Blog do Dresch

15 de dezembro de 2016

Marina, agora, diz que governo do PMDB é ilegítimo

             A ex-ministra do meio ambiente, ex-senadora e principal líder da Rede Sustentabilidade, Marina Silva, defendeu a antecipação das eleições presidenciais e disse que o governo de Michel Temer “é ilegítimo”. Segundo Marina “O presidente e a maior parte da sua equipe e sua base de sustentação não têm credibilidade e legitimidade para pedir sacrifícios à população. É fundamental devolver a possibilidade de escolher quem seria aquele que poderá fazer esta transição. Depois que isso for devolvido à sociedade, se vai discutir quais os nomes os partidos irão lançar, mas esse é o momento de se buscar uma saída” disse ela.

Marina defende eleições 2

             A ex-ministra afirmou ainda que o PMDB, ao comandar o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, não tinha condições de prometer soluções para a crise, uma vez que ele próprio “é parte siamesa dos escândalos de corrupção”. Durante aquele processo, Marina defendeu o afastamento de Dilma e consequentemente apoiou Temer para assumir o Planalto. Ela afirmou considerar ainda que o Congresso Nacional não tem credibilidade para promover uma eleição indireta para a Presidência da República. Nas últimas pesquisas Marina aparece sempre em segundo lugar, atrás do ex-presidente Lula em todos os cenários.

Supersalários em discussão

             O Senado aprovou três propostas do pacote formulado pela Comissão do Extrateto, todos tendo como relatora a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO). O projeto principal regulamenta o limite remuneratório de agentes públicos, aposentados e pensionistas. Outra matéria estabelece a divulgação dos salários dos servidores e do crime de improbidade para pagamento acima do teto. Pela proposta, somente serão permitidos benefícios extras os que possuem caráter indenizatório e não se incorporam á remuneração nem geram acréscimo patrimonial como diárias, passagens, férias, auxílio-alimentação e outros. Demais gratificações e benefícios devem obedecer ao limite salarial previsto na Constituição (R$ 33,7 mil), tais como jetons, auxílio-moradia, auxílio-educação, assistência médica e odontológica, verbas de representação, gratificações e ajuda de custo. Durante a votação, o presidente do Senado, Renan Calheiros se irritou com a abordagem do presidente da Associação dos Juízes Federais, Roberto Veloso, que pressionava os senadores. Depois pediu desculpas e até ironizou: “Eu nunca me dei bem com esse nome”, fazendo referência ao filho que teve fora do casamento com a jornalista Monica Veloso, e que o levou a ser réu no STF.

 

Um resort em Ipioca

             As obras de construção de um moderno hotel na Praia de Ipioca já foram iniciadas e o empreendimento deve estar concluído em 18 meses. O lançamento oficial do Prodigy Beach Resort Maceió acontece na tarde de hoje com a presença do governador Renan Filho, do Ministro do Turismo Marx Beltrão, e do secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Hélder Lima. O ato acontece no Palácio República dos Palmares, ás 16h30. O investimento é de R$ 104 milhões, com financiamento do Banco do Nordeste. O terreno tem 30 mil m2, e ali serão construídas 225 unidades habitacionais proporcionando 562 leitos na primeira fase.

Um resort em Ipioca 2

             A expectativa é que o resort gere 300 empregos diretos e indiretos para a região, e o número deve aumentar com a construção da segunda fase, um condomínio residencial anexo ao hotel. O grupo que administra o resort, GJP Hotels e Resorts, possui ao todo 13 estabelecimentos no Brasil, inclusive o Linx Sete Coqueiros, na Pajuçara. O empreendimento fortalece ainda mais o turismo em Alagoas, que hoje possui mais de 400 empreendimentos hoteleiros, cinco instalados somente neste ano de 2016 e outros nove em construção.

Carnificina na Síria

             Os jihadistas do grupo extremista Estado Islâmico (EI) reconquistaram no final de semana, a cidade de Palmira, na Síria, nove meses após as forças do governo de Bashar al-Assad, apoiadas pela Rússia retomarem o controle da zona histórica. Quarenta e oito horas depois do anúncio, um porta voz russo anunciou que as forças do governo, com o apoio soviético conseguiram retomar o controle da maior parte de outra cidade, Aleppo. Mas a situação ainda é de carnificina na região, segundo a ONU, Ela denunciou que várias execuções sumárias estão ocorrendo, principalmente por parte das tropas do governo, que está matando famílias inteiras, atacando hospitais e incendiando casas com pessoas dentro.

Carnificina na Síria 2

                Palmira, cidade localizada no centro da Síria, ficou sob o domínio do Estado Islâmico de Maio de 2015 a Março de 2016. Os militares sírios expulsaram os jihadistas após 20 dias de combate, com o auxílio da aviação russa. Localizada a 250 km de Damasco, Palmira abriga as ruínas de uma cidade que foi um dos mais importantes centros culturais da Antiguidade, entre os séculos I e II d.C. e conserva um dos maiores sítios arqueológicos do Oriente Médio. No tempo em que ficou sob posse do EI vários de seus monumentos e templos históricos destruídos. A retomada da cidade, significa uma nova fase na guerra civil na Síria.

 

  • Lançado ontem o portal digital do Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas (IHGAL), que vai possibilitar o acesso público ao diversificado e histórico acervo.
  • Antes o acervo ficava disponível para pesquisadores, jornalistas e estudiosos, mas que precisavam estar presentes na sede para conhecer, admirar e pesquisar.
  • A partir de agora será possível disponibilizar o acesso digital para universidades, escolas, estudiosos e qualquer pessoa que tiver interesse em consultar as nossas informações, explicou o vice-presidente Fábio Marroquim.
  • O portal é bastante amplo e contará com uma coleção enorme de documentos, livros, mapas, jornais e atingirá os mais diversos agentes culturais de Alagoas e de todo o Brasil.
  •  O IHGAL foi fundado em 1846 (é o terceiro do país) e vai completar 148 anos de funcionamento ininterrupto em 2017. O lançamento do Portal é a contribuição da instituição para as comemorações pelo bicentenário de emancipação política de Alagoas.