Flávio Gomes

11 de Março de 2017

Leão não entrega zebra

Jornalista Helena Chagas: “O leão, rei da floresta, está no topo de sua cadeia alimentar. Pode até pensar em denunciar a zebra corrupta que tenta maquiar suas listras, ou o tamanduá por comer formigas. Mas não vai, com isso, ajudar a desbaratar nenhuma grande quadrilha carnívora ou um esquema predador no reino animal. Pela simples razão de que o chefe e manda-chuva é ele. Já a zebra, ou o tamanduá, podem se dar bem por ter muita coisa a contar sobre o leão – assim como os delatores da Lava Jato, em números que já beiram as centenas, vêm despejando acusações e alimentando as investigações sobre personagens como Eduardo Cunha, Sérgio Cabral, Antônio Palocci e outros. Em tese, Cunha, Cabral e Palocci, presos, tendem a fazer acordos de colaboração para diminuir suas penas e ficar menos tempo na cadeia após a possível condenação, ou mesmo para livrar parentes. Quem vem acompanhando o dia-a-dia das investigações, porém, acha que a hipótese vai ficando a cada dia mais improvável… Nas palavras de alguém muito próximo de investigações e investigados, Cunha, Cabral e Palocci seriam típicos leões da floresta, a quem não adiantará nada entregar as zebras, ou seja, as pessoas que estavam abaixo deles nos organogramas dos esquemas de desvio de recursos, propinas e caixa 2.

Esperança

“Do jeito que está não passa de jeito nenhum”. É o que diz um dos mais experientes da bancada alagoana no Congresso Nacional, sobre a proposta de reforma da Previdência. A pressão popular, argumenta, está surtindo efeito. E dificilmente o governo, fragilizado politicamente, deixará de abrir mão de pontos fundamentais.

Corpo estranho

Rogério Teófilo, que não conseguiu descascar completamente o abacaxi que encontrou na Prefeitura de Arapiraca, ganhou um problema a mais, com a indicação, do PSDB, de Lúcio Melo para uma espécie de “gerentão” da sua gestão. Lúcio, que dirigiu o Detran no governo Téo Vilela, tem sido visto como um estranho no ninho.

Campanha

Os ministros da Integração, Helder Barbalho, e do Turismo, Marx Beltrão, participam de encontro com prefeitos na próxima 2ª feira, pela manhã, na sede da Associação dos Municípios Alagoanos. Presença certa do senador Renan Calheiros, em nova fase, de contato mais direto com as lideranças políticas do Estado.

Será?

A direção da Rede trabalha com a possibilidade, que considera concreta, de Heloísa Helena disputar mandato ao Senado pelo Distrito Federal. Ex-senadora por Alagoas e ex-vereadora por Maceió, Heloísa nunca demonstrou interesse em ser candidata fora do Estado. Mas talvez dessa vez não resista aos fortes apelos.

Agenda

A Câmara Municipal de Maceió realiza 2ª feira próxima, 9 horas, audiência pública para debater a situação da Uber, por iniciativa do vereador Silvânio Barbosa (PMDB). “O prefeito Rui Palmeira já se mostrou interessado em regulamentar a Uber. Esse debate será determinante na construção desse processo”, alega.

Bem vinda

Finalmente, uma ação efetiva de preservação de imagens de pessoas presas ainda em fase de investigação: o defensor público Othoniel Pinheiro Neto, doNúcleo de Direitos Coletivos e Humanos, ingressou com Ação Civil Pública para impedir que a polícia divulgue imagens de presos sem a autorização dos próprios.

 

Fixação

Do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, bastante determinado: “Não há dúvida de que o mais fácil é não fazer nada, mas isso tem consequências. Uma reforma da previdência muito diluída para não criar resistências não resolve o problema. Se não for para fazer uma reforma completa, é melhor não fazer nada.”

 

*A família do jornalista José Aldo Ivo anuncia para este sábado, às 18 horas, na capela dos Capuchinhos, no Farol, a missa do sétimo dia do seu falecimento. Aldo Ivo presidiu o Sindicado dos Jornalistas e a ACDA e era vice-presidente da Abrajet/AL.

*A Prefeitura de Maceió encerra neste sábado uma série de ações em homenagem ao Dia da Mulher, celebrado em 8 de março. A partir das 9 horas, o Parque Municipal, no bairro de Bebedouro, recebe mulheres para oficina de sustentabilidade e de beleza.

* Outra iniciativa da Prefeitura de Maceió para hoje: a partir das 9 horas o programa “Nosso Bairro” estará no Inocoop, bairro Cidade Universitária, para atendimento  a demandas diversas. A cada 15 dias uma comunidade é beneficiada com o programa.

*O Museu de História Natural da Ufal promove, hoje e amanhã, a 8ª edição do Fim de Semana no Museu. A programação será voltada para as atividades desenvolvidas pelos setores de Paleontologia e Geologia, destacando a importância dos estudos nessa área.

*O Dia Internacional da Síndrome de Down é comemorado em 21 de março. Para lembrar a data a Faculdade de Odontologia da Ufal realiza na 2ª feira, das 8 às 13 horas, a operação “Down um Sorriso”, de ações de saúde para crianças de até 12 anos.

*O programa “Aplauso” deste final de semana aborda a vida e a obra da cantora Inezita Barroso, uma das referências da música brasileira, falecida em 8 de março de 2015. Sábado, 15 às 17 horas, na Difusora AM; domingo, 10 às 12 horas, Educativa FM.

* CSA e CRB fazem neste sábado mais um clássico pela Copa do Nordeste. O CRB é líder do Grupo D, com 8 pontos, e o CSA o lanterna, 3 pontos. Mas clássico é clássico e não há favorito. Atenção para o horário, diferente do normal: 18h15m, no Trapichão.

 

 “Só quem não conhece o Nordeste acredita que um trabalhador rural pode se aposentar aos 69 anos”

 Renan Calheiros,

 Senador do PMDB/AL, criticando a proposta de reforma da Previdência