Flávio Gomes

7 de abril de 2017

STF fecha usina de anistia

De Josias de Souza, em seu blog: “A decisão do Supremo Tribunal Federal de proibir a greve de policiais e todos os servidores que trabalham no setor de segurança pública deve pôr fim a um tipo de emboscada que congressistas se acostumaram a armar contra a sociedade brasileira. Num intervalo de cinco anos, entre 2011 e 2015, o Congresso anistiou delitos praticados por policiais militares e bombeiros que fizeram greve ilegalmente em 22 Estados e no Distrito Federal. Essa farra da anistia tornou-se um estímulo às paralisações de corporações armadas. Embora tenha sido provocada por uma desavença entre o governo de Goiás e a polícia civil goiana, a decisão do Supremo terá repercussão geral. Significa dizer que vale para todo o país… A farra do perdão a policiais amotinados começou em 2011, no Senado, com um projeto que se destinava a livrar a cara de 439 bombeiros processados por depredar um quartel no Rio de Janeiro durante uma greve. Os parlamentares enfiaram nesse mesmo projeto o perdão para PMs grevistas de 14 Estados. E a coisa não parou mais. Com a proibição do Supremo, os Estados terão de azeitar os seus canais de negociação com as forças de segurança. Um pouco de ordem na bagunça é sempre bom. Mas contas em atraso e geladeira vazia constituem um convite à desobediência.”

 

Mais uma

Renan Calheiros, sobre Temer: “Com essa política econômica de arrocho, de juro alto, de aumento de imposto, de recessão de desemprego, se não mudar, ele está passando a percepção para mim que não tem para onde ir. A presidente Dilma não sabia para onde ir, e o Presidente Michel Temer não tem para onde ir com essa política recessiva”

Do contra

Para o deputado federal Givaldo Carimbão a terceirização generalizada nas relações trabalhistas, implantada pelo governo Michel Temer, acaba com o serviço público. Ele considera absurda tal situação em setores fundamentais e dá como exemplo a Educação. Para Carimbão, não pode ser terceirizada a atividade fim.

Estaleiro

O deputado estadual Olavo Calheiros (PMDB) se licenciou por 121 dias do mandato, sob justificativa de tratar de interesses particulares. Na verdade, há algum tempo Olavo anda bastante depressivo, dependendo de assistência permanente. Nesses quatro meses será substituído por Cícero Cavalcante, suplente da coligação.

 

Protesto

Já o deputado estadual Bruno Toledo questiona a Arsal – Agência Reguladora de Serviços Públicos de Alagoas sobre reajuste de 43,3% nas passagens, nos últimos 13 meses, no transporte intermunicipal. Argumento: “Não há explicação para tamanho reajuste. O cidadão não pode ficar numa guerra entre quem prejudica menos”.

 

Avaliação

Após se aposentar como ministro do Tribunal de Contas da União, Guilherme Palmeira, que foi deputado, senador, governador e prefeito de Maceió, resolveu continuar morando em Brasília, onde tem escritório de advocacia. Sempre que pode Guilherme vem a Maceió. Agora está pensando em voltar de vez para Alagoas.

 

Unanimidade

Personagem bastante querida em terras caetés, o médico Mílton Hênio Gouveia sentiu o seu valor, como cidadão e profissional, ao enfrentar problemas cardíacos. Não por acaso, é o pediatra recordista no atendimento de crianças em Alagoas. Algumas não deixaram de procurar atendimento com ele, mesmo já adultas.

 

Opinião

Do site “Diário do Poder”: “O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados decidiu que um deputado cuspir em outro no plenário da Casa não é quebra de decoro parlamentar. No caso concreto, Jean Wyllys (Psol-RJ) levou apenas uma advertência por escrito, algo como o recado na agenda da criança que se comporta mal na escola, pela cusparada dada em Jair Bolsonaro (PSC-RJ)”.

 

*Servidores públicos estaduais só têm até hoje para atualizar seu cadastro na agência da Caixa Econômica Federal em que tem conta-salário, entre 10 e 16 horas. Quem não fizer não receberá salário a partir de maio, segundo informa o governo.

 

*Arapiraca sedia, hoje, o seminário “Pela Segurança e Saúde no Trabalho”, que integra as ações do “Abril Verde”, que visa despertar para a necessidade de se preservar a saúde do trabalhador. O evento tem início às 7h30m, na Unidade Integrada Sesi/Senai.

 

*Representantes de provedores de Internet de Alagoas participam hoje, às 18h30m, de encontro no Colégio Santa Úrsula, idealizado pela coordenação do curso de Redes de Computadores da Faculdade Estácio. Participarão representantes do CREA/AL.

 

*O Museu do Videogame Itinerante retorna ao Parque Shopping, de hoje ao dia 23 de abril, com novidades. Uma delas: área de PlayStation VR, aonde será possível experimentar a nova tecnologia de realidade virtual para os consoles PlayStation 4.

 

*Considerado hoje um dos maiores yotubers do Brasil, o alagoano Carlinhos Maia, de Penedo, se apresenta hoje, a partir das 21 horas, em Maceió. O espetáculo “Carlinhos Maia na Estrada” acontece no Teatro Gustavo Leite, do Centro de Convenções.

 

*A partir das 23h30m de hoje a casa de shows Maikai, no Stella Maris, recebe show do cantor Belo, baseado no algum “Mistério”, último trabalho dele. Na abertura, apresenta-se o Grupo Idem. Ingressos: Acesso Vip e Viva Alagoas. Informações: 3305.4400.

 

*O CRB estreia hoje na Copa do Brasil Sub-17, recebendo o Flamengo, do Rio de Janeiro, às 21h45m, no Trapichão. A grande atração dos cariocas é o atacante Vinícius Júnior, de 16 anos, tido como maior esperança do futebol brasileiro no momento.

 

“Cuspiria de novo, sim”

Jean Wyllys

Deputado federal do PSOL/RJ, sobre a advertência por ter cuspido no eputado Jair Bolsonaro