Flávio Gomes

27 de outubro de 2016

Um debate necessário

Do jornalista Kennedy Alencar, em seu blog: “O ministro Gilmar Mendes é uma das poucas autoridades que têm uma visão crítica do Poder Judiciário, algo necessário no atual momento histórico. Em entrevista à jornalista Monica Bergamo, publicada na ‘Folha de S.Paulo’, ele toca em questões relevantes e que precisam ser debatidas. Criticar a Lava Jato ou juízes e procuradores da República não significa ser a favor da corrupção… O ministro questionou procedimentos e decisões da Lava Jato e também a oposição de juízes e procuradores da República quanto ao projeto sobre abuso de autoridade, que está em discussão no Senado. Essa proposta tem sido bombardeada por integrantes da força-tarefa da Lava Jato, que afirmam que seria o fim da operação de combate à corrupção. É um exagero. Como disse Gilmar Mendes, a proposta cobra mais responsabilidade de diversas autoridades, não só do Judiciário, mas também do Executivo e do Legislativo. A própria Lava Jato descobriu um caso em que senadores e deputados propuseram a empresários abafar a antiga CPI da Petrobras em troca de propina. Ou seja, um cristalino abuso de autoridade da parte desses parlamentares…”

Argumento 

Em Brasília há uma explicação para Renan Calheiros responder a vários processos e continuar no cargo: o vice-presidente do Senado é Jorge Viana, que, por ser do PT, caso assumisse o Congresso daria ao seu partido, de novo, força no cenário político. Não se sabe se o STF, agora, continuará considerando isso.

Dureza

Rui Palmeira foi duro nas respostas a Cícero Almeida, em debate na TV Ponta Verde (antiga TV Alagoas). Exemplo: “Segunda-feira (após a eleição) Renan Calheiros não atenderá seu telefone mais. O senhor está sendo usado e vai ser desprezado mais uma vez por eles. E vai ficar cheio de processos nas costas, cheio de dívidas…”

Agenda

Marx Beltrão, ministro do Turismo, cumpre hoje seu primeiro compromisso oficial em Alagoas. Às 16 horas, no Palácio República dos Palmares, participa de mesa redonda sobre novas perspectivas do turismo em Alagoas, com o governador Renan Filho e Helder Lima, secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo.

Amor à causa

Prefeito eleito de Arapiraca, Rogério Teófilo teve uma estrutura mínima de campanha, pelo pouco apoio político e pela falta de recursos. Ele estima: 90% dos que atuaram diretamente na campanha foram voluntários, que não ganharam nenhum tostão por isso. “Até o motorista foi voluntário”, explica Teófilo.

Placar

Assim se posicionaram os deputados de Alagoas na votação da PEC 241, que limita os gastos públicos: a favor – Arthur Lira (PP), Givaldo Carimbão (PHS), Nivaldo Albuquerque (PRP), Pedro Vilela (PSDB) e Rosinha da Adefal (PT do B); contra: JHC (PSB), Ronaldo Lessa (PDT) e Paulão (PT). Val Amélio (PRTB) não votou.

Registro

Foi sepultado ontem, no Parque das Flores, o empresário Zenildo Alves Júnior, falecido dia 19 em Mendoza, Argentina. A demora, que constrangeu familiares e amigos, deveu-se ao excesso de burocracia argentina para liberar o corpo para traslado. Até membros da embaixada brasileira tiveram de intervir. 

Opinião

Do deputado federal Pauderney Avelino (AM), líder do DEM, sobre a prisão do ex-deputado Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara: “Não acredito que afete os trabalhos. O PT não vivia dizendo que não podia prender o Lula sem antes prender o Cunha? Agora, o caminho está aberto. E as portas de Curitiba também.”

 

*Com a delação premiada, não se está traindo a pátria ou alguma espécie de “resistência francesa”, segundo o juiz federal Sérgio Moro, no livro “Operação Mãos Limpas”, pulicado pela Citadel Editora. Interessados podem adquiri-lo ligando (11) 2275-6787.

 

*O Tribunal de Justiça transferiu de amanhã para 2ª feira, 31, o feriado do Dia do Servidor Público. Como 4ª feira é Dia de Finados e na 3ª, 1º de novembro, os servidores não trabalharão, para compensar em outro dia, o expediente só retornará na 5ª, dia 3.

*Hoje, às 19 horas, na Associação Cearense de Imprensa, em Fortaleza, será entregue o Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo em Desenvolvimento Regional, edição 2016. De Alagoas concorre “Guerreiros alagoanos”, de Jonathan Alves Polido Lins (G1).

*A festa de anúncio dos vencedores do 27º Prêmio Braskem de Jornalismo acontece no dia 5 de novembro, no Espaço Pierre Chalita, em Jaraguá, a partir das 21 horas. Há 235 trabalhos inscritos para 13 categorias e para o Grande Prêmio Braskem de Jornalismo.

*O cantor e compositor Cazuza será homenageado hoje, através das suas canções, pela banda “Som de Vinil”, que se apresenta no Sesc Poço a partir das 19h30m. É mais uma edição do projeto “Quintas no Poço”, que acontece todos os meses.

 

* Lara Melo lança hoje o DVD “Vertente”, pelo projeto “Quinta no Arena”, no paldo do Teatro de Arena Sérgio Cardoso. O trabalho é baseado nas músicas do alagoano Chico Elpídio e do carioca Chico Buarque de Holanda. A partir das 19h30m.

*Com a derrota de 3×0 para o Goiás o CRB praticamente viu ruir io sonho de chegar à Série A. Dados da irregularidade da campanha deste ano: o CRB tem o melhor ataque, é o clube com mais vitórias no campo do adversário e tem a defesa mais vazada.

 

“Quem pensa que vai me derrotar com mentiras, com chantagem, com safadeza, vai cair do cavalo” 

Luiz Inácio Lula da Silva

Ex-presidente da República, sobre as inúmeras acusações de corrupção contra ele