Blog do Dresch

14 de dezembro de 2016

Novo portal garante acesso ao orçamento

             A partir de agora qualquer cidadão pode acompanhar todas as informações orçamentárias do |poder Executivo de Alagoas. O Portal do Orçamento é o mais novo instrumento governamental que permite o acesso aos dados orçamentários, comemora o secretário do Planejamento e Gestão, Christian Teixeira. O lançamento aconteceu durante o III Encontro da Rede de Controladorias, ocorrido em Maceió esta semana. O Portal foi desenvolvido por equipes da própria pasta, com o objetivo de disponibilizar ao cidadão alagoano, o acompanhamento de todas as informações relativas ao orçamento estadual.

Transparência no orçamento 2

             Através de um layout interativo e simplificado, os usuários poderão saber mais informações e dados a respeito do comportamento da execução orçamentária, consultar a legislação orçamentária, como a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e a LOA (Lei Orçamentária Anual) além de emendas parlamentares, portarias e outros dados. A população contará ainda com o auxílio de versões digitais de uma cartilha ilustrada, que apresenta, de forma lúdica, questões sobre o orçamento público, além de um blog interativo para aproximar o cidadão das questões que envolvem os cofres públicos.

 

Acaba a franquia de bagagens

             A partir de 14 de Março de 2017, as companhias aéreas que operam no Brasil, não serão obrigadas a oferecer uma franquia de bagagem aos passageiros. A partir daí, na hora de comprar a passagem, os viajantes terão de optar em despachar alguma mala, pagando pelo transporte, ou somente levarão a bolsa de mão. Atualmente a franquia de bagagens é para um volume de até 23 quilos nos voos domésticos e de dois volumes de 32 quilos nos internacionais. Para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a liberação das franquias vai trazer benefícios aos passageiros. Para ela, os estudos e o comportamento do mercado no resto do mundo demonstram que o fim da franquia é um benefício para o passageiro, uma vez que isso se reflete em melhores e mais diferenciados serviços, garante Ricardo Catanant, responsável pelos serviços aéreos da Anac. No ano passado, 41 milhões de pessoas viajaram no Brasil sem levar bagagem, que equivale a 35% do total de viajantes. Atualmente, além do Brasil, apenas Rússia, Venezuela, México e China tem a franquia da bagagem regulada pelo governo.

 

Carinho após demissão

             A jornalista Leda Nagle utilizou as redes sociais para agradecer o carinho do público brasileiro, depois de ser demitida pela TV Brasil, onde apresentava há 21 anos o programa “Sem Censura”. Em seu perfil no Facebook ela assim se manifestou: “Só posso dizer muito obrigada o dia todo, no Face, no Instagram, nos e-mails, no WhatsApp, em todos os canais de comunicação. Muito obrigada… conto com vocês até o dia 5 de Janeiro, conforme contrato que a emissora me apresentou, e depois, quem sabe, em algum espaço…Porque conversar, ouvir histórias, informar, ajudar na formação de uma cidadania saudável é a minha paixão e o meu ofício. Com certeza!” disse ela.

Carinho após demissão 2

             A jornalista tem recebido manifestações de apoio da sua equipe, da classe artística, familiares, admiradores desde que foi demitida sumariamente da EBC. E desabafou a respeito: “Confesso que preferia ficar calada neste momento. Recolhida, lambendo minhas feridas, me reorganizando, repensando a vida com o coração e a razão. Mas ao mesmo tempo, me sinto na obrigação de esclarecer esta situação que me surpreendeu ontem e que ainda não posso dizer se assimilei ou degluti. Há 2 meses procurei a direção da EBC para saber se iriam renovar meu contrato que terminaria dia 5 de Novembro. A resposta foi sim. Fizemos três reuniões sobre o assunto e continuei no ar cumprindo minhas obrigações e de acordo com as normas que considerava vigentes.

Carinho após demissão 3

             Ontem me apresentaram um aditivo ao contrato estendendo o mesmo até 5 de janeiro e recebi a seguinte comunicação: Estamos sem dinheiro para continuar. Você fica até 5 de janeiro. Em Março você propõe alguma coisa e a gente pode até conversar. Fui demitida pelo Laerte Rímoli e fiquei muito triste. Tenho 40 anos de televisão. Estou fazendo o Sem Censura há quase 21 anos. Gosto muito do programa e da minha equipe. E mais do que triste, fiquei perplexa com a falta de caráter em dar a palavra de que estava tudo certo, que o contrato estava sendo elaborado e depois vem esta desculpa esfarrapada de falta de dinheiro. Não houve proposta de redução de salário, de composição. Foi só assim e fiquei muito triste. Foi muito feio” disse a apresentadora.

Concurso federal

             Estão abertas as inscrições para o concurso público do Ministério da Saúde, que pretende preencher 102 vagas em cargos de nível superior para lotação nos Distritos Sanitários Especiais Indígenas, inclusive com vagas em Maceió. São 34 vagas para a função de Administrador, Analista Técnico de Políticas Sociais (34 vagas), e Contador (34). A jornada de trabalho é de 40 horas semanais e os salários variam entre R$ 4.784,27 e R$ 5. 744,88. Também é pago o auxílio alimentação no valor de R$ 458,00. As inscrições vão até o dia 5 de Janeiro de 2017 e podem ser feitas no site www.idecan.org,br.

 

 

  • Pela importância na economia brasileira e pela respeitabilidade junto a clientes em geral, o Banco do Brasil, bem que podia dar um exemplo em termos de acessibilidade em suas agências.
  • Pelo menos na agência da Fernandes Lima, na saída do bairro da Gruta, onde os caixas de atendimento ao público, ficam no primeiro andar, e não existem rampas ou elevadores.
  • Apenas dois vãos de escadas que dificultam o acesso das pessoas que têm problemas de locomoção, permitem o acesso a esses caixas.
  • É um desrespeito com clientes e principalmente com portadores de deficiência física.
  • Quando os mananciais que abastecem Maceió dão sinais de exaustão, como alegou o presidente da Casal, Clécio Falcão, é porque a situação é muito preocupante.
  • E como não existe perspectiva de que a chuva venha, nos próximos três meses, é bem possível que teremos de fazer um rodízio no sistema de abastecimento de água da capital.
  • Pior é a situação do interior, onde dezenas de municípios estão próximos a um colapso no abastecimento.