Flávio Gomes

4 de dezembro de 2016

Herança nefasta

Paulo Kramer, analista político e professor aposentado da UNB: “O besteirol pseudo revolucionário protagonizado por Fidel, a bordo de uma retórica verborrágica e fastidiosa, cegou gerações a fio de políticos, intelectuais, jornalistas, professores, estudantes – muitos deles jovens, outros muitos nem tão jovens assim… – para a singela verdade de que países capitalistas, com seus regimes representativos, plurais, enfim, liberal-democráticos, alcançaram êxitos socioeconômicos infinitamente maiores a um custo humano infinitamente menor do que aquela aprazível e infeliz ilha caribenha. Por último, mas não em último, todas essas falácias cevadas na sedução da barbárie barbuda de Fidel Castro (e do seu apóstolo Ernesto Che Guevara) convenceram milhões de idiotas ao redor do planeta de que, em nuestra América, se não em todo o Terceiro Mundo, a violência, o terror, o esmagamento de qualquer laivo de independência intelectual, o ódio militante ao sucesso pessoal e ao trabalho lucrativo são a única via possível para a ‘justiça social’. Ou será que a mídia imperialista é tão diabolicamente eficaz no mascaramento ideológico dos fatos que aquelas imensas filas de súditos cubanos dispostos a arriscar a vida na travessia marítima rumo à liberdade na Flórida eram, de fato, formadas por norte-americanos ansiosos por escapar das garras de Tio Sam e mergulhar nas delícias da disneylândia proletária administrada pelo clã Castro?”

Fundamento

Do senador Renan Calheiros: “Para quem ainda não se convenceu da premência das medidas a serem tomadas e que estão contempladas na PEC 55, basta lembrar que, entre 1997 e 2015, o orçamento do governo cresceu 864%, tendo como consequência um déficit primário de R$ 170 bilhões, o maior já registrado no Brasil”.

Proposta

Na próxima semana, quando da visita do presidente Michel Temer a Alagoas, o senador Benedito de Lira (PP/AL) irá propor se aproveitar o Canal do Sertão para diversificar a agricultura. Exemplifica: “É preciso superar o padrão primário exportador tradicional para incluir mais conteúdo tecnológico à cultura do abacaxi”.

 

Presença

Ricardo Araújo Santa Rita, Secretário Nacional de Irrigação, passa o fim de semana em Alagoas. Sábado visita a Cooperativa de Agricultura Familiar de Palmeira dos Índios, a fábrica de processamento de frutas de Igaci e o Projeto Bálsamo; domingo estará no Consórcio dos Municípios do Norte. Na 2ª, dá entrevista à TV Mar.

 

Explicação

Recursos federais para as obras paralisadas por decisão dos órgãos de controle podem não ser mais repassados às prefeituras. O assunto será tratado na 2ª feira, 10 horas, na AMA. “Quando uma obra é paralisada, nem sempre a culpa não é da gestão municipal e sim da falta de verba federal”, diz o presidente Marcelo Beltrão. 

 

Agenda

A Associação dos Procuradores do Estado e a Procuradoria Geral do Estado promovem, nas próximas segunda e terça feiras, mais um curso para os procuradores alagoanos, no auditório da PGE. O tema abordado, ministrado pela Zênite Consultoria Jurídica, será “Regime Diferenciado de Contratações Públicas”. 

 

Diversidade

A atenção da mídia e dos brasileiros, de forma geral, estará dividida, neste final de semana, entre o sepultamento das vítimas do voo que levava a Chapecoense a Medelin, as despedidas a Fidel Castro e as manifestações anunciadas para todo o país em favor do combate à corrupção. Além, claro, das compras de Natal.

Opinião

Do juiz federal Sérgio Moro, no seu livro “Operação Mãos Limpas”: “Um Judiciário independente, tanto de pressões externas como internas, é condição necessária para suportar ações judiciais da espécie. Entretanto, a opinião pública, como ilustra o exemplo italiano, é também essencial para o êxito da ação judicial.” 

 

*“Centenário do Samba” é o título do programa “Aplauso” deste final de semana, reverenciando um dos mais tradicionais ritmos da música brasileira. Sábado, 15 às 17 horas, Difusora AM; domingo, 10 horas, Educativa FM. Produção Givaldo Kleber. 

*O Centro Cultural Arte Pajuçara recebe neste sábado o grupo Thembá, para o show “Sons da África”, que aborda a cultura africana e sua influência na música brasileira, com danças e percusssão. Às 18 horas. Ingresso a R$ 30,00. Contato: 99960.3864.

*A peça “Sou Mãe, Vai Encarar?”, com classificação livre, será encenada, neste sábado, no Planetário Digital, localizado no Lago da Perucaba, em Arapiraca. A apresentação teatral começa às 20h30m, com entradas a R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia).

 

*A última atração do projeto Sesc das Artes de 2016, no palco do Teatro Jofre Soares, na Unidade Sesc Centro, é a cantora, compositora e atriz baiana Elisa Lemos. O espetáculo “Fio Condutor” se inicia às 17 horas deste sábado e tem entrada gratuita.

*O Sesc abriu inscrições, gratuitas, para o Laboratório de Crítica Cinematográfica com o jornalista André Dib, de 12 a 18 de dezembro, na Unidade Poço, estimulandoo pensamento crítico em relação ao cinema. Inscrições só até hoje. Contato: 2123.2440.

*A ADEFAL e a Federação de Entidades de Pessoas com Deficiência Física do Estado de Alagoas realizam, na próxima 2ª feira, atividades pelo Dia Internacional de Luta da Pessoa com Deficiência. No auditório da ADEFAl, a partir das 8h30m.

 

*A conturbada saída do atacante Zé Carlos do CRB encerra o ciclo de um dos maiores ídolos recentes do clube. O temperamento e a conduta extra-campo impediram que Zé Carlos fosse ainda mais eficiente e mais idolatrado pela torcida regatiana.

 

 “Se houver um pedido com contorno jurídico consistente eu acompanho”

Hélio Bicudo

Advogado, ex-promotor de justiça e ex-deputado pelo PT, que subscreveu pedido de impeachment de Dilma, sobre o pedido de impeachment de Temer