Flávio Gomes

9 de Fevereiro de 2017

Um país sem heróis

De Elton Simões: “Pobre do país que não consegue ter um herói. Sente-se órfão. Sem referências. Sem rumo. Condenado à deriva.  Sem controle do seu destino. Entregue a própria sorte. Por isso (e provavelmente por muitas outras razoes), a gente está sempre a buscar heróis. Como se houvesse um vazio no coração que somente pudesse ser preenchido por um salvador… Já elegemos muitos heróis. E já nos decepcionamos bastante. E continuamos a ver e procurar salvadores. Alguém que nos redima. Ser superior. Digno. Herói, enfim. É compreensível. A vida sem eles é mais difícil. Depende da impessoalidade das instituições. De sua eficiência. De sua eficácia. E, claro, de sua credibilidade… Países com instituições fracas procuram heróis. Personagens improváveis que trariam quase magicamente as soluções para todas as questões que a sociedade, coletivamente, fracassou em encontrar resolver. Diante da falta de instituições, da ausência total de credibilidade no Estado, o país busca heróis. Desesperadamente. E lamenta sua ausência. E não os encontra. Talvez porque heróis não existam no mundo real. Pobre do país que precisa de heróis.”

Metamoforse

Realmente, o que passou, passou… Depois de, no ano passado, criticar o então ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, até mesmo com termos irônicos, ontem o senador Renan Calheiros, líder do PMDB, recebeu o futuro ministro do STF, no melhor estilo “esqueçam o que eu disse”. Vida que segue.

Investida

O governador Renan Filho reafirma a cada dia sua proposta de investir em Maceió para faturar, politicamente, em 2018, quando tentará a reeleição. Às obras na Capital, especialmente na periferia, se somam apoio ao Carnaval e, este ano, também ao São João. Cutucadas do provável adversário, Rui Palmeira.

Confiança

Em reunião no BNDES o prefeito Rui Palmeira discutiu parcerias público privadas. E saiu satisfeito: “O projeto da PPP da iluminação de Maceió está bem encaminhado, isso porque já estamos trabalhando nesse conceito. Nós apresentamos a proposta para a sociedade em audiência pública e foi bem aceita”.

Novidade

O Centro de Gastronomia de Maceió está em vias de implantação pela Federação do Comércio de Alagoas, com apoio da Confederação Nacional do Comércio. A partir da conclusão da licitação, em seis meses será entregue, segundo Wilton Malta, presidente da Fecomércio. A gestão será executada pelo Senac.

Proposta

O desembargador Tutmés Airan, que durante anos atuou na advocacia criminal e foi também secretário estadual de Justiça, defende a legalização das drogas, de forma controlada pelo poder público. Segundo ele, isso acabaria o tráfico e, por tabela, diminuiria em 200 mil as vagas no sistema prisional brasileiro.

Oportuno

A Associação dos Procuradores do Estado de Alagoas e a Procuradoria Geral do Estado promovem hoje, 16 horas, no auditório da PGE, palestra de Marcial Coelho, Procurador da República, sobre medidas anticorrupção. A APE/AL lançará no evento cartilha em defesa da PEC 82, que propõe autonomia das PGEs.

Opinião

Do jornalista Josias de Sousa: “No caso de Moreira Franco, delatado pela Odebrecht, Temer fez o pior da melhor maneira possível. Depois de fornecer o escudo do foro privilegiado ao amigo, o presidente guerreará na Justiça pela manutenção do privilégio. Comprova que é errando que se aprende… a errar.”

 

*O professor e historiador Douglas Apratto Tenório lança, hoje, três livros de colorir: “Flora Alagoana”, “Fauna Alagoana” e “Patrimônio Alagoano”. A partir das 17 horas, na praça central do Maceió Shopping, no bairro de Mangabeiras.

*A Associação dos Docentes da Ufal vai lançar, através da Diretoria de Política Educacional e Científica, em parceria com o Conselho de Representantes, uma revista eletrônica de caráter científico, com temas de cunho acadêmico e do mundo sindical.

*Estudantes da área da Saúde matriculados no Campus Arapiraca, da Ufal, terão, em breve, ter acesso a atividades práticas de qualidade na rede pública de saúde. O assunto foi pauta de reunião entre o prefeito Rogério Teófilo e diretores da Ufal Arapiraca.

*A Secretaria de Segurança Pública abriu inscrições, até a próxima 4ª feira, 15, para estágio de estudantes de Direito, Ciências Contábeis, Biblioteconomia, Administração (áreas afins), Geografia, Pedagogia, Engenharia Mecânica e Ciências da Computação.

*O Programa Bolsa Permanência vai abrir inscrições para estudantes da demanda étnica das instituições federais de ensino superior. Para o primeiro semestre, os alunos indígenas e quilombolas devem se inscrever de 1º de março até 28 de abril.

*A Marinha do Brasil publicou o edital de concurso público de admissão às Escolas de Aprendizes-Marinheiros. Há 1.240 vagas, sendo 248 destinadas a afrodescendentes, distribuídas entre as  áreas profissionais de Mecânica, Eletroeletrônica e Apoio.

*O CRB iniciou ontem contra o Altos, no Piauí, pela Copa do Brasil, uma minimaratona que tem outras duas etapas: sábado, 11, pela o ABC, em Natal, pela Copa do Nordeste; 3ª feira, 14, tem outro jogo fora de casa, contra o ASA, em Arapiraca, pelo  Alagoano.

 

“Não se pode discriminar o fato de um indicado ter atividade jurídica e ter atividade política”

Alexandre de Moraes

Advogado e ministro da Justiça licenciado, sobre críticas à sua indicação para o STF