Flávio Gomes

29 de março de 2017

Rescaldo de 26 de março

De Percival Puggina: “Ninguém ficou mais feliz com o pequeno público presente às manifestações deste domingo do que os corruptos, os foragidos no foro privilegiado, os proponentes do voto em lista fechada pré-ordenada, os defensores do autoindulto, a mídia esquerdista e todos que temem Sérgio Moro. Lula teve seu primeiro dia feliz nos últimos dois anos. Os sites petistas encontraram, enfim uma pauta. E vibraram. Certamente houve brindes eufóricos na casa do Wagner Moura, do Luis Nassif, do Paulo Henrique Amorim. Eu entendo o desalento de muitos conservadores e liberais. Ingenuamente acreditaram que do interior de um governo corrupto desde a medula poderia brotar, sob comando de seu vice-presidente, um grupo de honrados cavalheiros capazes de levar o filósofo Diógenes a rir feliz e jogar fora a lanterna com que vida afora procurava um homem honesto. Daquele mato não sairiam tais coelhos. Há que reconhecer. No entanto, lembremos que com povo na rua, com milhões de brasileiros na rua, conseguiu-se, em 2015/2016 realizar o que parecia impossível há menos de três anos: parar por impeachment o catastrófico governo Dilma; afastar o PT e os petistas do poder; estancar a sangria do erário, a roubalheira do petrolão e assemelhados; colocar na cadeia frequentadores dos mais altos andares do poder público e dos negócios privados, que hoje tomam sol uma hora por dia e comem na marmita da prisão.”

Contundente 

Aldo Rebelo (PC do B), ex deputado federal e ex-ministro, pelas redes sociais: “Quero ver o vandalismo picareta, de direita e esquerda, do “não vai ter copa” prosperar na Rússia do Putin”. E defendeu “Impedir que vândalos destruam patrimônio público e privado, e queimem jornalistas e policiais como no Brasil”.

Defesa 

De Renan Calheiros, sobre o Conselho de Controle de Atividades Financeiras revelar que ele fez grandes saques em espécie “vivo”: “Minhas contas são auditadas pela Receita desde 2007 e nunca foi encontrada qualquer irregularidade simplesmente porque não há nenhum centavo em minhas contas que não tenha origem lícita.”

À reeleição

Arthur Gondim, assessor de imprensa de Benedito de Lira (PP/AL), considera que o senador vive um grande momento político e trabalha para renovar o mandato. “Ele agora ocupa um espaço próprio. Em cada um dos municípios há pelo menos uma obra do Benedito, que está bastante empenhado pela reeleição”, diz.

Jogo bruto 

Em 2016, na campanha para prefeito e vereador, Téo Vilela, presidente do PSDB/AL, procurou Renan Filho para se queixar do assédio sobre seus aliados. O governador se conteve, mas neste ano, já visando a eleição de 2018, tem jogado pesado nessa área. Atraiu até políticos muito ligados, pessoalmente, a Téo.

Troco

Como a dose tem sido forte demais, o PSDB reagiu através do seu secretário-geral, Claudionor Araújo, que acusa o PMDB dos Renans de aliciar prefeitos tucanos. E diz: “O PMDB começa a reprisar um filme que os alagoanos já assistiram. Em 2006, João Lyra aliciou 90 prefeitos e perdeu a eleição no primeiro turno”.

Solidariedade 

Outra ação enfática dos tucanos foi a defesa, através de nota subscrita pela Executiva do partido, de Téo Vilela, citado como beneficiário de recursos ilegais da Odebrecht, na época de governador. A nota se refere a ações de Téo como governador e senador como “inquestionáveis na lisura e no compromisso público”.

Caixa dois 

Marcelo Odebrecht: “Duvido que tenha um político no Brasil eleito sem caixa 2. E, se ele diz que se elegeu sem é mentira, porque recebeu do partido.  Os valores definidos pelos candidatos eram tão aquém do que eles iam gastar que não tinha como a maior parte das doações não ser caixa 2. Era impossível”.

 

*A Câmara dos Deputados promove hoje, às 9h30m, sessão solene em homenagem ao Dia Nacional da Advocacia Pública, no Plenário Ulysses Guimarães. A Associação dos Procuradores do Estado de Alagoas estará representada por Gentil Ferreira de Souza Neto.

*Trabalhadores da Eletrobras/AL e o Sindicato dos Urbanitários realizam hoje um ato em defesa do setor elétrico e contra a privatização das empresas distribuidoras de energia. O será às 12 horas, em frente à Subestação da Empresa no bairro do Pinheiro.

*A Semana Graciliano Ramos tem continuidade hoje, com a exibição do filme “São Bernardo”, baseado numa das obras do escritor alagoano, nascido em Quebrangulo. Às 20 horas, no Cine Arte Pajuçara, pelos 200 anos da emancipação de Alagoas.

*O Estado de Alagoas será homenageado no 9º Salão do Artesanato, que acontece em Brasília, de hoje ao próximo domingo. Alagoas aparecerá tanto na divulgação e ocupará, com trabalhos de 12 artesãos, o maior estande da feira, num espaço de 120 m².

*A Prefeitura de Maceió encerra hoje a campanha Mulheres Arretadas, em homenagem ao Mês da Mulher, com várias atividades a partir das 18h30m, no Cine Arte Pajuçara. Participação de Stela Cavalcanti, Vanda Menezes, Gabriela Sales e Zoelma Lima.

*A Casa de Aposentadoria de Penedo recebe hoje, a partir das 19 horas, a coleção “Lendas do São Francisco”, da Pontos e Contos. Haverá um desfile, aberto ao público, com apresentação de peças de bordado manual homenageando o rio.

*Uma partida abre hoje o hexagonal do Campeonato Alagoano 2018: às 21h45m, no Trapichão, CSA x CEO. A rodada será complementada amanhã: 20 horas, em Boca da Mata, Santa Rita x ASA; 20h30m, no Estádio Rei Pelé, CRB x Murici.

 

“Ele que mande me prender, que eu vou receber a turma dele é na bala.”

Ciro Gomes

Pré-candidato a Presidente da República pelo PDT, após postar vídeo na internet provocando o juiz Sérgio Moro