Blog do Dresch

5 de Abril de 2017

Papa canoniza 30 mártires brasileiros

             A canonização de 30 mártires brasileiros que foram assassinados por protestantes holandeses, no século 17 no hoje estado do Rio Grande do Norte, foi aprovada pelo Vaticano e pelo Papa Francisco. O massacre aconteceu entre Julho e Outubro de 1645, em povoados onde hoje estão as cidades de Canguaretama e São Gonçalo do Amarante. Foram mortas 80 pessoas, sendo que 30 martirizadas. O anúncio oficial da cerimônia de canonização deve ser realizado ainda este ano na capital do Rio Grande do Norte. O processo foi simples, dispensando a comprovação de milagres e levando em conta a antiguidade do martírio.

Mártires brasileiros 2

             Os massacres aos católicos aconteceram durante a ocupação holandesa no Nordeste e foram narrados pelo monsenhor Francisco de Assis Pereira na sua obra “Beato Mateus Pereira e seus Companheiros Mártires”. Segundo a narrativa os soldados calvinistas torturaram e assassinaram líderes comunitários, comerciantes, mulheres e crianças. A maior parte das vítimas morreu ao ser trancada nas igrejas dos povoados, que em seguida foram incendiadas. Entre as vítimas, além de Mateus Pereira estavam outros dois padres.

 

Racionamento no S. Francisco

             O Ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha estuda a possibilidade de baixar um decreto que estabeleça as condições e os requisitos para a determinação de um racionamento de água na Bacia do Rio São Francisco. A decisão, caso seja tomada, atingirá cerca de 500 municípios, em cinco estados banhados pelo rio (Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas). O anúncio foi feito pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Eduardo Barata. Segundo ele “isso obviamente não é causado pelo setor de energia. As condições climáticas são bastante adversas na região há vários anos, tendo se agravado tanto no ano passado como neste ano” afirmou o Operador. Ele disse que a publicação do decreto não determina de fato o racionamento. O documento só lançará bases para a Agência Nacional de Águas (ANA) determinar o racionamento, quando achar necessário. O efeito prático disso seria a redução da vazão, que hoje está em 650 m3/s, para 600 m3/s e afetar as hidroelétricas de Sobradinho, Luiz Gonzaga, Apolônio Sales, Paulo Afonso e Xingó.

 

Cidadania na Grota

               Cerca de 800 famílias residentes na Grota do Canaã receberam diversas obras de infraestrutura que lhes garantem mais qualidade de vida e de renda.  A Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano construiu mais de 143 metros lineares de escadaria e quase 795 m2 de passeio. E ainda 85,3 metros lineares de canaletas, e 642,4 metros de meio fio para o escoamento adequado dos fluxos d’água, 1.856 metros lineares de corrimão e 291 metros de muro de contenção. E as residências ganharam numeração personalizada, seguindo os critérios dos Correios. Com isso as escadarias e passeios terão seu próprio Código de Endereçamento Postal (CEP).

Cidadania na Grota 2

                Segundo o governador Renan Filho, o programa Pequenas Obras, Grandes Mudanças está proporcionando a qualidade de vida a moradores em 16 outras grotas da capital alagoana, e até o final do ano o Estado vai intervir em 40 localidades. De acordo com o próprio Renan Filho, 250 mil moradores destas localidades serão contemplados com os benefícios do programa. O passo seguinte será estender o processo de infraestrutura para algumas cidades do interior.

Crimes de guerra na Síria

             A Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), decidiu criar um painel para reunir provas sobre os crimes de guerra na Síria. É o primeiro passo para apurar as atrocidades do conflito. Uma Comissão de Investigação da ONU já trabalha há algum tempo apurando os excessos, na guerra civil que já matou cerca de 310 mil pessoas. O painel pretende usar documentos, testemunhas e gravações de vídeo que algum dia poderão ser utilizados em algum tribunal. A medida foi proposta por 58 países, entre eles Estados Unidos, França, Grã Bretanha, Itália, Alemanha, Turquia, Arábia Saudita e Qatar.

Crimes de guerra na Síria 2

               Um embaixador sírio criticou a decisão da ONU, dizendo que ela “é uma flagrante interferência nos assuntos internos de um país membro da organização”. Por outro lado grupos de direitos humanos aplaudiram a decisão, afirmando que é o passo inicial para que sejam apuradas atrocidades que já duram

anos na Síria. Mas todos sabem das dificuldades da decisão. Em 2014 um pedido do Conselho de Segurança à Corte Penal Internacional foi bloqueado por ação da Rússia (aliada do governo sírio) com o apoio da China.

 

 

  • Os quatro maiores bancos brasileiros, concentram 79% do mercado de crédito do Brasil, segundo relatório divulgado pelo Banco Central.
  • Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Bradesco e Itaú responderam no ano passado por 79% dos depósitos bancários e dos 73% dos ativos do sistema financeiro.
  • Para o Banco Central, uma melhora no ambiente econômico pode ajudar a aumentar a concorrência no setor.
  • “O grande estímulo para a entrada de novos concorrentes é o mercado que cresce, que se recupera. A queda do risco Brasil, a recuperação da confiança, a política macroeconômica, tudo isso é um estímulo para a entrada de novos concorrentes” disse Anthero Meirelles, diretor de Fiscalização do BC.
  • O Banco Central informou ainda que, apesar da elevação do risco de crédito concedido a empresas, do crescimento do desemprego e da piora da situação fiscal dos estados, o sistema bancário brasileiro está preparado para lidar com um cenário de crise.