Roberto Baia

25 de dezembro de 2016

Arapiraca

Com informações do jornalista Roberto Gonçalves: O prefeito eleito de Arapiraca Rogério Teófilo (PSDB) deve indicar o nome de consenso para disputar a presidência da Mesa Diretora da Câmara Municipal. Vários nomes entre os nove reeleitos e dos oito novatos estão na disputa. Um dos nomes fortes é da vereadora Aurélia Fernandes (PSB) do grupo de Teófilo, no entanto existe forte possibilidade da vereadora que já ocupou a pasta da Saúde por cindo anos vir a ocupar uma secretária na gestão de Rogério Teófilo. A pasta seriada Saúde ou Ação Social.

 

Vaga na Câmara

Ocorrendo essa possibilidade abre vaga para a irmã do deputado estadual Severino Pessoa (PSL) a odontóloga Sinielza Pessoa para assumir uma vaga na Casa Herbene Melo.

 

 

Surpreendente

Outro nome especulado na imprensa local, é do vereador novato Paulo Fêniz (PRB). Mas a eleição para a Mesa Diretora do Legislativo de Arapiraca é sempre surpreendente e o nome somente é conhecido nos últimos momentos antes da votação em 1º de janeiro de 2017.

 

Outra possibilidade

Outro nome que está na disputa é do vereador Moisés Machado (PDT) que já presidiu a Casa e atualmente é o primeiro secretário da Mesa Diretora. Moisés Machado é quem dita as normas na casa e teria entrado em rota de colisão com o vereador Márcio Marques (PSL) que preside a Casa e ficou na primeira suplência.

 

 

Atalaia 1

 

O Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL) ajuizou uma ação civil pública de obrigação de fazer, com pedido liminar, contra o município de Atalaia, representado pelo prefeito José Lopes de Albuquerque. O gestor está sendo acusado de atrasar o pagamento dos servidores em três meses e, para garantir que os funcionários não terminem o ano de 2016 com 90 dias sem qualquer remuneração, o promotor de Justiça Sóstenes de Araújo Gaia pediu o bloqueio das contas da Prefeitura.

 

Atalaia 2

 

De acordo com o Ministério Público, em novembro último, o Governo Federal fez um repasse no valor de R$ 1.748.193,31 (um milhão setecentos e quarenta e oito mil cento e noventa e três reais e trinta e um centavos) a título de reposição das verbas que deixaram de ser repassadas ao município de Atalaia, buscando, assim, minimizar a situação do Poder Executivo, que alegava redução em suas receitas e dificuldade financeira.

 

Atalaia 3

 

Porém, mesmo tendo recebido tal montante, a prefeitura continuou sem honrar com o pagamento do seu funcionalismo público. Inclusive, uma recomendação foi expedida pelo MPE/AL a fim de que o prefeito efetuasse o depósito dos salários nas contas dos servidores, porém, ela foi desrespeitada pelo gestor.

 

 ????Surgiu com um desejo no coração da Luciene Pingola diante da necessidade de trazer as crianças para o seio da igreja. Então, a mesma convidou Aline Pinheiro e a mim, Katiana Borges, para juntos desenvolvermos esse projeto de Deus, tendo como objetivo, alcançar as famílias através das crianças, consequentemente a nossa esperança é que a família começará a participar ativamente na igreja. A semente foi plantada com esses pequeninos servos do Senhor.