Flávio Gomes

13 de dezembro de 2016

Baixarias comuns

Do jornalista Carlos Chagas: “A mais alta corte nacional de Justiça vinha de diversas trapalhadas. Uma, de o ministro Dias Tofolli ter pedido vista a um processo na prática já concluído, porque a totalidade dos outros ministros se haviam pronunciado pela impossibilidade de réus, como Renan Calheiros havia sido transformado, na véspera, exercer a função de substituto do presidente da República. O ínclito jurista deveria ter percebido que de nada adiantaria protelar a questão, sabe-se lá porque motivos, mas é fácil imaginá-los, pois o senador alagoano já estava afastado da presidência do Senado desde que tornado réu. Depois, porque o relator Marco Aurélio Mello decidiu monocraticamente pela degola de Renan, em vez de logo ter submetido sua decisão ao pleno daquela corte. Mas teve mais: foi digna de um carroceiro a definição que o ministro Gilmar Mendes dedicou a Marco Aurélio Mello, chamando-o de ‘desequilibrado’. Do outro lado, as mesmas baixarias. Como o senador Renan Calheiros ousou descumprir uma sentença do Supremo Tribunal Federal? De que forma reuniu os membros da mesa do Senado e obteve deles, por escrito, a concordância com a rebelião diante do Supremo? Como Renan permaneceu onde não poderia mais estar, a presidência da casa?”

Sim ou não

Alagoas é um dos poucos Estados que pagam em dia o salário do funcionalismo e o 13º. É, naturalmente, uma boa situação para os servidores. Mas o governo precisa dizer se vai dar ou não o reajuste salarial deste ano, previsto para maio passado. O silêncio é no mínimo falta de consideração para com a categoria.

Broncas

O STJ determinou quebra dos sigilos fiscal e bancário da empresa RJS Comércio e Representações LTDA, por negócios suspeitos com a Prefeitura de Murici, quando Renan Filho era prefeito. O governador foi também citado em delação como beneficiário de doação irregular da Odebrecht para sua campanha.

Recado

Renan Calheiros, presidente do Senado: “Quando defendi mais cinco anos para a compulsória dos ministros do Supremo eu achava que eles precisariam ser sabatinados novamente. O Marco Aurélio se insubordinou, se indisciplinou, e eu retirei essa exigência do projeto. Mas esses últimos dias demonstram que foi um erro.”

Persistência

O senador Benedito de Lira (PP-AL) não desiste da ampliação do VLT em Maceió. Foi até Michel Temer cobrar recursos para o projeto de expansão até o Shopping Maceió. O VLT é utilizado por cerca de 200 mil pessoas/mês e a demanda será ampliada com o trecho Centro-Jaraguá, em fase final de implantação.

Alternativas

Marx Beltrão, ministro do Turismo, está empenhado em destravar a malha aérea nacional. Duas propostas dele, nesse setor: que as empresas estrangeiras possam atuar no mercado interno brasileiro e que as empresas de taxi aéreo sejam autorizadas a vender passagens individuais, além do fretamento tradicional.

Agenda

A Cooperativa Pindorama festeja hoje seus 60 anos de fundação promovendo ações que começam hoje, às 8 horas, com café da manhã no Restaurante Picuí, na Avenida da Paz, em Maceió. Criada pelo suíço-francês René Bertholet, Cooperativa Pindorama é integrada por agricultores familiares.

Faltou coragem 


Do site “O Antagonista”, sobre o episódio STF-Senado: “Autor da liminar que tentava afastar Renan Calheiros, Marco Aurélio Mello, deveria ter pedido sua prisão quando o presidente do Senado se recusou a cumprir a ordem judicial. Ao silenciar, também permitiu ao STF buscar uma saída 'política' para o caso.” 

  


*Depois das mais recentes delações, que incluem políticos de diversos partidos, o presidente Michel Temer e eventuais candidatos à sua sucessão, está chegando perto da unanimidade a proposta de antecipação das eleições previstas para 2018.


*Com o período de férias escolares aumentou o movimento de pessoas na orla marítima de Maceió, da Pajuçara a Cruz das Almas. É maior também a circulação, nas calçadas, de skates, bicicletas e patins, causando atritos entre seus usuários e os pedestres. 


*Em 2017 Alagoas estará incluído no calendário do Circuito Ironman, marcado para 6 de agosto, na Praia de Pajuçara, com 1,9km de natação, 90km de ciclismo e 21.1km de corrida. O lançamento é hoje, 9 horas, no Hotel Best Western Premium.


*As inscrições para o Projeto Golfinho, colônia de férias do Corpo de Bombeiros em parceria com a Braskem, começam hoje, no Maceió Shopping, entre 13 e 16 horas. Há 600 vagas. Poderão participar crianças com idade entre 8 e 13 anos.


*O Sesc realiza, até o próximo domingo, 18 de dezembro, na unidade Poço, o Laboratório de Crítica Cinematográfica, com participação do jornalista André Dib. Para participar é preciso ter no mínimo 16 anos de idade. Informações: 2123.2440.

*A Rádio Difusora planeja para janeiro de 2017 o lançamento do programa “Rádio Saudade”, para exibir antigos sucessos nacionais e internacionais, aos sábados, das 21 horas à meia-noite. Produção: Givaldo Kleber. Apresentação: Marcos Guimarães. 


*O CSA convocou sua torcida para uma festa de lançamento dos novos padrões de camisa, os modelos não agradaram e agora a diretoria culpa a Umbro, fabricante do material. É de se indagar: e ninguém do clube havia aprovado os novos modelos?

 

“STF saiu dessa queda de braço entre Marco Aurélio e Renan muito menor do que entrou”

Luiz Carlos Azedo

Jornalista, no Correio Braziliense