Flávio Gomes

2 de Março de 2017

Lula, o retorno

Do site “Diário do Poder”: “Alvo da Operação Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva prepara uma plataforma econômica para apoiar sua pré-candidatura ao Planalto. Mesmo correndo o risco de ficar inelegível se for condenado em segunda instância, pois é réu em cinco ações, Lula avalia que o PT precisa se contrapor com mais vigor ao governo Michel Temer, lançando uma espécie de programa nacional de emergência para o País sair da crise. O termo foi usado pelo próprio PT em fevereiro do ano passado, quando o partido apresentou à então presidente Dilma Rousseff uma lista com 22 sugestões de mudanças na economia. Com um discurso em defesa de novas eleições diretas e disposto a antecipar o lançamento de seu nome ao Planalto, Lula tem aparecido em vídeos dizendo que Temer só sabe cortar. O foco de sua plataforma para 2018 vai na linha de que o País não conseguirá reduzir o número de 12,9 milhões de desempregados se não ampliar o crédito para a produção e o consumo. Entre as propostas que Lula e a cúpula do PT defendem para enfrentar a crise estão a criação de um Fundo de Desenvolvimento e Emprego, reajuste de 20% nos valores do Bolsa Família e aumento real do salário mínimo, além da correção da tabela do Imposto de Renda, com teto de isenção superior ao atual. Há um ano, o PT pressionou Dilma para que usasse parte das reservas internacionais na formação do Fundo de Desenvolvimento. Ela não concordou...”

 

Termômetro

Na pesquisa “Pulso Brasil” de fevereiro, realizada pela Ipsos, somente o juiz Sérgio Moro conseguiu aprovação da maioria dos entrevistados (65%). O ex-ministro do STF Joaquim Barbosa foi segundo (48%). Os mais rejeitados: Eduardo Cunha (89%), Renan Calheiros (82%) e o presidente Michel Temer (78%).

Compromisso

O senador Benedito de Lira (PP/AL) anuncia para dois meses, no máximo, a conclusão das obras de expansão do VLT até Jaraguá. Garante, também, que nesse prazo estará concluída a licitação para a construção da estação de passageiros no bairro, em cujo pátio haverá espaço para uma praça de eventos.

Conversa mole

Muitos prefeitos recém-empossados reclamaram, ao assumirem, da difícil situação das respectivas prefeituras. Dois meses depois, quase todos investiram no Carnaval  e alguns até anteciparam o pagamento do funcionalismo. Ou seja, a apregoada crise era mais para fundamentar o discurso do que mesmo falta de dinheiro.

Proposta

Eduardo Tavares Mendes (PSDB), de Traipu, está sugerindo aos demais prefeitos de municípios banhados pelo São Francisco que acionem a Chesf para que pague pelo uso da água do rio. A revelação é do jornalista Bernardino Souto Maior, em seu blog. Tavares deve ter suas razões, como Procurador de Justiça.

 

Presença

O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, virá a Alagoas no dia 22 de março para lançamento do programa “Criança Feliz”. O secretário estadual da Assistência e Desenvolvimento Social, Fernando Pereira, diz que em Alagoas aderiram ao programa 84 dos 86 municípios considerados elegíveis.

Engajamento

Entidades de movimentos sociais populares de Alagoas integram o recém-criado Fórum Alagoano em Defesa da Previdência Social, iniciativa da OAB/AL para mobilização contra a PEC 287 e a Reforma da Previdência. As ações se iniciam em 8 de março, com um ato em defesa dos direitos das mulheres, no Centro.

Tendência

Silvio Sales, consultor do FGV/Ibre: “Os indicadores de fevereiro confirmam a melhora no ânimo das empresas de serviços neste início de ano. O índice de confiança retorna ao nível do início de 2015, mas segue apoiado nas expectativas, reforçando a ideia de uma transição lenta para uma fase de retomada do crescimento.”

 

*Começa hoje e vai até 28 de abril o prazo para a declaração do Imposto de Renda 2017, ano base 2016. Uma das novidades: serão cruzadas informações prestadas pelos contribuintes com aquelas fornecidas por médicos e com dados do eSocial.

 

*Os eleitores que constarem na relação do TSE por faltarem às últimas três eleições devem comparecer ao cartório eleitoral, de hoje até 2 de maio. Quem não se regularizar terá o título cancelado. Mais detalhes no site do Tribunal Superior Eleitoral.

*Desde ontem o maceioense está pagando mais caro pela passagem de ônibus urbano, reajuste autorizado pelo Conselho Municipal de Transportes. As empresas queriam aumento para R$ 3,75, mas o valor da tarifa passou mesmo de R$ 3,15 para R$ 3,50.

*O Museu Théo Brandão de Antropologia e Folclore realizará em 7, 14, 21 e 28 de março, sempre às 9 horas, a oficina “Iniciação a toques de berimbau”, com o professor Denis Angola. Inscrições até o dia 6 através de museutheobrandao@gmail.com.

 

*Reclamação de turistas baianos em visita a Maceió: das quatro balsas que fazem a travessia Penedo-Neópolis, no Rio São Francisco, só três estão funcionando. O que tem complicado a travessia de quem faz essa opção de roteiro na ligação Alagoas-Sergipe.

*ASA e Murici, únicas equipes alagoanas que ainda estão participando da Copa do Brasil deste ano, vão se enfrentar hoje, às 20h30m, em Arapiraca, pelo Campeonato Alagoano. O Murici está em situação bastante complicada na competição local.

*O CSA pega hoje o Itabaiana, no Estádio Etelvino Mendonça, interior de Sergipe, na luta para fugir da lanterna do seu grupo na Copa do Nordeste, em que o CRB é líder isolado, após ganhar do ABC por 2×0. Itabaiana x CSA está anunciado para 19 horas.

 

“Ninguém pode ser obrigado a fazer nada”

Marcelo Crivela

Prefeito do Rio de Janeiro, sobre as críticas por não ter comparecido a nenhum evento do Carnaval na sua cidade