Blog do Dresch

21 de Março de 2017

Um B. O. sobre Lampião e seu bando

                   Armazenado dentro de uma pasta, com um prontuário datado de 29 de Abril de 1940, técnicos do Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte, encontraram um Boletim de Ocorrência, relacionando o grupo de Virgulino Ferreira, o Lampião e mais 55 integrantes do seu grupo, com nome e alcunha de cada um. O documento fará parte de uma exposição que terá outros registros civis e criminais do órgão. Os cangaceiros citados são parte do bando suspeito de matar, saquear e provocar destruição em áreas da zona rural potiguar e dos demais estados nordestinos entre 1920 a 1940.

O B. O. de Lampião 2

                   Lampião foi morto pela policia alagoana em 1938, na beira do Rio São Francisco, em terras sergipanas. Mas algumas das suas incursões pelo interior da região ficaram marcadas. O B.O. encontrado agora foi elaborado pelo Juiz da Comarca de Pau dos Ferros, cidade a 400 km de Natal. O documento responsabilizava o grupo por práticas criminosas, na tentativa de enquadrar Lampião e seus homens nas penalidades da lei, uma vez que não era comum haver denúncias, depoimentos ou processos contra Lampião e seu bando.

O B.O. de Lampião 3

                   O documento localizado agora buscou enquadrar os cangaceiros em uma incursão que reuniu 75 homens em uma viagem de 400  quilômetros em Junho de 1927 e que deixou um rastro de invasão a fazendas, roubo de animais, joias e dinheiro, vandalismo, destruição e mortes. A jornada do grupo terminou em Mossoró, onde o objetivo era assaltar a agência do Banco do Brasil e o que mais conseguissem. No entanto encontraram uma forte resistência por parte dos moradores e do destacamento local e tiveram que fugir para o Ceará, em uma das mais marcantes derrotas sofridas pelo cangaço.

 

Inauguração da Transposição

                   A cidade de Monteiro, na Paraíba viveu um dia de festa no Domingo (19), com a “Inauguração Popular da Transposição do São Francisco”. No último dia 10, o residente Temer esteve na cidade fazendo a inauguração oficial da obra, mas a população não compareceu. A inauguração deste domingo contou com a presença do ex-presidente Lula, da ex-presidente Dilma Rousseff, do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), da Bahia, Rui Costa (PT), do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), do Ceará, Camilo Santana (PT) e do Piauí, Wellington Barroso (PT), além de vários senadores, deputados federais e estaduais, prefeitos e vereadores. No seu discurso, Lula disse: “Eu sou um homem que não tem ressentimento. Quando se chega aos 70 anos não temos como guardar ódio. Eu quero dizer prá todo mundo que aprendi a andar de cabeça em pé neste país. Não sei se estarei vivo pra ser candidato em 2018. Eles não querem que eu seja candidato. Eles peçam a Deus para eu não ser candidato, porque se eu for é prá ganhar e trazer de volta a alegria para este país”.

 

Fotografia ambiental

                   O Instituto do Meio Ambiente (IMA) apresenta na noite de hoje, no auditório da Casa da Indústria, os vencedores do II Concurso de Fotografia Ambiental, que este ano teve como tema “Águas de Alagoas”. Foram 334 fotografias concorrendo, e 30 delas farão parte de uma exposição no Parque Shopping, a partir desta quarta feira. Na categoria máquinas profissionais e semiprofissionais foram 173 fotos de 97 inscritos.  Na categoria “celulares” foram 75 inscritos com 123 fotos. Já na categoria máquinas digitais compactas foram 23 inscritos com 38 fotografias.

Governo libera emendas

                 O governo Temer liberou, pela primeira vez neste ano, um lote grande de recursos para as obras provenientes de emendas parlamentares. Essas obras estão em execução, pois haviam sido apresentadas em anos anteriores. Mas ainda não tinham recebido recursos do governo neste ano para bancar as novas etapas. A informação é da Folha de São Paulo. A liberação ocorre no momento em que o governo tenta evitar que partidos da base aliada tentem mudar os pontos principais da proposta previdenciária. Fazia mais de dois meses que prefeitos e deputados apelavam pela liberação de recursos.

 

 

Governo libera emendas 2

                  Os volumes direcionados ás bancadas de seis partidos da base governista chegaram a R$ 800 milhões. As listas de quais obras receberão os recursos foram encaminhadas às bancadas e ministérios na semana passada. Foram contempladas pastas como Saúde, Cidades e Turismo. O governo vinha sustando a liberação da verba alegando “obtenção de disponibilidade financeira junto ao Tesouro” e ainda da “verificação do andamento de cada convênio e contrato de repasse respectivo”, aspectos que foram superados na liberação.    

 

 

  • Apenas 239 cidades, o equivalente a 4% dos 5.570 municípios brasileiros, têm 80% ou mais das meninas de 9 a 14 anos com esquema vacinal do HPV completo, ou seja, que tomaram as duas doses necessárias para que fiquem imunes ao vírus.
  • Os dados foram divulgados pelos ministérios da Saúde e da Educação. Isso significa que 5,5 milhões de meninas não estão completamente protegidas.
  • Segundo o Ministério da Saúde, 92,4% tomaram a primeira dose, e 55% a segunda, garantindo a imunização.
  • A preocupação do Ministério é que são 16 mil mulheres que têm câncer provocado pelo HPV, e 5 mil mortes por ano por causa desses cânceres.
  • Por isso mesmo é que a vacinação é fundamental para diminuir o impacto na saúde dos brasileiros, assegurou o Ministro da Saúde, Ricardo Barros.
  • Entre 2014 e 2016, 5,8 milhões de meninas de 9 a 14 anos foram imunizadas com as duas doses, o que equivale a 55% dessa faixa etária. A meta da pasta e chegar a 80%.