Flávio Gomes

2 de dezembro de 2016

Indignidade, infâmia

Do jornalista Pedro Rogério: “… O fim da picada chama-se Marcelo Calero. E é diplomata, pasmem! Um diplomata age à sorrelfa e à socapa? – indagaria na linguagem fin-de-siecle o romancista criador de Capitu, como pensou o marido dela, Bentinho, de seu amigo Escobar. Ou perguntaria o grande Barão do Rio Branco. Não, na verdade o Barão não faria essa pergunta, pois naquela boa época o Itamaraty não conhecia comportamentos indignos. Extravagâncias intelectuais, sim. Mas não é o caso do ex-ministro da Cultura, em cujo currículo funcional não se encontra atividades de pensamento, mesmo extravagantes como foi a forma de ele encaminhar o ato de demissão.  Indignidades, naquela ilustre Casa, o Brasil só veio a conhecer durante os Governos Militares, quando pouquíssimos diplomatas vestiram a roupagem da abominação e denunciaram colegas aos órgãos de segurança por terem um pensamento diferente daquele que governava o Brasil. O jovem Calero veio ao mundo depois desse tempo vergonhoso para a história da diplomacia brasileira, e ao que nos indica o Google, não correrá em suas veias o sangue glorioso da sua distante e remota parentela ibérica e itálica; no fim da picada, ele assimilou mesmo, por osmose na identificação, o espírito que presidia a alma feminina de Joaquim Silvério dos Reis.”

Patrulha

Os deputados federais alagoanos que votaram a favor da restrição do trabalho do Ministério Público e do Poder Judiciário estão sofrendo patrulhamento. Através das redes sociais, circulam fotos deles, que são rotulados de traidores. O mesmo acontece com as bancadas de outros Estados. “Viralizou”, como se diz.

Sugestão

Alguém de bom senso precisa propor ao governador Renan Filho que, se o Estado tem dinheiro reservado para pagar o 13º salário, até como gesto humanitário ele poderia logo confirmar a data e antecipá-lo, como prometeu. Seria uma forma também de diminuir o desgaste por não ter dado reajuste salarial este ano.

Embromação

De forma demagógica, gestores de Estados em evidente crise financeira estão propondo a redução dos salários do governador, do vice e dos secretários, além do corte de cargos em comissão. Mero jogo de cena. O que eles ganham está na faixa do mercado e despesa mesmo é com terceirizados, em todos os Poderes.

Homenagem

Em 2014 o deputado federal Paulão (PT) teve apoio, em Arapiraca, de parte do grupo da prefeita Célia Rocha. E retribuiu, através de ações e recursos em favor do município. Agora, tem reconhecimento da Câmara Municipal, que lhe concedeu o título de Cidadão Honorário, iniciativa do vereador Adalberto Saturnino.

Cruel

Da vereadora Heloísa Helena, sobre a votação do projeto de medidas anti corrupção: “Vale muito ver voto a voto dado… máscaras seguem caindo à direita e à ‘esquerda’… Como dizemos no interior, é muita cara de pau das excelências delinquentes… não tem óleo de peroba suficiente pra lustrar tanta cara de pau!”

Contundente

“No mínimo vergonhosa”, disse Gustavo Pessoa, que concorreu a prefeito de Maceió pelo PSOL, sobre a intenção de parte da bancada do PT em favor de anistia para o caixa dois. “Parabéns à pequena, porém coerente, bancada do PSOL, que ao lado da Rede são as duas únicas que permanecem firmes contra essa safadeza”, diz.

Opinião

De Kennedy Alencar: “A forma como a Câmara tipificou crime de abuso de autoridade em relação a procuradores e juízes é, sim, uma retaliação dos deputados à Lava Jato. No entanto, os procuradores erraram na forma como fizeram suas críticas, porque, na prática, emparedaram o Congresso e a Presidência da República.”

 

*A Sedetur, comandada pelo secretário Helder Lima, realizará várias ações na 5ª edição do Governo Presente, hoje e amanhã, contemplando municípios de São Miguel dos Campos, Boca da Mata, Anadia, Campo Alegre, Teotônio Vilela e Junqueiro.

 

*Estão abertas, até hoje, inscrições para seleção de estagiários de Direito para atuação na Procuradoria-Geral do Estado. São 11 vagas, sendo nove em Maceió e duas em Arapiraca, para matriculados a partir do quarto período. Contato: 3315.1000.

*O Ballet Eliana Cavalcanti tem apresentações programadas para este final de semana, no Teatro Gustavo Leite, do Centro de Convenções. Amanhã, às 16h30m e às 20h30m; domingo, apresentação única, a partir das 16h30m. Contato: 99910.4500.

*A exposição “Jardim em Suspenso”, de Karla Melanias, na Pinacoteca Universitária, está aberta a visitação de hoje ao dia 3 de março do próximo ano. Pesquisadora e artista, Melanias trabalha com projetos específicos em fotografia, escanografia e vídeo.

*O centenário do samba, um dos mis cléticos ritmos musicais brasileiros, será festejado hoje no “Grande Encontro do Samba”, com vários grupos, a partir das 17 horas, no Altomang (Ladeira do Lar São Domingos, alto Mangabeiras. Contato: 99979.5959.

*Até 27 de janeiro está aberta ao público, no Complexo Cultural Teatro Deodoro, a exposição “Um olhar no Cubismo Analítico”, do artista visual Orlando Santos. São ao todo 35 obras que retratam temas da cultura alagoana, abrangendo o rural e urbano.

*A colombiana Medellin, incluindo o clube Nacional, está a externar uma das maiores manifestações da história da Humanidade, por conta da tragédia da Chapecoense. Que bom que atitudes assim fossem comuns, não apenas esporádicas.

 

“Faz tempo que estamos brincando com fogo”

Cristovam Buarque

Senador do PPS-DF, sobre decisões do Congresso contrárias aos anseios da sociedade