A Palavra em palavras

15 de novembro de 2016

10 LIÇÕES DAS BODAS DE CANÁ

10 Lições das Bodas de Caná

Por Alisson Francisco

Algumas lições das Bodas de Caná nos trazem revelações para o viver que muitas vezes acabamos por nos esquecer.

Bodas de Caná1.       Ali vemos o preceito mariano de que façamos tudo o que Ele (Jesus) nos disser. Isso inclui o que Seu Corpo (a Santa Igreja) nos preceitua.

2.       A obediência dos servos da festa ao convidado Jesus. Eles obedeceram ao mandamento de Maria e fizeram tudo o que o Senhor lhes ordenara.

3.       A atenção de Maria para com os nubentes, para que a alegria deles fosse completa, e sua intercessão perante o Filho para que agisse em favor dos que se amam.

4.       O sabor da alegria, que é maior quando vem de Deus. Aqui, no mundo, teremos grandes alegrias, mas elas se acabaram. Que não nos falte a eterna satisfação do Céu.

5.       Jesus veio ao mundo pelo sim de Maria, no 25 de março, e se revela pelo pedido de Nossa Senhora.

Autorrevelação de Jesus, nas Bodas de Caná6.       No casamento de Jesus, Ele declara amor por Sua Esposa (a Igreja), doando-se na Cruz. Nas Bodas de Caná, Ele prefigura a Sua Ceia, demonstrando zelo pelos que se amam.

7.       Nas Bodas, Jesus transforma água em vinho e os funcionários da festa dão aos convidados. Felizes os convidados para a Ceia do Senhor, pois, na Comunhão, o próprio Cristo transforma vinho em Seu Sangue e Se nos dá como Alimento.

8.       Maria não realiza o milagre das Bodas de Caná, porém, intercedendo ao Filho, revela-nos como é importante atentar-se às carências do outro, buscar a Deus e pedir-Lhe o que nos falta.

9.       O amor não apenas assiste algo, mas assiste a algo. Ou seja, a caridade não se contenta em apenas ver, leva a agir. O amor de Deus em Maria não ficou apenas na constatação das necessidades dos nubentes, mas impulsionou o agir misericordioso que renova as alegrias.

Bodas de Caná10.   As Bodas de Caná já antecipam uma frase de Jesus acerca do que se ingere: não é o que entra na boca do homem, mas o que sai dela, pois sai do coração. O que Deus abençoou não pode ser tido como pecado, ao contrário, é alegria para o homem, motivo de paz e confraternização.

Não se trata aqui de uma lista fechada, mas apenas o realce de dez belas coisas que o Senhor nos mostra nas Bodas de Caná. Que essa reflexão nos ajude na caminhada!

Um forte abraço a todos! Paz e Bem!

Dado em Maceió, 15 de novembro de 2016.

Com amor,

Alisson Francisco Rodrigues Barreto[1]


[1] Poeta, filósofo; bacharel em Direito, pós-graduado. Missionário mariano para atração de todos a Jesus Eucaristia.