Flávio Gomes

14 de outubro de 2016

Responsabilidade na crise

De Roberto Freire, deputado federal do PPS/SP: “É chegado o momento de voltarmos as atenções para o enfrentamento da grave crise econômica que aflige o país e gera mais de 12 milhões de desempregados. O ajuste fiscal proposto pelo governo de Michel Temer é primordial e um de seus principais alicerces é justamente a PEC 241. Ao contrário das bravatas propagadas pelo PT e seus satélites, é importante destacar que a proposta não ameaça, de forma alguma, os investimentos em saúde e educação. Como já explicou o próprio presidente da República, essas duas áreas são prioritárias e estarão absolutamente preservadas. Na educação, em 2017, primeiro ano de vigência da PEC, o gasto seguirá a regra atual (com o investimento no setor de 18% da arrecadação total líquida do governo federal) e, a partir de 2018, esse valor mínimo será corrigido pela inflação. No caso da saúde, a regra em vigência determina que o governo tem de gastar na área o equivalente a 13,7% de tudo o que arrecadar, mas com a PEC esse percentual passará, já no próximo ano, a 15%. Não há nenhum teto para investimento em saúde e educação – o que existe é apenas um piso mínimo, que pode e deve ser ultrapassado. Outra falácia difundida pelo PT é a de que a PEC 241 seria inconstitucional, o que já foi prontamente rechaçado pelo Supremo Tribunal Federal…”

Proposta

De Renan Filho: “O Estado não deve se omitir diante de um crime. Não pode haver omissão das autoridades e, durante este processo, tem que se errar o mínimo possível. Os direitos dos cidadãos devem ser preservados sempre. Agora, caso haja algum erro de conduta nesse processo, o Estado deve ter a humildade de reconhecê-lo”.

Distância

O ex-governador Téo Vilela, depois de algum tempo, resolveu dar entrevista. Na edição do semanário “Cada Minuto”, que circula hoje, dentre outras coisas ele diz, sobre 2018: “Muitos dos meus eleitores são eleitores do Renan Calheiros. Mas, não há espaço para uma aliança com Renan se o PSDB tiver candidato ao governo.”

Diferença

Do secretário do Planejamento, Gestão e Patrimônio, Christian Teixeira, sobre a convocação de 150 concursados da Educação: “Enquanto boa parte do Brasil exonera servidores concursados ainda em estágio probatório, Alagoas, mesmo em dificuldade de recursos financeiros, procura valorizar o serviço público.”

Cópias

Já dizia o saudoso Chacrinha: “Na televisão nada se cria, tudo se copia”. É o que se pode dizer dos marqueteiros políticos. Dois exemplos na campanha pela Prefeitura de Maceió, remetendo a São Paulo: Cícero Almeida se aproveita de campanha de Paulo Maluf; Rui Palmeira repete campanha de Fernando Haddad.

Avanço

A Braskem anunciou o comissionamento da nova planta de Polietileno de Ultra-Alto Peso Molecular, em La Porte, no Estado do Texas, Estados Unidos, e que entrará em operação ainda este ano. “A nossa nova planta é mais um passo para aproximar a Braskem dos seus clientes”, diz Christopher Gee, diretor da empresa.

Incerteza

Ainda não há certeza do desfile, em 2017, do bloco Pinto da Madrugada, nas prévias do Carnaval de Maceió. Este ano a falta de apoio financeiro da prefeitura para os blocos fez com que o Pinto saísse com apenas duas das 15 orquestras e esvaziou o bloco. A direção estuda se vale a pena sair às ruas no próximo ano.

Opinião

Da Ordem dos Advogados do Brasil, em nota, sobre decisão do STF determinando que condenados por crimes em segunda instância devem ir para a prisão: “A decisão do STF de permitir a execução antecipada da pena antes do trânsito em julgado exige do Poder Público, especialmente do Poder Judiciário, novas e urgentes posturas”.

 

*Do portal “O Antagonista”: “Teori Zavascki incluiu 12 petistas no inquérito do quadrilhão. Faltou um: Dilma Rousseff. Ela foi uma das maiores beneficiárias do dinheiro roubado da Petrobras e é umbilicalmente ligada aos investigados.”

* A Secretaria da Fazenda realiza hoje sorteio da Nota Fiscal Cidadã em comemoração ao Dia das Crianças. Às 9 horas, na sede da Escola Fazendária, em Jacarecica. Serão consideradas aptas as notas fiscais levantadas entre 1º de junho e 31 de agosto.

*Está aberta ao público, só até hoje, na Galeria de Artes do Sesc Centro, a exposição “Caminhos”, de Jackson Lima. Estão expostos trabalhos feitos de materiais reciclados, como garrafa PET, troncos de madeira, vidro, isopor e ferro. Contato: 3201-1373.

*Também somente até hoje o pintor e fotógrafo Francisco Oiticica expõe trabalhos individuais em “Monstruário: autorretratos disruptivos”, na Galeria de Arte do Cesmac, na Rua Cônego Machado, Farol. Das 13 às 17 horas. Informações: 3215- 5094.

*A Associação dos Docentes da Ufal realiza hoje café regional, às 19h30m, na casa de festas Chez Marie, em comemoração ao Dia do Professor. Na 2ª feira, em Arapiraca, no auditório do Campus da Ufal, haverá debate com a categoria, a partir das 19 horas.

*A happy hour do Sesc desta semana tem como atração a Orquestra Expresso Latino, hoje, a partir das 19h30m, no Sesc Poço, aberta a comerciários e convidados. Para mais informações, contato através de 0800 284 2440. Classificação: 18 anos.

*No próximo domingo, 16, Maceió se tornará mais uma vez a capital nordestina do jiu-jitsu sem quimono, com a III Copa Sandro Melo de Submission, a partir das 9 horas, no ginásio do Colégio Marista. Premiação de R$ 15 mil. Contato: 99610-3070.

 

“O limite de gastos públicos não está engessado”

 Michel Temer

 Presidente da República, admitindo que a PEC que limita o aumento dos gastos públicos pode ser revista já daqui a quatro anos