Flávio Gomes

1 de Abril de 2017

A ruptura e o novo pacto

De Eduardo Simbalista: “A ser real o risco que se anuncia na grave votação do TSE, a política aristotélica deve ser chamada para iluminar a pinguela até as eleições gerais de 2018, com a convocação da Constituinte Revisional dos 30 anos. Como lamentou Shakespeare, que hora terrível é esta, onde idiotas dirigem cegos. Pára-se com esse terceiro tempo de ativismo judicial, de medidas urgentes mal metabolizadas e de legislativo de balcão, recolhe-se a bola, e começa-se novo jogo. Uma solução alternativa à velha proposta de auto dissolução do Congresso – já sem legitimidade para reformas – seria a de declararem-se todos os Poderes em estado de contingenciamento ou autocontrole, num Pacto de Emergência Parlamentar, Executiva e Judicial, deliberando apenas sobre as questões urgentes e abrindo já o debate para a revisão da Constituição de 88, a desejada modernização do Estado, a promoção e o desenvolvimento da sociedade e a necessária defesa da Nação. Todas as reformas fundamentais e outras mais tão necessárias seriam encaminhadas pelos Poderes constituídos e como iniciativas populares legislativas da sociedade civil para um Conselho ou Comitê Constitucional que as analisaria, revisaria e organizaria para deliberação e referendo da Assembléia Nacional Constituinte…”

Memória

No primeiro mandato de deputado federal, Djalma Falcão discursou, no plenário, pelos seis anos de Brasília e elogiou Juscelino Kubitscheck, desagradando à ditadura de então. Recebeu agradecimento de JK, em bilhete manuscrito. O fato foi lembrado por Fernando Falcão, filho de Djalma, anteontem, na missa do 7º dia da sua morte.

Cobrança

Líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros, ao cobrar uma posição do partido em relação ao governo Michel Temer, seu correligionário: “Eu não quero participar do governo, não quero indicar ninguém no governo e hoje, como líder da bancada, diante dessa insatisfação que é generalizada, mais do que nunca”.

Promessa

O senador Benedito de Lira (PP-AL) exige do governo federal a liberação, entravada pela burocracia, de 200 mil toneladas de milho para agricultores e pecuaristas atingidos pela seca no Nordeste. É uma promessa de Michel Temer. E faz um apelo enfático ao presidente: “Não deixe a palavra empenhada cair no vazio”.

Na fonte

O secretário da Agricultura, Álvaro Vasconcelos, pediu diretamente ao ministro Blairo Maggi urgência na distribuição de milho aos pequenos produtores. “São seis anos de estiagem em Alagoas e os prejuízos são significativos para os produtores rurais e, ainda, para a economia alagoana”, justificou o secretário ao ministro.

Agenda

O Sebrae Alagoas promove na próxima 2ª feira, 8 horas, mais um “Café da Manhã que desperta para novas oportunidades”, no auditório da instituição. Participam Vinícius Lages, ex-ministro do Turismo, e Heloísa Menezes, dirigentes do Sebrae nacional. O tema é “2017: oportunidade para empresas que inovam”.

Promessa paga

A prefeita da Barra de Santo Antônio, Emanuella Moura (PSDB), é mais um gestor municipal que assumiu este ano a se livrar, aos poucos, compromissos financeiros deixados pelo antecessor: pagou os salários atrasados de dezembro de 2016. Emanuella assumiu esse compromisso logo depois de tomar posse no cargo.

Opinião

Do senador Fernando Bezerra (PSB/PE), sobre sua proposta de emenda à PEC que propõe o fim do foro privilegiado: “ Todos serão julgados pela Justiça comum. O que a emenda faz é apenas permitir que a aceitação da denúncia caiba aos tribunais superiores, todo o restante do processo seguirá na primeira instância.”

 

*O produtor cultural Dinho Vasconcelos anuncia para este sábado outra das suas festas: “Middô Return”, com ambientação e músicas da época do final dos anos 70 e início dos anos 80, sob o comando do DJ Peixe. Na boite Middô, 22 horas. Contato: 99981 4018.

*A Eletrobras Alagoas prorrogou para até 24 de maio a campanha que oferece condições de negociação diferenciadas para prefeituras e Serviços Autônomos de Água e Esgoto (Saaes) que têm débitos por fornecimento de energia elétrica junto à empresa.

*A cantora paulistana Célia, que despontou na década de 1970 com a música “Onde estão os tamborins” é a homenageada deste final do programa “Aplauso”. No sábado, às 15 horas, na Difusora AM; no domingo, das 10 às 12 horas, na Educativa FM.

*De segunda-feira próxima a sexta-feira, 7 de abril, a Editora da Universidade Federal de Alagoas promove o tradicional Feirão de Livros, o primeiro do ano, no Campus A. C. Simões, em Maceió. Os livros também podem ser obtidos em www.edufal.com.br.

 

*O Cine Sesc inicia sua programação de 2017 na próxima 2ª feira. O primeiro filme a ser exibido é “Contos da Noite”, do diretor Michel Ocelot, com classificação livre. No Teatro Jofre Soares, do Sesc Centro, a partir das 12h30m. Entrada gratuita.


*O Teatro Gustavo Leite, no Centro de Convenções de Maceió, recebe neste sábado, a partir das 21 horas, o show “Anavitória”, com a dupla Ana Caetano e Vitória Falcão, ambas do Estado do Tocantins. Contato: meuingresso.com/anavitoria-maceio-al.

 

*A rodada do final de semana do hexagonal do Campeonato Alagoano, neste domingo, terá todos os jogos às 16 horas: ASA x CSA, no Estádio Municipal de Arapiraca; CRB x Santa Rita, no Estádio Rei Pelé; CEO x Murici, em Olho D’Água das Flores.

 

 

“Nossa Educação está de luto”

 Luciano Barbosa 

Vice governador e secretário da Educação, sobre o acidente envolvendo dois ônibus escolares que resultou em várias mortes.