Blog do Dresch

4 de dezembro de 2016

Alagoas adota o programa Criança Feliz

             Alagoas saiu na frente e foi o primeiro estado a aderir ao Programa Criança Feliz, lançado pelo Governo Federal, O Programa prevê a ampliação da rede de proteção social nos seis primeiros meses de vida. O Comitê Estratégico do Programa é coordenado pela primeira-dama Renata Calheiros e é integrado pelos secretários de estado Antônio Pinaud, Luciano Barbosa e Rosângela Wyszomirska. O foco do programa está nos primeiros mil dias de vida da criança, com o fortalecimento da família, no cuidado, proteção e educação das crianças, além do desenvolvimento, ampliação e fortalecimento das políticas públicas voltadas às gestantes.

Criança Feliz em Alagoas 2

             As ações do Criança Feliz reforçarão as ações que já são executadas pelo Governo de Alagoas através de um programa semelhante, batizado de Primeira Infância, instalado em Junho, começando pelo município de Murici. Um dos pontos fortes do Criança Feliz é estabelecer visitas domiciliares semanais, e oferecer mais informação às famílias beneficiadas, identificando os efeitos das atividades no desenvolvimento da criança. Neste aspecto o programa federal converge exatamente para os princípios básicos do programa estadual.´

 

O crime está compensando

             Uma multa de R$ 6,8 bilhões (qual o valor total desviado mesmo?), a denúncia contra políticos corruptos e um comunicado oficial ao país, publicado em alguns jornais, compõem o acordo de leniência da Odebrecht com a força-tarefa da Operação Lava Jato. A construtora, a maior do país e uma das maiores do mundo, pediu desculpas por ter cometido “práticas impróprias” na sua atividade empresarial. “Foi um grande erro, uma violação aos nossos próprios princípios, uma agressão a valores consagrados de honestidade e ética” diz o comunicado da empreiteira acusada pelo Ministério Público de participar de um cartel que fraudava contratos da Petrobrás. Pelas regras do acordo, as empresas ficam obrigadas a colaborar com o Poder Público nas investigações, apresentando provas inéditas e suficientes para a condenação de outros envolvidos em práticas ilícitas. Em contrapartida, as companhias podem continuar assinando contratos com o Poder Público, têm a extinção da ação punitiva da administração pública, ou redução da penalidade que lhe seria imposta. Para o futuro, diz a nota da Odebrecht “a empresa firma compromisso em combater e não tolerar a corrupção de qualquer forma, inclusive extorsão e suborno. Compromete-se ainda a adotar princípios éticos, íntegros e transparentes no relacionamento com agentes públicos e privados”.

 

Homenagens a Fidel

             O líder cubano Fidel Castro será sepultado neste Domingo (4) na cidade de Santiago de Cuba, com a presença de líderes mundiais de diversos países. Os brasileiros Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff participarão das cerimônias. As cinzas de Fidel saíram de Havana em direção a Santiago, trajeto inverso ao percorrido em 1959, quando o líder revolucionário derrubou o ditador Fulgêncio Batista e assumiu o governo de Cuba. São quase mil quilômetros de distância. Milhares de cubanos foram ás ruas das 13 províncias do país por onde as cinzas passaram, saudando aquele que os governou por quase meio século.

 

Homenagens a Fidel 2

             Uma das mais belas homenagens a Fidel aconteceu na cidade de Santa Clara, mais precisamente no mausoléu onde estão os restos mortais de Ernesto Che Guevara, que comandou as forças revolucionárias ao lado de Fidel Castro. Nesta cidade aconteceu uma das mais duras batalhas, em 1958. Che foi sepultado no local em 1997, após ter sido morto trinta anos antes na Bolívia. Os restos mortais de Che foram sepultados em Santa Clara pelo próprio Fidel. Após a cerimônia ocorrida em Santa Clara, na última quinta-feira (1) o cortejo seguiu viagem e deve chegar a Santiago neste Sábado, onde será sepultado no Domingo.

Correios acabam com e-Sedex

             Na luta contra a maior crise financeira da sua história, os Correios decidiram acabar com o e-Sedex, um dos seus principais produtos exclusivo para o comércio eletrônico. Seu preço é quase igual ao de uma encomenda convencional, mas tem exatamente os mesmos prazos de entrega do Sedex normal. A diferença é que a área de cobertura é restrita a algumas cidades e há o limite de peso para objetos postados, em no máximo 15 quilos. Mas houve reação entre os franqueados, que estimam queda de receita e já prometem recorrer à justiça para o produto continuar a ser comercializado.

Correios acabam com e-Sedex 2

             Mesmo com a revolta dos franqueados dos Correios, que alegam que o e-Sedex responde por 30% do faturamento das lojas, o presidente dos Correios, Guilherme Campos Júnior, confirmou a decisão e garantiu ser uma das ações para sanear a empresa. “Os contratos com as lojas virtuais serão descontinuados, e postagens e encomendas pelo serviço não serão mais aceitas depois da virada do ano” disse o presidente. Os Correios informaram ainda que as necessidades do e-commerce são atendidas por todos os serviços de encomendas e não apenas por esse serviço específico.

 

 

  • A Câmara dos Deputados aprovou esta semana a lei do Estatuto da Segurança Privada, que regulamenta a atuação das empresas de segurança privada e transporte de valores, e disciplina a segurança em bancos.
  • O projeto estabelece as normas e disciplina a criação, funcionamento, trabalho, e regras gerais a serem adotadas e obedecidas pelas empresas do setor e que atuam no Brasil.
  • O texto prevê ainda a criação, pelo Ministério da Justiça de um conselho nacional de segurança privada, para elaborar políticas para o setor.
  • Um dos pontos criminaliza a organização, prestação ou oferecimento de serviços de segurança privada com a utilização de arma de fogo, sem possuir autorização de funcionamento.
  • Caberá a Polícia Federal a responsabilidade de autorizar o funcionamento e cuidar do controle e fiscalização das empresas, além de aplicar penalidades por infrações aos dispositivos do Estatuto de Segurança Privada.