Blog do Dresch

31 de dezembro de 2016

Em 2017, a transposição vira realidade

                 O governo de São Paulo vai emprestar quatro conjuntos de superbombas e outros equipamentos da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), para o projeto de Integração do Rio São Francisco. O objetivo é antecipar a chegada da água do Rio São Francisco aos estados da Paraíba e de Pernambuco. O convênio para o empréstimo foi assinado pelo governador Geraldo Alckmin e pelo Ministro da Integração, Helder Barbalho. Os equipamentos vão acelerar a passagem das águas pelas estruturas do Eixo Leste e permitirão que a região de Campina Grande, na Paraíba, comece a receber água 30 dias antes do previsto.

Bombas paulistas para o NE 2

                  O governador Alckmin explicou que durante a restrição hídrica que o estado de São Paulo passou, há três anos, foram comprados equipamentos, especialmente superbombas, que custaram perto de R$ 20 milhões, para poder utilizar as águas da reserva técnica (volume morto) dos mananciais. Como não estão sendo mais utilizadas, e o Nordeste passa por uma seca, considerada a maior do século, a Sabesp esta cedendo essas bombas, que vão ajudar para que as águas cheguem um mês antes ao agreste pernambucano e na Paraíba.

 

Sobre extinção de cargos

                   O Governo Temer anunciou a extinção de 4.689 cargos em comissão e funções de confiança na estrutura federal até Julho de 2017, resultado de uma reforma administrativa. De acordo com o Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, a minirreforma deverá gerar uma economia de R$ 240 milhões por ano. No total, serão extintos 1.602 funções de confiança e 3.087 cargos de direção. Do início de 2015 até agora, a redução chegou a 30% nos ministérios, garante Dyogo Oliveira. Alguns cargos e funções já foram desocupados, outros estão sendo extintos gradualmente, em 1º de Janeiro, 31 de Março e por último, em 31 de Julho de 2017. Existem algumas demoras porque a transição do serviço público é mais complicada, porque não pode haver descontinuidade dos trabalhos. Este anúncio finaliza a reforma administrativa do governo Temer. Além da redução de pessoal, foram extintos seis ministérios em Maio último. Os ministérios com mais cargos extintos são os da Agricultura (339), do Planejamento (313) e o da Saúde (240).

 

Bombas paulistas para o NE 3

             O governo federal será responsável pelo transporte dos equipamentos até o canteiro de obras do projeto em Floresta (PE), onde vão  levar as águas do São Francisco para o reservatório de Mandantes, no mesmo município. Esse procedimento deve encurtar m até 25 dias a chegada das águas ao município de Monteiro, primeira cidade paraibana a ser beneficiada. De Monteiro as águas seguirão pelo leito do Rio Paraíba até Campina Grande. O Projeto de Integração do Rio São Francisco, iniciado no governo Lula, que ora apresenta 90% de conclusão beneficiará 12 milhões de pessoas em 390 localidades de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Turismo sempre em alta

                Para os festejos de final de ano, eles já chegaram, ocuparam os hotéis na capital e nas estações turísticas do interior, com um índice de ocupação próximo dos 100%. Mas os turistas vão ficar por mais tempo. Segundo dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, Alagoas deve receber em torno de 500 mil visitantes nesta temporada. Para o Ministério do Turismo, 23% dos brasileiros que viajarão neste verão, tem o Nordeste como destino principal e isso significa 16,8 milhões de pessoas.

Turismo sempre em alta 2

                Por outro lado o fluxo de passageiros do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares aumentou 1,07% na comparação com o mesmo período de 2015.  Outros destinos nordestinos apresentaram queda, como Ceará (-20%) e Sergipe (-14%). O Ministério do Turismo calcula 73,4 milhões de viagens deverão ser realizadas entre Dezembro de 2016 e Fevereiro de 2017. No mesmo período em 2015 foram realizadas 72,8 milhões de viagens. A expectativa é que essas viagens movimentem cerca de R$ 100 bilhões.

Exemplo a ser seguido

             A partir de 2025 os veículos a diesel serão banidos de Paris, Madri, Atenas e Cidade do México, segundo acordo firmado entre os prefeitos das quatro metrópoles, cujo compromisso é tirar de circulação automóveis, utilitários, caminhões e ônibus que utilizem aquele tipo de combustível. A iniciativa visa reduzir os índices de poluição do ar, substituindo a frota de poluidores por veículos movidos a eletricidade, hidrogênio ou híbridos. No Brasil, a situação é inversa, já que o Senado estuda a possibilidade de liberar a venda de carros de passeio movidos a diesel. Algo proibido há 40 anos.

 

 

  • Finalmente este ano esta chegando ao fim, e espero poder suportar as poucas horas que faltam.
  • Pense em um ano ruim de cabo a rabo. A gente estava acostumado a fazer um balanço positivo do que tinha passado e realizado neste espaço de tempo que estava ficando para trás.
  • Pensávamos com satisfação nas conquistas obtidas, em todos os campos de ação, quer no profissional, no social, no particular.
  • Em 2016, conseguimos muito pouco. Aliás, praticamente nada, com exceção das atividades profissionais. No demais, 2016 foi uma lástima.
  • Na política só retroagimos. Aguentando um governo ilegítimo, que aos poucos vai jogando no lixo tudo o que se conseguiu avançar nos últimos tempos neste país.
  • No futebol, ainda tive de ver o time do coração gaúcho ser rebaixado, quase que vergonhosamente.
  • A saúde nunca precisou de tantos cuidados médicos, tantos medicamentos, tanta dependência.
  • Salvou, como já falei, a atividade profissional e o apoio da família, que é o grande lastro que a vida nos ensina a admirar. Pelo menos isso.
  • Vade retro 2016!
  • E, com o coração repleto de otimismo, ficamos no aguardo de um 2017 menos cruel.