Roberto Baia

25 de abril de 2017

A falácia que pesa no bolso

Claudio Lamachia, em “O Globo”: “Só no primeiro trimestre nós brasileiros já pagamos mais de R$ 545 bilhões em impostos, segundo estimativa da Associação Comercial de São Paulo no famoso Impostômetro. No ritmo atual, até dezembro, teremos transferido aos cofres geridos pelo governo cerca de R$ 2,2 trilhões. Em 2016, foram mais de R$ 2 trilhões. É preciso esclarecer ainda que sucessivas gestões federais têm camuflado o aumento do Imposto de Renda, sem transparência com a população. Isso acontece porque a tabela do IR não é atualizada — a defasagem supera os 80%. Quem deveria ser isento paga. E os demais pagam mais do que deveriam. O que acontece então com a montanha de dinheiro que entra nas engrenagens públicas? Grande parte é bem empregada. A explicação da falta de dinheiro para os setores essenciais e para o cumprimento da meta está na outra parcela, também robusta, muito mal gerenciada. Só a corrupção corrói algo em torno de R$ 200 bilhões anuais. Por outro lado, no fim de 2016, a Operação Lava-Jato, considerada a mais bem-sucedida no combate ao colarinho branco, tinha conseguido reaver pouco mais de R$ 500 milhões dos muitos bilhões desviados. O Brasil precisaria fortalecer a prevenção à corrupção para combater esse mal com eficácia.  Outro ponto é a sonegação fiscal que, neste ano, já subtraiu mais de R$ 135 bilhões do país, segundo estimativa do Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda.”

Comunicação

Os Renans Calheiros, senador e governador, estão consolidando, desde já, grandiosa e eficiente estrutura de comunicação para a campanha de reeleição de ambos. Pai e filho têm utilizado meios tradicionais de divulgação, e, principalmente, sites, blogs e tudo o que for possível nas redes sociais, com experientes profissionais.

Conveniência

Filiado ao PMDB, Marx Beltrão controla pelo menos três partidos no Estado. E, no seu propósito de disputar o Senado, compartilha a agenda local com Renan Filho e com Rui Palmeira, eventuais adversários ao governo no próximo ano. Dependendo das conversas Marx definirá qual dos dois concorrentes será o seu aliado.

Determinado

Judson Santana, presidente do Serveal, está decidido: vai mesmo concorrer, no próximo ano, a deputado estadual. Em 2014, ficou na primeira suplência da coligação, depois de dois mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa. De certeza, Judson não ficará no PT, após 30 anos de filiação à legenda.

Apelo

O senador Benedito de Lira (PP/AL) voltou a se manifestar em favor de socorro às prefeituras alagoanas: “Eu diria que estão vivendo uma situação caótica. Todas, sem exceção, precisam da ajuda da bancada federal para que os nossos prefeitos possam corresponder às expectativas daqueles que os elegeram”.

Território livre

Arapiraca, segundo maior colégio eleitoral de Alagoas, atrás apenas de Maceió, ultimamente tem passado pela situação de candidatos a deputado estadual “invadirem” o município às vésperas das eleições. Por conta disso fica restrito o espaço para candidatos locais. Hoje só há três deputados com base em Arapiraca.

E os outros?

Leitor desta “Conjuntura” elogia a Lava Jato, por escancarar as relações espúrias entre políticos e empreiteiros, mas observa: “Faltam os banqueiros nessa fase de moralização do Brasil”. Acredita ele que, peles benefícios que têm recebido ao longo dos anos, os banqueiros não podem estar fora do contexto.

Opinião

Site “Migalhas”: “Esses delatores da Odebrecht não são heróis. São criminosos. Aliás, a delação do chefe deles mostra que ele foi o cerne de uma sociopatia contagiosa. Sem valor algum moral, ele empreendeu um esquema criminoso usando eufemismos para travestir o verdadeiro nome do que fazia, que em bom vernáculo se chama bandidagem.”

 

*A Emater/AL promove hoje, às 8 horas, em Arapiraca, o lançamento oficial do Programa de Aquisição de Alimentos estadual de doação simultânea, O evento acontece no Sítio Batingas, na zona rural, e marca a compra de mais de 13 toneladas de alimentos

*A Ufal promove, de ontem até sábado, 29, a 7ª Univerdança, apresentando sua produção acadêmica e artística, inclusive para a comunidade externa. A programação, nos três horários, acontece no Espaço Cultural, na Praça Sinimbú, e no Jaraguá Tênis Clube

*O IBGE abriu inscrições para o processo seletivo para vagas temporárias de níveis fundamental e médio. Há 24.984 vagas. O salário estipulado é de R$1,9 mil para agente censitário municipal e de R$ 1,6 mil para agente censitário supervisor.

*A Prefeitura de Maceió instituiu o Programa de Recuperação Fiscal (Prefis 2017), para facilitar o pagamento de débitos tributários do Imposto Sobre Serviço e a regularização de imóveis comprados até 31 de dezembro de 2015, pela redução do ITBI.

*O Motonáutica Lagoa Clube está convocando seus associados para a festa dos 51 anos da instituição, a partir das 11 horas da manhã da próxima 2ª feira, 1º de maio, na sede do Pontal da Barra. Haverá música ao vivo e programação especial para crianças.

*Apesar de não estarem jogando bem, CRB e CSA têm tudo, pela tradição, para fazer uma grande final do Campeonato Alagoano. Lamentável, porém, a absurda decisão de só permitir uma torcida no estádio, num flagrante caso de falência de autoridade.

 

“Está enganada: já chegou, ao apontar caixa 2 na campanha dela”

João Otávio de Noronha

Corregedor Nacional de Justiça, rebatendo a ex-ministra Eliana Calmon, candidata ao Senado em 2014, que disse que a Lava Jato ainda chegaria no Judiciário