Edmilson Teixeira

24 de fevereiro de 2017

Alagoas na duplicação

alagoas na duplicacao 600x300 c - Alagoas na duplicação

Ministro dos Transportes, o alagoano Maurício Quintela disse que assinou ontem, a ordem de serviço para a retomada da duplicação de 78,1 km da BR-101 em Alagoas, trechos que ligam Rio Largo a Teotônio Vilela, passando por São Miguel dos Campos. “A rodovia é essencial para o transporte de cargas e uma ferramenta importante para a promoção do turismo como atividade econômica na região Nordeste. Alagoas e o Brasil voltando ao rumo do desenvolvimento”, disse.    

Craíbas

Prefeitura de  Craíbas, é mais uma em Alagoas que decretou o fechamento de seu lixão. “Nossa preocupação é contribuir para que a população tenha uma melhor qualidade de vida. Com o fechamento desse local, todos resíduos sólidos de nosso município estão sendo enviados para a Central de Tratamento do Agreste, que fica localizada no limite com Arapiraca”, frisou o prefeito Ediel Leite.

 

São Sebastião

Defensoria Pública de Alagoas firmou acordo com a Prefeitura de São Sebastião, a fim de garantir a convocação de 206 cargos previstos no edital de concurso realizado em janeiro de 2016. Os cargos correspondem a campos diretos e indiretos da administração municipal, como médico, enfermeiro, odontólogo, técnico e auxiliar de enfermagem, professor, vigilante, merendeiro, motorista, agente de combate a endemias, auxiliar de serviços educacionais, entre outros. Se o órgão farrapar, a multa será de R$ 5 mil por dia.

 

Junqueiro

Por falar de bronca em Prefeitura, a de Junqueiro entrou na mira do MPE/AL. É que por meio da Promotoria de Justiça daquele município, foi instaurado um procedimento preparatório de inquérito civil para apurar denúncias de irregularidades no Fundo de Previdência Própria de Junqueiro (IPREV). A portaria do procedimento foi publicada na edição de terça-feira, desta semana do Diário Oficial do Estado.

 

Junqueiro II

 

A investigação tem como base um relatório de auditoria direta realizado pelo Ministério da Previdência Social entre setembro de 2011 e agosto de 2016, que constatou um total devido e não repassado de R$ 4.977.077,78 milhões. A auditoria detectou irregularidades de no repasse, no demonstrativo previdenciário, aplicações financeiras, além da inaptidão do Fundo Previdenciário para receber o Certificado de Regularidade Previdenciária, já que não cumpre os critérios e exigências estabelecidos na legislação federal que disciplina constituição, organização e funcionamento dos Regimes Próprios de Previdência Social – RPPS.

 

Penedo

Já em Penedo, o MPE/AL instaurou um inquérito civil público para apurar a legalidade do aumento salarial do prefeito e do vice. O reajuste foi concedido pela Câmara Municipal, que também aumentou o salário dos próprios vereadores. Para o promotor Adriano Jorge Correia, conforme publicação no DO/AL na segunda-feira, que o ato seria nulo, já que a Lei de Responsabilidade Fiscal veda ato que implique em despesa com pessoal expedido nos 180 dias anteriores ao final do mandato.

 

Penedo II

 

Sendo assim, o inquérito tem como objetivo, de acordo com a publicação no Diário Oficial, colher elementos de prova para uma eventual ação civil destinada à anulação do ato e à consequente devolução dos valores indevidamente pagos a título de subsídios aos agentes políticos.

 

 

Satuba

 

Satuba é um dos raros municípios em Alagoas, em que o prefeito encontrou uma maneira de driblar a crise financeira, a fim de oferecer à população a oportunidade de curtir o Carnaval. É que na quarta-feira, já houve frevo nas ruas, com o desfile do bloco “Vapor na Folia” evento que abriu a temporada 2017. “Estamos mais uma vez levando apoio para os blocos de rua, eles que têm sido a marca do nosso Carnaval. Por aqui, a irreverência; aliada a alegria, frevo, axé e muita paz, formam a marca do que há de melhor na região metropolitana de Maceió em se tratando de festa de momo”, disse o prefeito Paulo Acioli

 

 

 

Pão de Açúcar

Depois de assinar um TAC – Termo de Ajuste de Conduta junto ao MPE/AL e a PM, a Prefeitura de Pão de Açúcar, anunciou na terça-feira, desta semana, a programação oficial do Carnaval 2017. Ao todo, serão oito dias de folia e animação com os blocos de rua e a praça do frevo.

Porto Calvo

Porto Calvo promete promove o maior e melhor Carnaval da Região Norte. A festa de momo na terra de Calabar conta com 50 blocos de rua e quatro dias intensos de muito frevo e axé no Centro Comunitário Calabar. O prefeito David Pedrosa aceitou a recomendação do Ministério Público e da Polícia Militar e a festança no clube municipal vai até às 2h.

 

Sesc no Carnaval

Carnaval, folia e diversão. E para ninguém ficar parado, uma opção é a programação do Sesc. De domingo a terça-feira, o Sesc Guaxuma, em Maceió, e o Sesc Arapiraca abrem alas para o samba, frevo e muita empolgação, que caracterizam a folia de momo. As unidades que dispõem de estrutura física com balneário, quadras poliesportivas, dentre outros, oferecem, além do lazer, uma programação para curtir o Carnaval em clima de alegria e diversão para toda família.

 

Campanha

 

E para garantir a folia de seus foliões com segurança, o Sesc, através da Coordenação de Saúde, irá realizar a Campanha de Prevenção às IST/HIV/AIDS no intuito de sensibilizar o cuidado, além de distribuir preservativos.

 

Anadia

Levando em consideração as dívidas deixadas pelo ex-gestor, o prefeito Celino Rocha, em consenso com a sua equipe, optou em priorizar o pagamento da folha salarial e não realizar Carnaval em Anadia. No último dia 10, o prefeito autorizou o pagamento do 13º salário e ontem, liberou a folha do mês em curso. Que bom né?

 

Hospitais

Secretários de Saúde e representantes das maternidades de Palmeira dos Índios, Arapiraca e Santana do Ipanema se reuniram na terça-feira, em Maceió com a diretoria do Cosems. O objetivo foi para expor as dificuldades enfrentadas pelo setor e solicitar uma reunião com o governo alagoano, para discutir a pauta.

 

 

Hospitais II

A falta de regulação de leitos no Estado para os hospitais é um dos problemas enfrentados pelo segmento, já que estes municípios (além de Delmiro Gouveia que também faz parte da 2ª Macro) não têm sistema online de marcação prévia, a exemplo do Complexo Regulador de Maceió (Cora), no qual o paciente já é direcionado para o hospital para consultas, exames e internações.