Roberto Baia

1 de novembro de 2016

Muita especulação

Muita especulação nos bastidores da política arapiraquense sobre o futuro secretariado do prefeito eleito Rogério Teófilo. Por ter apoiado Teófilo e indicado sua esposa, a vereadora Fabiana Pessoa, para compor a chapa de oposição, muitos acreditam que o deputado Severino Pessoa deverá indicar alguns nomes para ocupar Secretarias com maior poder de fogo, como Educação, Saúde e até finanças.

 

Só após a posse

De acordo com um assessor de Teófilo tudo não passa de “boatos” já que só após a posse é que Rogério Teófilo deverá anunciar oficiamente os nomes que irão compor o seu futuro governo.  é certo que o futuro prefeito deverá compor com os partidos que deram sustentação a sua campanha.

 

Muito ruim

A derrota do deputado estadual Ricardo Nezinho nas eleições do dia dois de outubro não pegou nada bem para o vice-governador Luciano Barbosa, do PMDB.  A derrota Também atingiu em cheio o presidente do Senado, Renan Calheiros, e o governador Renan Filho que perderam o comando da cidade mais importante do interior de Alagoas, isso sem falar na capital, onde os tucanos também saíram vitoriosos nas eleições do último domingo, 30.

 

Ganhou força

Luciano Barbosa, que já foi prefeito de Arapiraca, terá, agora, que manter o grupo unido, já que o PSDB de Rogério Teófilo e Teotonio Vilela Filho, ganhou força e bastante “munição” para se manter no poder por muitos e muitos anos.

 

 

Muito pouco

Com informações do jornalista Roberto Gonçalves: A liberação de apenas uma emenda individual de R$ 200 mil, de autoria do deputado federal Givaldo Carimbão (PHS) de um total de 52 bilhões para todo o Estado, é o que pode se qualificar como discriminação com Palmeira dos Índios, importante cidade, porta do Sertão e que foi administrada por um dos maiores escritores e romancistas do pais, Graciliano Ramos. 

Municípios como Maceió e Arapiraca foram os  contemplados com maiores valores das emendas, evidentemente, pela importância eleitoral e expressivo desenvolvimento sócio econômico.

 

 

Palmeira dos Índios

Por falar em Palmeira dos Índios, o prefeito eleito, Júlio Cezar (PSB), se reuniu, na manhã de ontem (31), com os dirigentes do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac para analisar a viabilidade de parcerias que venham a contribuir com o desenvolvimento do município. Em pauta, a qualificação profissional com foco, principalmente, para os jovens e o fortalecimento do comércio de Palmeira. Segundo Júlio, existem cerca de 400 mil consumidores em potencial naquela região. 

 

Parceria sólida

Júlio Cezar, eleito com 64% dos votos, foi categórico ao afirmar que deseja uma parceria sólida com o Sistema Fecomércio a fim de adotar uma política de qualificação. “Sabemos que vamos pegar um grande problema, mas estamos dispostos a administrar os desafios”, ressaltou.

 

Capacitação

A diretora Regional do Senac, Telma Ribeiro, afirmou que o Senac elaborou um projeto para capacitar servidores municipais em saúde humanizada, mas que depende do apoio do município para a concretização do projeto.

Segundo Telma, se a criação do Polo Multissetorial de Palmeira tivesse avançado, a capacitação teria sido feita pelo Senac. Como não avançou a parceria com a prefeitura, o Senac realizou um trabalho com uma fundação. “Por meio de uma parceria com a Fundanor [Fundação de Amparo ao Menor de Palmeira dos Índios) conseguimos implantar pequenos negócios”, afirmou Telma.

 

Campanha

A 2ª Promotoria de Justiça de Rio Largo é o mais novo órgão de execução a encampar a Campanha Transição Legal. Ontem (31), o promotor de Justiça Magno Alexandre Ferreira Moura mediou à assinatura de um termo de compromisso de ajustamento de conduta (TAC) pela atual prefeita do Município, Maria Eliza Alves da Silva, e pelo candidato eleito para o cargo, Gilberto Gonçalves da Silva. Os dois acordaram em iniciar a transição de gestão no dia 16 de novembro e concluí-la quinze dias depois da posse do novo prefeito.

 

Vão cumprir

Com a assinatura do TAC, os compromissários admitem conhecer e cumprir integralmente os termos da Recomendação nº 001/2016 expedida pela Procuradoria Geral de Justiça e do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público do Ministério Público do Estado de Alagoas, bem como os da Resolução nº 003/2016 do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas. Os procedimentos dispõem sobre regras para transição de governo municipal decorrente do resultado das eleições.

 

Foi destaque

O reaparecimento da matrinxã na região do Baixo São Francisco como resultado dos peixamentos realizados pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) foi destaque na publicação científica internacional Aquaculture, Aquarium, Conservation & Legislation – International Journal of the Bioflux Society.

 

 

… O trabalho foi publicado na edição deste mês de outubro do jornal científico e possui autoria de dois técnicos da Codevasf, o engenheiro químico Marcos Vinícius Teles Gomes e o técnico em aquicultura Vinicius Augusto Dias Filho, em parceria com o professor Marcelo Fulgêncio Guedes de Brito e os pesquisadores Renata Bartolette e Thiago D’ávilla, da Universidade Federal de Sergipe (UFS).

 

… A matrinxã é uma espécie nativa da bacia hidrográfica do rio São Francisco que há décadas não era capturada pelas redes dos pescadores artesanais, segundo relato de representantes das colônias de pescadores da região.

 

… “A matrinxã não era pescada na região do Baixo São Francisco há aproximadamente 40 anos no trecho estudado entre os municípios de Porto Real do Colégio, em Alagoas, e Propriá, em Sergipe”, observa o engenheiro químico Marcos Gomes.