Roberto Baia

9 de Março de 2017

Mestre Afrísio

O texto é do blogueiro Claudio Roberto: Quem foi que já não ouviu falar nas Orquestras Filarmônicas de Berlim, Nova York, a Orquestra Real do Concertgebouw , de Amsterdã, na Holanda,  entre outras,  com grandes concertos em todo o mundo?

Agora, quem já ouviu falar na Orquestra Sanfônica de Arapiraca, no estado de Alagoas?  Com certeza poucos, mas no passado ela já existiu sob o comando o mestre Afrísio Acácio, que hoje, retira das prateleiras, as sanfonas que antes faziam parte deste trabalho.

 

São João

No último dia 5 de março, o mestre Afrísio Acácio, reuniu os melhores sanfoneiros do Estado de Alagoas, para dar início aos ensaios da Orquestra Sanfônica de Arapiraca, que deverá realizar suas apresentações oficiais em junho, quando inicia São João.

 

Componentes

“Esta é a primeira orquestra sanfônica no Estado de Alagoas, pelo menos que eu tenha conhecimento”, diz o mestre Afrísio Acácio, lembrando que entre os componentes, existem nomes como o mestre Cecílio, que além de um exímio sanfoneiro, é também afinador de sanfona; Bastinho da Sanfona, Souza do Acordeon e os alunos, entre eles, Ednaldo do Acordeon, Maxweel, Vitor, Juninho e  Tumã.

 

De acordo com Afrísio Acácio, a orquestra sanfônica de Arapiraca, é a única que tem uma sanfona de oito baixos.

 

É o único

“Não quero dizer que sou o melhor do Brasil, mas tenho o orgulho em afirmar que sou o único ao lado do mestre Luizinho Calixto, a ensinar a alguém tocar oito baixos”, disse o mestre.

 

Capacitação

Uma parceria entre a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), a Embrapa e a Emater de Alagoas está capacitando equipes de profissionais da companhia e da instituição estadual que atuarão nos trabalhos de assistência técnica e extensão rural (Ater) aos agricultores irrigantes dos projetos de irrigação mantidos pela Codevasf em Alagoas.

 

Rizicultura

A capacitação tem foco na rizicultura, principal cultura desses projetos, e teve seu primeiro módulo realizado nesta terça-feira (07). Segundo o coordenador da Ater da Codevasf em Alagoas, o engenheiro agrônomo Pedro Melo, a capacitação atende a uma estratégia de atualização permanente das equipes que atuarão nos projetos de irrigação da Companhia em Alagoas.

 

Codevasf

“A Codevasf está retomando o trabalho de Ater nos projetos irrigados a partir de uma equipe própria de técnicos da empresa. Nesse sentido, consultamos a Embrapa sobre a possibilidade de realizar um treinamento, que também incluísse os técnicos da Emater que irão atuar nesses projetos. É um treinamento modular e hoje tem início o primeiro módulo”, afirmou.

 

Reflexos positivos

Para o engenheiro agrônomo e coordenador da Ater da Codevasf, essas capacitações trarão reflexos positivos no desempenho das safras de arroz produzidas nos projetos de irrigação alagoanos do Boacica, em Penedo e Igreja Nova, e do Itiúba, em Porto Real do Colégio.

 

Violência

Com informações do arapiracanews.com: Em menos de 24 horas, mais um crime de homicídio foi registrado no Conjunto Brisa do Lago, no bairro Olho d'Água dos Cazuzinhas, em Arapiraca. Desta vez, um adolescente, identificado até agora apenas como Gabriel, de idade não confirmada, foi executado. O crime ocorreu por volta das 14h30 desta quarta-feira (8).

 

Mistério

O crime, nesse primeiro momento, é cercado de mistérios. No local, por exemplo, não foram encontradas cápsulas das balas de revólver deflagradas contra a vítima.Porém, os indícios apontam que a morte ocorreu em consequências de tiros de arma de fogo que atingiram a região da cabeça.

 

Outros crimes

Outra informação ainda não confirmada oficialmente é de que o jovem morto possuía passagens pela polícia. Nenhuma testemunha do crime foi  encontrada pela Polícia Militar que chegou instantes ao local onde o corpo foi encontrado.

 

Uma das possibilidades é de que o crime desta tarde tenha ligação com outros dois praticados na noite desta terça-feira (7), no mesmo conjunto, quando um jovem e um menor, de 19 e 16 anos respectivamente, foram executados após serem atingidos por mais de 20 tiros.

 

Feira Grande  

A prefeitura de Feira Grande declarou estado de emergência devido à seca que está afetando o município localizado no Agreste de Alagoas. O texto assinado pelo prefeito Flávio Rangel Apóstolo de Lira, o Flávio do Chico da Granja (PSDB) foi publicado nesta quarta-feira (8) no Diário Oficial do Estado (DOE).

 

… De acordo com o decreto, a falta de chuva nos últimos dois anos provocou perdas na agricultura, pecuária e pesca e reduziu os recursos hídricos da cidade. A portaria ainda informa que a situação é grave por conta dos baixos índices sociais da população, da estagnação econômica e das vulnerabilidades das áreas afetadas.

 

 

… A publicação levou em conta o parecer da Coordenação Municipal de Defesa Civil (COMDEC) que relatou que a ocorrência do desastre é favorável à declaração de situação de emergência. O decreto vale por 180 dias.

 

… No mês passado, o governo do Estado decretou situação de emergência devido à seca para 77 municípios de Alagoas.