Blog do Dresch

28 de Abril de 2017

Arcebispo convoca para a greve

              Acredite se quiser! O Arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz, distribuiu um comunicado convocando os fiéis católicos a participarem da greve geral de hoje em todo o país. Sua assessoria distribuiu um comunicado dizendo: “O Arcebispo chama para a luta por um Brasil melhor e contra a maneira de se fazer reformas. Como todo cidadão, além de bom cristão, é preciso reivindicar nossos direitos” diz o texto distribuído pelo Arcebispado.

Arcebispo convoca fiéis 2

              Dom Antônio Muniz seguiu a postura adotada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que tem mantido uma posição de discordância do governo de Michel Temer. Na última reunião da CNBB, o secretário-geral Dom Leonardo Steiner afirmou que “o governo precisa ouvir a voz das ruas e suas manifestações coletivas Brasil afora”. Nas diversas paróquias da capital e de toda região metropolitana, nas missas, os católicos estão sendo convocados para participar do movimento e apoiar a paralisação dos trabalhadores em geral.

Liberdade de Imprensa

              A Liberdade de Imprensa no Brasil é classificada como “sensível” no Ranking Mundial elaborado pela organização Repórteres sem Fronteiras. Entre os 180 países avaliados, o Brasil ocupa a 103ª posição, uma posição melhor que no ano passado (104ª). O país está estagnado na posição “sensível” há seis anos. Esse é o terceiro indicador de uma lista de cinco: Boa, relativamente boa, sensível, difícil e grave. Foram avaliados casos de agressão a jornalistas (mais de 300 casos entre junho de 2013 a Dezembro de 2016), pressões institucionais, processos abusivos, falta de transparência pública e alta concentração dos meios de comunicação. O relatório divulgado na última quarta-feira, aponta ainda a intervenção do governo na Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Na América Latina, os países com melhores indicadores de liberdade de imprensa são Costa Rica, Uruguai e Chile. Os piores são Cuba, México e Honduras. No mundo todo as primeiras posições são ocupadas por Noruega, Suécia, Finlândia, Dinamarca e Países Baixos. Em último estão Coreia do Norte, Eritreia, Turcomenistão, Síria e China.

 

Atualização do Cadastro Único

             O governo vai convocar cerca de 11 milhões de famílias para atualização dos dados do Cadastro Único para Programas Sociais. Esse cadastro é uma espécie de acesso para mais de 20 iniciativas do governo federal, como Bolsa Família até isenção de inscrição para concursos públicos. A convocação para atualização das informações e dos prazos, se dará através de mensagens no extrato de pagamento. A atualização se dará por etapas e será executada pelos municípios.

Atualização do Cadastro Único 2

           De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, a revisão cadastral é direcionada ás famílias que estão há mais de dois anos sem atualizar os dados. Segundo o governo, qualquer alteração – como mudança de endereço, renda, escola dos filhos ou composição familiar – precisa ser comunicada à gestão municipal do Cadastro Único e do Bolsa Família. Também será feita uma Averiguação Cadastral para as famílias que apresentarem alguma diferença na renda declarada. Do total de 11 milhões que serão convocados, cerca de 4,2 milhões são do Bolsa Família, dos quais 1,7 milhão passarão pela Revisão e 2,5 milhões pelo processo de Averiguação.

China: o melhor cliente

           A China não somente aumentou o valor total das compras no Brasil, como lidera o movimento dos compradores. No acumulado deste ano, até a semana passada, as fusões e aquisições chinesas somaram US$ 5,67 bilhões, segundo a Dealogic, consultoria baseada em Londres. A China representou 37,5% do total de aquisições no Brasil até o último dia 17 de Abril e ficou à frente até mesmo das compras com capital brasileiro, que somaram em igual período, US$ 4,23 bilhões. Entre os estrangeiros a China foi seguida da Argentina e Holanda, com aquisições de US$ 1,6 bilhão e US$ 1,1 bilhão, respectivamente.

China: o melhor cliente 2

             Os números mostram que a China tem mirado suas aquisições nas áreas de energia elétrica e mineração. No ano passado foi investido US$ 1,69 bilhão da China Molybdenum na Anglo American Fosfatos Brasil e Anglo American Niobio Brasil. As compras dos chineses têm mirado ativos em infraestrutura e relacionados a riquezas naturais e isso reflete o poder de compra dos orientais e seus interesses no Brasil.

 

 

  • Os pardais instalados pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) garantiram à Prefeitura de Maceió mais de 28 mil multas após dois meses de funcionamento.
  • Instalados em dez pontos diversos da capital, os radares flagraram infrações diversas, mas principalmente por excesso de velocidade.
  • Do total de multas, 23.902 foram dadas a veículos que trafegavam com velocidade 20% acima da permitida (60 km em quase todos os locais).
  •  Outros 3.515 veículos foram multados por trafegarem entre 20% a 50%. Com velocidade 50% acima da permitida, foram multados 197 condutores.
  • 480 veículos foram multados por ultrapassarem o sinal vermelho.
  • A Prefeitura de Maceió, através do órgão de controle do trânsito, garante que os acidentes tiveram uma redução considerável nos pontos fiscalizados, mas a SMTT não apresentou os números correspondentes.