Blog do Dresch

19 de Janeiro de 2017

Alagoas terá R$ 44 milhões para Ressocialização

Crise nos presídios, dividendos para AL 2

Quanto à liberação dos recursos federais no montante de R$ 44 milhões, o secretário Marcos Sérgio ressaltou o que significa a alocação desses recursos para o Estado.  “Alagoas foi contemplada com o envio de R$ 44 mi para aquisição de novos equipamentos e construção de novos presídios. Em breve, nossos agentes terão melhores condições de trabalho, utilizando os novos equipamentos. Trata-se de um compromisso do Governo do Estado: investir nas forças de segurança e promover a justiça no cárcere”, completou. 

 

Alagoano no Big Brother Brasil

O alagoano Luiz Felipe, 28 anos, será o primeiro alagoano a participar do Big Brother Brasil, programa de entretenimento da Rede Globo. Felipe prefere não contar com a sorte. Ele acredita que determinação será o seu trunfo dentro da casa. Modelo e empresário, ele acredita que o BBB poderá impulsionar sua carreira, mas ainda não fez grandes planos, caso ganhe o prêmio: “A primeira coisa seria comprar minha casa, pagar as contas e só depois verei qual será o outro passo”. Sobre romances, Luiz Felipe alerta que está disposto a se relacionar com alguém no jogo. “Se apaixonar é um sentimento que não escolhemos”.

Mas nas redes sociais, o discurso é outro e o modelo demonstra não querer nada sério. Após o resultado de uma brincadeira no Facebook que lhe projetava poucos dias de solteiro ele comentou: “Sai dai!!! É cilada Biiinoooo!!!”, brincou.


Crise nos presídios, dividendos para AL

O Estado de Alagoas foi contemplado com R$ 44 milhões para aquisição de novos equipamentos e construção de novos presídios. A informação foi confirmada pelo secretário de Estado da Ressocialização e Inclusão Social, tenente-coronel Marcos Sérgio, que esteve reunido com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, e outros secretários de Segurança do país, na terça-feira (17), para discutir o plano nacional de segurança nos presídios Os recursos servirão também para que os agentes tenham melhores condições de trabalho, utilizando novos equipamentos para que Alagoas continue longe da crise que assola presídios de outras unidades federativas. Durante o encontro, realizado no Palácio do Planalto, em Brasília, foi definida ainda a criação de núcleos de inteligência nas unidades da Federação. Ontem o gestor da Ressocialização destacou a implantação do núcleo de inteligência para auxiliar o trabalho dos agentes penitenciários e demais forças da segurança pública. “O grupo integrado de inteligência prisional vai fomentar um banco de dados, com projeções de inteligência e análises de perspectivas que ajudarão na resolução de conflitos, permitindo o enfrentamento do crime organizado”, informou o secretário Marcos Sérgio.

 

Alagoano no Big Brother Brasil 2

Sobre a convivência com pessoas tão diferentes, o comerciante avisa: “Entender as diferenças e aceitá-las é o melhor caminho”. O 'BBB17', que estreia no próximo dia 23, tem direção-geral de Rodrigo Dourado e apresentação de Tiago Leifert. O programa vai ao ar de segunda a sábado logo após ‘A Lei do amor’ e aos domingos, após o 'Fantástico'. 

 

Ainda sobre Segurança 

O Ministério da Justiça anunciou ontem a criação de um Grupo Nacional de Intervenção Penitenciária para atuar dentro dos presídios, em conjunto com as forças policiais estaduais. A exemplo da Força Nacional de Segurança Pública, o grupo contará com cerca de cem agentes penitenciários cedidos pelos estados e atuará para conter situações problemáticas do sistema carcerário. A iniciativa foi anunciada esta manhã pelo ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, durante reunião com representantes da Federação Sindical Nacional dos Servidores Penitenciários (Fenaspen). Na mesma hora, em outro ponto da Esplanada dos Ministérios, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, anunciava que, em no máximo dez dias, ao menos mil homens do Exército, Marinha e Aeronáutica estarão à disposição dos governadores que julgarem necessário o apoio das Forças Armadas para procurar e apreender armas, drogas, aparelhos celulares e outras substâncias e produtos ilícitos.

 

Ainda sobre Segurança 2

Moraes também anunciou a criação de um curso de capacitação para agentes penitenciários. A formação será oferecida pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen) com o objetivo de estabelecer um protocolo único de atuação.As medidas sucedem o anúncio do lançamento do Plano Nacional de Segurança Pública, que começará a ser implementado no dia 15 de fevereiro, nas cidades de Natal (RN), Porto Alegre (RS) e Aracaju (SE) – escolhidas porque desde o ano passado já atuam em cooperação com o Ministério da Justiça e Cidadania, com a presença da Força Nacional.


Ainda sobre Segurança 3

O plano prevê ações conjuntas de segurança pública e inteligência por parte dos governos federal e estaduais para tentar reduzir o número de homicídios dolosos, feminicídios e violência contra a mulher em todo o país. Também estão previstas medidas para modernizar o sistema penitenciário e de combate integrado ao crime organizado. Para isso, o governo promete criar Núcleos de Inteligência Policial (NIPO). A ideia é unir as áreas de inteligência do governo federal às áreas de inteligência dos governos estaduais, além das Polícias Federal, Rodoviária Federal, Civil e Militar e demais agentes do sistema penitenciário. Chefe do Executivo do Amazonas, estado palco da primeira chacina de presos registrada este ano, o governador José Melo anunciou que pretende apresentar ao presidente da República, Michel Temer, a inclusão no Plano Nacional da proposta de criação de um fundo especial que permita às Forças Armadas atuarem de forma mais efetiva na proteção das fronteiras brasileiras contra o tráfico internacional de drogas e de armas.

*** O PSTU  fará protesto contra o presidente eleito dos Estados Unidos da América, Donald Trump, amanhã (20), dia da posse do republicano. A manifestação ainda não tem lugar nem horários marcados. O ato em apoio a movimentos internacionais está sendo organizado pela sigla nacional, mas líderes do Estado também estão tentando seguir a agenda em Fortaleza. “Estamos vendo com outras frentes da esquerda se construímos algo, mas ainda não tem nada fechado. Eté amanhã temos uma posição”, afirma Francisco Gonzaga, um dos líderes do partido no Ceará.

*** “É necessário organizar protestos em todo o mundo contra o imperialismo estadunidense e para apoiar os trabalhadores, a juventude, a comunidade imigrante, negra e muçulmana para que saiam a lutar não só nos EUA como em todo o mundo. Mais do que nunca temos que mostrar com luta que a classe trabalhadora é internacional, e que atacam um, nos atacam a todos”, diz  a publicação na página do Facebook da sigla nacional.

*** Nos EUA, há protestos marcados durante a posse do presidente em vários municípios. No dia seguinte, haverá também uma marcha das mulheres na cidade de Washington. No evento do Facebook, intitulado “Women’s March on Washington”, há mais de 200 mil confirmações.

 

*** Na terça-feira, um homem da Califórnia foi levado para o hospital depois que ele se incendiou em protesto contra Donald Trump do lado de fora do Trump International Hotel, em Washington. Segundo a rede de TV “ABC”, o homem sofreu queimaduras, mas sua condição e identidade são desconhecidas. Ele disse que era da Califórnia e que suas ações eram um ato de protesto.

*** “Eu estava tentando me atear fogo … foi um ato de protesto”, disse o homem ao repórter da “NBC”, Shomari Stone. Ele disse também que estava protestando contra o fato de termos eleito alguém que é completamente incapaz de respeitar a Constituição dos Estados Unidos.