Blog do Dresch

6 de dezembro de 2016

Um novo Mercado do Peixe no interior

             A cidade de Teotônio Vilela vai ganhar no início de 2017 um novo Mercado Público do Peixe, que vai atender a consumidores do município e de vários outros localizados nas proximidades. O plano de serviço da obra foi assinado na última sexta feira pelo Secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Antônio Pinaud, pelo prefeito de Teotônio Vilela, Pedro Henrique Pereira, em solenidade que contou com a presença do governador Renan Filho. O projeto do mercado prevê a construção de 120 estandes de venda com adequado padrão de higiene, e oferecendo um espaço de qualidade para que comerciantes e produtores de pescado da região possam oferecer seus produtos.

Um novo Mercado do Peixe 2

             O Secretário Antônio Pinaud salientou a importância do empreendimento no processo de inclusão produtiva e na geração de renda. “Com o mercado, muitos dos pequenos produtores de pescado da região terão um local próximo para escoar a produção. Além disso, o consumidor terá um local agradável, climatizado e limpo para adquirir o pescado, sem necessitar se deslocar grandes distâncias” salientou o secretário. O novo mercado público do peixe de Teotônio Vilela atenderá produtores e consumidores de Junqueiro, Anadia, Coruripe, Boca da Mata, São Sebastião, Limoeiro de Anadia.

 

MEC fala em mudar Enem

             O Ministério da Educação trabalha com a possibilidade de lançar uma consulta pública sobre o Ensino Nacional de Ensino Médio (Enem). Segundo o Ministro Mendonça Filho, o objetivo é receber sugestões para melhorar a aplicação do exame, discutindo as propostas e ampliar o debate a partir de Janeiro de 2017. Segundo o Ministro ainda não é possível prever que mudanças efetivamente serão discutidas, mas não descartou a possibilidade das provas serem realizadas em um só dia. Neste fim de semana, mais de 270 mil candidatos foram convocados para o exame, após o adiamento da realização das provas em função dos mais de 400 prédios ocupados em Novembro, quando 5,8 milhões de candidatos realizaram as provas. O alto índice de abstenções é outro tema que pode ser abordado na consulta. Segundo o Ministro “é impossível antecipar alguma decisão em relação a mudanças no exame em 2017. A consulta vai estar aberta em Janeiro para que todos que queriam colaborar e sugerir aprimoramento, possam fazê-lo, para que o Enem do próximo ano, seja melhor que 2016”, afirmou Mendonça Filho.

 

PT fortalecerá bancada

                  O Partido dos Trabalhadores deverá priorizar a eleição de deputados federais em 2018, caso siga a orientação que vem sendo defendida pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O objetivo principal de Lula, é que os principais quadros do partido, ex-ministros, ex-governadores, ex-prefeitos, deixem seus projetos individuais de lado e se candidatem à Câmara com o objetivo de puxar votos para os demais nomes do PT. Entre os nomes citados estão Fernando Haddad, Luiz Marinho, Eduardo Suplicy, Jaques Wagner, Lindbergh Farias, Tarso Genro, Olívio Dutra, Márcio Porchmann, José Guimarães, Ideli Salvatti, Gleisi Hoffmann, Patrus Ananis, Aloizio Mercadante e Humberto Costa entre outros.

PT fortalecerá bancada 2

            O temor de Lula se acentuou após o resultado das eleições municipais deste ano, que foi um duro golpe para a legenda. Algumas pessoas próximas a Lula advertem que o resultado de 2016 pode ser um sinal do que pode acontecer em 2018. Atualmente a bancada petista na Câmara conta com 58 deputados. Caso seja reduzida, o partido perderia tempo na televisão, verba do fundo partidário e poderia ficar de fora das principais discussões no Congresso.  A sugestão de Lula deverá ser discutida pelo PT no 6º Congresso Nacional que acontece em Abril do próximo ano, quando será escolhida a nova direção do partido.

Orientações sobre pé diabético

             Centenas de pessoas procuraram os profissionais do Hospital Geral do Estado, no espaço fechado ao trânsito, na Ponta Verde, para receberem orientações e tratamento para a Prevenção ao Pé Diabético, doença que acomete milhões de brasileiros e considerada uma das principais causas de amputação. Esta foi a segunda edição do projeto desenvolvido por Cirurgiões Vasculares, Assistentes Sociais, enfermeiras, técnicos do Hospital Geral, que atendem ao público e repassam orientações sobre prevenção e tratamento do problema, que surge, muitas vezes do tratamento inadequado de machucados, feridas, calos e cuja cicatrização é lenta e difícil.

Novo contingente no Haiti

             Mais uma turma de militares do Exército seguiu ontem para o Haiti, para compor o Contingente Brasileiro integrada à Missão de Paz no Haiti. A tropa alagoana conta com 26 integrantes, além de uma Capitã Médica e uma Sargento de Saúde. Eles deverão permanecer naquele país por um prazo de seis meses, atuando no processo desenvolvido pela ONU, para auxiliar na retomada do crescimento do Haiti, após a devastação por um terremoto, bem como a organização da população. Essa pode uma das últimas missões estrangeiras no Haiti, já que a ONU anunciou a conclusão dos trabalhos nos próximos meses.

 

 

  • A atriz Maria Schneider não consentiu e foi pega de surpresa na famosa cena de estupro do filme “O último tango em Paris” interpretada pelo astro Marlon Brando.
  • A declaração a respeito foi dada pelo cineasta italiano Bernardo Bertolucci, que dirigiu o filme (e a cena) e que fez a revelação em 2013 a um programa holandês e que agora foi recuperada pela revista “Elle”.
  • Bertolucci disse que ele e Brando tiveram a ideia da cena no dia da gravação, mas preferiram não avisar a atriz, na época com 19 anos. Brando usou um tablete de manteiga para consumar o sexo anal.
  • O cineasta disse na entrevista que se sentiu “horrível” por não ter explicado a situação e a ideia para a atriz, já que ele queria filmar a cena e a “reação dela como mulher, não como atriz”.
  • Afirmou ainda que não tinha qualquer arrependimento sobre a cena, já que ela tornou-se um dos marcos do cinema.
  • “Mas acredito que Maria Schneider tenha nos odiado por causa do que fizemos” afirmou Bernardo Bertolucci na entrevista. Ela nunca comentou sobre a cena.