Flávio Gomes

8 de dezembro de 2016

Um pardieiro chamado Brasil

Do jornalista Jorge Oliveira: “… Mas o que de verdade está acontecendo com o Brasil? Um vendaval de desordem institucional de proporções inimagináveis, onde ministros do STF não se entendem, empresários decidem delatar seus parceiros políticos e os partidos se unem para defender o indefensável, os seus interesses. Na outra ponta, no Executivo, um presidente que não cansa de tentar justificar o malfeito dos seus auxiliares. Desde que assumiu, Temer já foi obrigado a descartar vários de seus ministros, quase todos envolvidos em escândalos. Isso mostra que o presidente tinha poucos nomes fora do seu convívio para ocupar os cargos de maior envergadura no seu governo. Valeu-se, portanto, dos amigos mais íntimos que, como peças de dominó, caem um a um. Isso só mostra que não vivia cercado de boas companhias… É o Brasil em ebulição, vivendo uma das suas maiores crises políticas, econômica e sobretudo ética. É o Brasil que empobrece, que se envergonha, mas que vai às ruas exigir o fim da corrupção. É o Brasil que se frustra, que vive em crise permanente. É o Brasil que assiste perplexo políticos como Sérgio Cabral colecionarem milhões e milhões de reais em joias raras com dinheiro roubado de obras públicas. É o Brasil que se afunda na maior crise financeira com a falência já decretada de Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Rio de janeiro até então estados produtivos e saudáveis financeiramente…”

 Tá feio…

O aguçamento da crise político-institucional fez o presidente Michel Temer cancelar a vinda, hoje, a Alagoas, para autorizar as obras do trecho 4 do Canal do Sertão. No mês de junho ele já havia cancelado, por outros motivos. É um efeito direto da conturbada situação de Brasília no Estado do senador Renan Calheiros.

Faz sentido

A ex-senadora Marina Silva, do partido Rede Sustentabilidade, comentou, em Maceió, a decisão do Senado de não acatar a determinação do STF de afastar o presidente, Renan Calheiros: “Se você é réu em algum processo, não pode ocupar a linha sucessória. Assim como foi com Dilma, com o Cunha, deve ser com qualquer outro.”

Ponto final

Sobre Renan Calheiros é necessário dizer que, apesar de divergentes entendimentos jurídicos, é um precedente absurdo o fato de se deixar de cumprir uma decisão do Supremo Tribunal Federal, a mais alta corte do país. O Judiciário, com todos os seus defeitos, é a última instância de uma democracia.

Independência

Do site Cada Minuto: “Em um de seus últimos atos no cargo, já que deve ser demitida da secretaria de Estado da Saúde antes do fim do ano, Rozangela Wyszomirska desautorizou que qualquer setor da Secretaria passe qualquer informação para José Edberto de Omena, que foi nomeado como ‘alguém do governador’.”

Calendário

A Algás mantém o ritmo das obras da construção do gasoduto Penedo-Arapiraca dentro do cronograma. A conclusão das etapas um e dois está prevista para o fim de dezembro. O empreendimento vai beneficiar principalmente as indústrias e empresas da região e se concretizará em quatro etapas, num investimento de R$41 milhões.

Incentivo

Nova linha de crédito visando gestão eficiente e sustentável de recursos hídricos foi lançada pelo Banco do Nordeste. O FNE Água é para empresas e produtores rurais, que poderão contratar o crédito com juros de 6,5% a 11% ao ano, com bônus de adimplência de 15%, em quatro eixos: acesso, eficiência, recuperação de mananciais e saneamento.

Opinião

De Fernando Rodrigues: “O PT tem 58 deputados e o grupo majoritário – chamado Construindo um Novo Brasil – é favorável à anistia ao caixa 2. Os 26 que assinaram o documento contra a anistia são membros do Muda PT, união de grupos mais à esquerda dentro do partido. O dissenso pode ser a gota d’água para uma diáspora.”

 

* As atividades do Poder Judiciário de Alagoas estão suspensas hoje, feriado de Nossa Senhora da Conceição, e também amanhã.  Para compensar a folga de amanhã servidores deverão trabalhar uma hora a mais, entre os dias 12 e 19 de dezembro.

*Além dos órgãos do Judiciário, em Maceió não haverá expediente nas repartições públicas em nível federal, estadual e municipal. Os bancos também não funcionarão. As lojas do Centro, supermercados e shoppings centers terão expediente normal.

*O Parque Shopping promove, hoje, o lançamento do Parque Kids, com brinquedoteca, cineminha e um palco para shows musicais e de teatro. A decoração é assinada pelo arquiteto Beto Canavarro. A partir das 15 horas, no piso L2, ao lado da Track&Field.

*O projeto “Quinta no Arena” apresenta hoje o espetáculo “Raízes do Blues”, com a banda “D’Bermudas Blues Band”, às 19h30m, no Teatro de Arena Sérgio Cardoso. O show inclui blues norte-americano e nacional. Ingresso a R$ 20,00.

*Tradicional colônias de féria, o “Brincando no Sesc” oferece, de hoje a domingo, 13, atividades esportivas e de lazer, com jogos aquáticos, passeios temáticos, oficinas e torneios, para crianças entre 6 e 13 anos. Informações: 0800 284 2440.

*O Centro Cultural Arte Pajuçara realiza, até o próximo domingo, 13, a Pequena Mostra do Cinema Asiático, apresentando cinco produções, sendo três filmes japoneses, um chinês e um da Coreia do Sul. Sempre com início às 20 horas. Ingresso a R$ 8,00.

* A promoção “Noel no Volante”, do Maceió Shopping, acontece de amanhã ao dia 6 de janeiro e vai sortear dois veículos Aircross 0 km. A cada R$ 150,00 em compras o cliente recebe um cupom para participar da promoção. Sorteio em 7 de janeiro.

“Descumprir ordem judicial é crime ou golpe de Estado”

Luis Roberto Barroso

Ministro do STF, sobre a decisão da mesa diretora do Senado de não acatar ordem do ministro Marco Aurélio Mello para afastamento do presidente, Renan Calheiros