Roberto Baia

24 de março de 2017

Um absurdo

um absurdo 600x300 c - Um absurdo

A paralisação das obras de saneamento básico de Arapiraca provocou caos em diversas ruas movimentadas dos bairros Alto do Cruzeiro e Caititus. A construtora Humberto Lobo responsabiliza o prefeito Rogério Teófilo por não repassar os recursos que estão disponíveis na Caixa Econômica Federal (CEF) e que fazem parte do convênio entre a Prefeitura e o Ministério das Cidades.

O engenheiro Humberto Lobo, responsável pela obra, informou que sem dinheiro atrasou salários dos funcionários e não tem como recapear as ruas.

Ao que parece, esse impasse está longe do fim.

 

Maitê é show 1

“A arte de tomar decisões”. Esse foi o tema desenvolvido pela atriz global Maitê Proença, que fez uma palestra na noite de ontem, quinta-feira, 23, no auditório do Ifal, em Palmeira dos Índios. Bonita, charmosa e competente, a atriz deu um show para uma plateia formada por uma maioria de mulheres.

 

Maitê é show 2

Tudo foi belo, divino e maravilhoso. Agora, o prefeito Júlio Cezar precisa prestar contas com a população e nada mais justo que o seu governo que é propagado como transparente informe quanto foi à conta, já que trazer uma atriz global não é nada barato. Júlio sabe melhor do que ninguém que Palmeira está atolada em uma crise sem precedentes e ele mesmo alardeou essa situação caótica durante a campanha eleitoral que o consagrou prefeito. E não adianta colocar bajuladores para dizer que a presença da garota foi promovida pela iniciativa privada.

Esse historinha de “Trancoso” não cola. Portanto, quanto foi o cachê de Maitê? O povo precisa saber.

 

Vereadores reagiram

O processo seletivo para a contratação em regime temporário para 600 vagas em vários órgãos da Prefeitura de Arapiraca foi alvo de severas criticas na sessão ordinária da Câmara Municipal de Arapiraca na noite de quarta-feira (22). O número de inscrições através da site oficial da prefeitura chegou a ultrapassar 23 mil inscritos, demostrando o alto índice de desemprego na cidade mais importantes do interior do Estado.

 

Sob suspeita

O vereador Willomaks da Saúde (PRP), da tribuna da Casa, foi o primeiro a colocar suas suspeitas de irregularidades no processo seletivo e foi seguido pelos vereadores Moisés Machado  (PDT) e a  Professora Graça Lisboa (PDT), presidente da Mesa Diretora.

 

Irregularidades

De acordo com o vereador, ele foi informado que ocorreram inúmeras irregularidades no Processo Seletivo e que vai necessitar na ajuda própria presidente da Casa, Graça Lisboa, que também é professora, para auxiliá-lo em algumas questões envolvendo o processo seletivo, principalmente se há possibilidades de recursos, caso comprovado algum tipo de irregularidade no processo.

 

Também criticou

O vereador Moisés Machado também criticou o Processo Seletivo, que segundo ele, é tema de discussão na imprensa local e redes sociais onde a população participava ativamente dos programas, demonstrando a sua insatisfação da forma como foi conduzido o processo, desde a sua divulgação, até as inscrições.

 

Não esclareceu

Ele lamentou que mesmo diante de tantas reclamações da população, a secretária de Educação, Mônica Pessoa, não prestou esclarecimentos sobre o processo seletivo nas emissoras  rádios explicando e tirando as dúvidas das pessoas.

Moisés Machado reafirmou o seu compromisso como vereador, será  fiscalizar todo esse processo e avaliar onde estão os erros e irregularidades. Porque retiraram do ar a página da Prefeitura? Questionou o vereador.

 

Concurso

Para a vereadora Graça Lisboa, os 17 vereadores queriam um Processo Seletivo através de um concurso, que é a demonstração de uma verdadeira democracia e que seria humanamente impossível abrir a inscrição, fazer a seleção e fazer o contrato em apenas uma semana. (Com informações do jornalista Roberto Gonçalves).

 

Palmeira

Já não basta o sofrimento com a falta de água em Palmeira e ainda há um significativo atraso no cronograma de distribuição elaborado pela Casal. Quando há queixas, existem sempre justificativas por parte da companhia, mas algumas parecem até histórias de pescador. O povo quer a verdade e não conversinha bonita.

 

… Do blogueiro Berg Moraes: O sobrenome “Garrote” pesa muito na política local. Para dar o cheque-mate na disputa pela presidência da Uveal, o candidato a presidente e vereador por Arapiraca Fabiano Leão convidou o vereador Toninho Garrote para compor sua chapa na condição de secretário geral.

 

… A presença de Toninho na chapa de Leão foi considerada uma jogada de mestre para garantir o comando da Uveal para o grupo.

 

… Em suas redes sociais, Toninho Garrote disse que ser o representante de Palmeira dos Índios em uma das principais funções da diretoria da Uveal será honroso.

 

… “Nossa cidade é rica culturalmente e tem uma história marcada por personalidades políticas que foram eternizadas. Palmeira merece ter um local de destaque em todas as entidades com representação a nível estadual e nacional”, destacou o parlamentar