidade de Alagoas estava totalmente abandonado. O templo esportivo está em transformação e será um dos mais modernos ginásios de esportes de toda a Região Nordeste. A reinauguração será em breve e com direito a merecida festa.

 

Traipu em festa

Na próxima terça-feira (16), a cidade de Traipu, às margens do “Velho Chico”, estará em festa. São 125 anos de emancipação política do antigo povoado de Penedo que se tornou o terceiro maior município alagoano em extensão territorial. A programação da Prefeitura de Traipu terá início às 7h, com uma queima de fogos em frente ao prédio-sede do Executivo municipal.

 

A programação

Às 9h, as bandeiras serão hasteadas sob o som da filarmônica Lira Traipuense. A missa na Igreja de Nossa Senhora do Ó, padroeira e protetora da cidade, terá início às 10h. À tarde, a programação prossegue a partir das 15h, com o desfile cívico pelas principais ruas da cidade. A Guarda Municipal abrirá a apresentação, seguida das bandas fanfarras de Traipu e de cidades vizinhas.

 

História de bravos

Conta o historiador Jenner Glauber Melo Torres, em seu livro, “A História de Traipu”, sim ela existe, que a população do então povoado precisou se refugiar, em 1713, na Serra da Tabanga (lugar lindo e de natureza exuberante), para fugir da invasão holandesa.