Flávio Gomes

30 de outubro de 2016

O público e o privado

José Casado, O Globo: “Michel Temer vai informar a Lula e Dilma que todo o acervo presidencial levado quando deixaram o poder está embargado, pelo menos até a conclusão do inquérito para identificação, origem, natureza (se os bens são públicos ou privados) e eventual incorporação ao patrimônio da União… Entre 2010 e 2016, a cada 24 horas sumiram dois bens do registro do patrimônio presidencial. Estavam sob a guarda e responsabilidade dos gestores de 24 unidades e órgãos, entre eles, os palácios do Planalto e da Alvorada, a residência oficial da Granja do Torto, ministérios e secretarias como Casa Civil, Assuntos Estratégicos, Portos, Aviação, Imprensa, Mulheres, Igualdade Racial. Não se conhece a listagem do que sumiu. Auxiliares de Temer resolveram mantê-la sob sigilo, apesar da posição contrária do tribunal. Sabe-se que dela constam seis obras de arte da Presidência e uma do Museu de Belas Artes (Rio). Sabe-se, também, que Lula e Dilma guardam 697 peças classificadas como ‘acervos de natureza museológica e bibliográfica’, recebidas como presentes em reuniões com chefes de Estado e de governo. Lula ficou com 80%, como ‘mero guardião’, alegam seus advogados, ciente de que o proprietário é ‘o povo’ e sua conservação e preservação ‘cabe ao poder público’.”

Novo tom

De Renan Calheiros, após reunião com Michel Temer e a presidente do STF: “Tenho muito orgulho, um orgulho que eu vou levar para a minha vida, de ser presidente do Congresso Nacional no exato momento em que a presidente Cármen Lúcia é presidente do Supremo Tribunal Federal. Ela é, sem dúvida nenhuma, o exemplo do caráter que nós precisamos e que identifica o povo brasileiro”.

Saldo

Salvo reviravolta inimaginável, Rui Palmeira deverá ser reeleito neste domingo prefeito de Maceió. A campanha acaba com poucas propostas e muita baixaria, principalmente por parte da equipe de marketing de Cícero Almeida. Num exercício exacerbado de otimismo, fica a esperança de uma futura campanha mais limpa.

Vantagem

Na campanha de Rui, o mérito maior foi dele próprio, reafirmando uma postura que vem desde os tempos de deputado estadual e de meio mandato de deputado federal. O equilíbrio nos pronunciamentos e a imagem de um gestor público honesto, algo tão raro nos dias de hoje, foram fatores fundamentais em seu favor.

Desvantagem

Cícero Almeida sofreu – e demonstrou isso – desgaste do processo rotulado de “Máfia do Lixo” e foi esse o principal aspecto em seu desfavor. Além disso, faltou-lhe apoio de lideranças expressivas. O principal apoio foi do governador Renan Filho, bem avaliado como gestor, mas que não conseguiu traduzir isso em voto.

Porém

O senador Renan Calheiros não se envolveu publicamente na campanha de Cícero Almeida, todavia o desgaste pelo qual está passando repercutiu desfavoravelmente para Cícero Almeida. Acima de tudo quando se disse que eventual vitória de Almeida reforçaria os Renans, pai e filho, na disputa de 2018.

Cenário

Do deputado estadual Rodrigo Cunha (PSDB), que integra a Frente Parlamentar em Defesa da Micro e Pequena Empresa, em debate, na Assembleia Legislativa, proposto por ele: “Nós temos em Alagoas pouco mais de 161 mil empresas em atividade, sendo 94,3% de MPE, com baixa taxa de fechamento, em torno de 1%”.

Revelação

De Kennedy Alencar, em seu blog: “Os investigadores da Lava Jato não têm aceitado que os delatores narrem repasse de recursos como se fosse somente caixa 2. Ou seja, a força-tarefa considera que não houve contribuição eleitoral para cobrar eventuais favores no futuro, mas, sim, pagamento de propina.”

 

 

* Comemora-se neste sábado o Dia Mundial do AVC, lembrado com programação na Praça Multieventos, na orla de Pajuçara, das 8 às 12 horas, com atividades gratuitas de saúde e lazer. Iniciativa da Associação Ação AVC e Hospital Geral do Estado.

*O Comodoro do Motonáutica Lagoa Clube, José Carlos Silveira, comunica que neste domingo, por conta das eleições municipais, a sede social do Pontal da Barra estará fechada. Já balneário do Broma estará funcionando normalmente.

*Por conta do Outubro Rosa – dedicado à conscientização para prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama – o Pátio Maceió realiza neste sábado, no estande da ONG Renascer, apresentação do Coral Carme e o desfile “Entrelaçadas pela Mama”.

*O 4° Encontro do Grupo Subjetividade no Pensamento Contemporâneo e 1° Encontro do Grupo Subjetividade serão realizados em 12 a 16 de dezembro nos campi Sertão e A. C. Simões, da Ufal. As inscrições estão abertas no link do evento, até 2ª feira próxima.

* O Serviço de Autossuficiência de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias realiza, neste sábado, a I Feira de Educação, Emprego e Empreendedorismo. O evento acontece na sede da igreja, no Farol, das 10 às 16 horas, aberto ao público.

*O programa “Aplauso” este final de semana homenageia o cantor compositor Luiz Ayrão, exibindo os seus principais sucessos. Neste sábado, das 14 às 16 horas, na Difusora AM; domingo, às 10 horas, na Educativa FM. Produção de Givaldo Kleber.

*O Museu da Imagem e do Som de Alagoas recebe, até hoje, obras da artista Marie-Ange Giaquinto na exposição “Cenas de Violência: Silêncio”. A mostra é composta por 20 pinturas em acrílico sobre tela, recortadas e costuradas em tela de polietileno preto. 

 

“Eu espero que projetos como esse não passem pela aprovação do Congresso”

Carlos Fernando dos Santos Lima

Procurador do MPF, sobre a proposta do senador Renan Calheiros de reformar a Lei de Abuso de Autoridade