Edmilson Teixeira

16 de Fevereiro de 2017

Atalaia

Em Atalaia, a festa de momo este ano está limitada somente aos blocos de ruas. O Ministério Público de Alagoas, além de recomendar a Prefeitura a não promover o Carnaval, limitou por meio de apoio com as polícias; Militar e Civil, o prazo  até às 20 horas, para que os blocos fiquem em atividade pelas ruas. “Vamos viabilizar uma pequena ajuda de custo, a fim de garantir a presença dos tradicionais blocos atalaienses durante esse período de momo”, disse o prefeito Chico Vigário, ciente de que Atalaia hoje não dispõe de um porte financeiro, para bancar contratações de bandas de músicas.  

Matriz de Camaragibe

Por conta da crise econômica é que este ano a Prefeitura de Matriz deixará de fazer seu tradicional Carnaval, tido como um dos mais agitados da região Norte de Alagoas. O órgão está providenciando a contratação de um Trio Elétrico, a fim de atender a todos os blocos que vão sair pelas ruas da cidade. O tradicional bloco “Onda Azul” resolveu agora em 2017, dar uma pausa em suas apresentações. Alega motivo de grana.

Maragogi

Cidade praiana e tida como uma das mais badaladas turisticamente no Brasil, por suas lindas praias e belezas naturais, Maragogi deixa de fazer seu Carnaval 2017, pelo menos na parte bancada pela Prefeitura. Prefeito Sérgio Lyra, não ver caminho para desembolsar dinheiro, a fim de investir numa festa que requer muitos gastos. Assim como outras cidades, vai apoiar somente os blocos de ruas.

Delmiro Gouveia

Quem era acostumado a prestigiar as grandes festas de emancipação política de Delmiro Gouveia, sobretudo ao longo desses últimos anos, viu na terça-feira desta semana, uma comemoração resumida apenas numa maratona de rua. Há 54 anos, Delmiro se desvinculava de Água Branca. O fechamento da Fábrica da Pedra este ano, agravou ainda mais a situação econômica vivenciada pelos delmirenses, que clamam por chuva, emprego e dias melhores.

Olho d’Água das Flores

Prefeito Carlos André, o Nem de Humberto (PR), vai ter que desembolsar 10 mil reais para pagar uma multa cometida perante a Justiça Eleitoral. O fato se atribui a duas carreatas que Nem fez, encaradas como campanha antecipada. A condenação ocorreu na última segunda-feira, no Pleno do Tribunal de Justiça Eleitoral (TRE).  Nem de Humberto retornou apertadamente para um terceiro mandato, depois de ter vencido a eleição por uma diferença de apenas 18 votos, frente a seu ex-aliado, o vereador Zé Luiz (PP).  

Campanha

Por falar em campanha antecipada, os nossos ministros: Marx Beltrão (Turismo) e Maurício Quintela (Transportes) estão dando tudo de si para conquistar os prefeitos alagoanos. Seus ministérios em Brasília estão escancarados para os alagoanos, onde agendamento praticamente é coisa que não existe para esse povo. Nos finais de semanas, os dois ministros aterrissam em Alagoas, sobretudo na missão de percorrerem o interior, para aquela tradicional visita de cortesia.   

Rio Largo

A Controladoria Geral da União esteve na terça-feira em Rio Largo, a convite do prefeito Gilberto Gonçalves. O encontro foi para firmar parcerias sobre a implantação do Sistema de Controle Interno no âmbito municipal. Presentes estavam: o superintendente em Alagoas, José William Gomes e o auditor Federal de Finanças e Controle, Nelton Martins, ambos representantes do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria Geral da União (CGU).

 

Rio Largo II

 

A CGU orientou  a elaboração de uma minuta de Projeto de Lei para a estruturação da Controladoria Geral do Município. Eles discutiram a possibilidade de firmar um Termo de Cooperação Técnica, para a realização de capacitações dos servidores municipais, com a pretensão de convidar os municípios circunvizinhos para se integrarem nessas capacitações, a fim de possibilitar a troca de informações quanto aos aspectos relacionados à gestão e o controle dos recursos públicos.

 

Mel e pavimentação

Amanhã em Penedo a Codevasf irá estruturar mais de 400 famílias rurais alagoanas que convivem com os efeitos de estiagens nos municípios de Penedo, Igreja Nova, Major Isidoro e Traipu. É que serão disponibilizadas patrulhas mecanizadas e kits de apicultura para agricultores familiares dos devidos municípios citados no auditório do órgão a partir das 9h. Nesse mesmo dia, a Codevafs assina ordens de serviço para pavimentação de vias nos municípios de Pariconha, São Sebastião, Piaçabuçu e Junqueiro.
 

Origem 

Segundo a Codevasf, o investimento é de aproximadamente meio milhão de reais e visa fortalecer atividades produtivas relacionadas à produção de mel e às vocações agrícolas regionais. Os recursos são oriundos do Orçamento Geral da União, destinados à Codevasf por meio de emendas parlamentares, e de destaque orçamentário do Ministério da Integração Nacional, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR).

Arapiraca

A CAB Águas do Agreste está realizando processo seletivo para jovens interessados em participar do projeto Jovem Aprendiz. Cerca de 60 jovens moradores de Arapiraca e região, com idade entre 15 e 17 anos, participam da seleção que oferece, através da análise de currículo, quatro vagas para atuação nas áreas de Produção, Administração e Comercial, entre outras, desempenhando atividades administrativas.

 

Critério

O projeto, desenvolvido em parceria com o SENAI, tem duração de dois anos. Nos primeiros 12 meses, o estudante selecionado participa das aulas teóricas no SENAI. Já no ano seguinte, desenvolve as atividades no escritório da CAB Águas do Agreste, em Arapiraca. Os jovens selecionados desempenham as atividades de segunda a sexta, durante quatro horas diárias e recebem bolsa auxílio, além de vale alimentação e vale transporte. Esta será a segunda vez que a CAB desenvolve o programa em sua estrutura.