Roberto Baia

4 de dezembro de 2016

Jogos Indígenas

Os povos indígenas Xucurus-Kariri irão realizar neste mês a primeira edição dos Jogos Indígenas de Alagoas, o evento ocorrerá na Aldeia Mãe Serra do Capela, localizada em cidade de Palmeira dos Índios e reunirá trezentos índios de diversas cidades alagoanas e convidados de outros estados brasileiros.  Segundo a organizadora dos jogos, Graciliana Celestino Wakanã, haverá jogos e um fórum indígena para discutir os direitos indígenas a nível municipal, estadual, nacional e internacional.

 

União de tribos

Os I Jogos Indígenas Xucurú- Karirí se constitui em um evento desportivo e cultural pensado e organizado pelas próprias lideranças indígenas, mas que tem o apoio do Governo do Estado de Alagoas, da Prefeitura Municipal de Palmeira dos Índios, da FUNAI e da SESAI, com o intuito de congregar atletas indígenas de diferentes povos do Nordeste Brasileiro. Os jogos ocorrem de 14 a 17 de dezembro e conta com 15 modalidades esportivas típicas dos índios. 

 

Aberto ao público

De acordo com Graciliana a ideia desta primeira edição dos jogos é começar a discutir com o Governo do Estado propostas para que os jogos indígenas sejam realizados em nível estadual e uma política pública. Além disso poderá ser uma preparação para os jogos da área a nível nacional. Os jogos indígenas não terão competitividade, uma forma das tribos mostrarem a celebração entre as diferentes culturas dos povos alagoanos. Toda programação é aberta ao público.

 

 

Resgate de animais

Durante a Fiscalização Preventiva Integrada do Rio São Francisco da Tríplice Divisa (FPI do São Francisco), no Sertão de Alagoas, cerca de 2.040 animais, sendo a maioria pássaros e algumas espécies ameaçadas de extinção e outras não nativas da fauna alagoana, foram resgatados. Os fiscais realizaram a reintrodução de 1.292 à natureza.

 

Centro de Triagem

Um centro de triagem foi montado para que os animais fossem tratados e analisados antes de sua reintrodução na natureza. Por lá passaram 2.040 animais, sendo a maioria pássaros, inclusive espécies ameaçadas de extinção e outras não nativas da fauna alagoana.

 

Chã Preta

Mesmo finalizando a gestão municipal na cidade de Chã Preta, o prefeito Audálio Holanda, juntamente com o vice-prefeito Maurício Holanda e o secretário de saúde da cidade, Júnior Lima, estão lutando para deixar a Prefeitura e a cidade bem estruturada. Na manhã da última sexta-feira (02) eles realizaram a aquisição de mais equipamentos para as quatro Unidades Básicas de Saúde, e completaram o mobiliário das Unidades de Básicas de Saúde da Família (UBS), com gabinetes odontológicos e televisores.

 

Compromisso

“E em breve estaremos divulgados todos os equipamentos comprados com o recurso da emenda parlamentar no valor de R$: 407.995,00 que teve como facilitador o atual Governador do Estado Renan Filho, que há época ocupava o cargo de época deputado Federal. Ele viabilizou a emenda que estrutura a rede de Atenção Básica do município de Chã Preta”, explica o secretário de Saúde, Júnior Lima.

 

 

… Como havia prometido, antes do período eleitoral, o prefeito de Chã Preta também, esta semana, empossou alguns novos servidores que pleitearam o último concurso público para município.

 

… A prefeitura realizou o Concurso público em novembro de 2015 e este ano começou a chamar os aprovados para os cargos nas mais diversas áreas, como saúde, educação e infraestrutura.

… A nova posse, segundo a gestão, faz parte do compromisso do gestor que havia afirmado que iria até o fim deste ano empossar os servidores aprovados em concurso e assim cumprir o que determina a lei Orgânica do município.