Futebol

10 de outubro de 2016

Zé da Danco descarta possibilidade de assumir o ASA em 2017

Após a perda do acesso à Série B, o ASA passará a viver um processo de renovação, pois em novembro o time terá eleição para a direção executiva e um dos nomes que estava sendo bastante cogitado em Arapiraca era o do conselheiro José de Oliveira, o Zé da Danco, mas o mesmo descartou a possibilidade de assumir o alvinegro porque terá que trabalhar em Salvador a partir de 2017, e não terá tempo suficiente para o dia a dia do clube.

Por telefone, o conselheiro afirmou que mesmo sem ter tempo para estar no dia a dia do clube, irá participar das reuniões para discutir o futuro do time e reforçou que Arapiraca precisa abraçar o ASA.

“Precisamos fazer uma mesa redonda e planejar os próximos anos do ASA. É necessário construir um futuro descente e mais sólido”, afirmou.

Zé da Danco disse ainda que com o término das eleições municipais, o momento é de sentar com o prefeito eleito, Rogério Teófilo e com o vice-governador Luciano Barbosa – que foram de lados contrários na disputa, para tentar uma parceria do Governo do Estado e da Prefeitura de Arapiraca, na tentativa de fortalecer o alvinegro.

 “A eleição acabou e os palanques têm que ser desarmados. Os dois são arapiraquenses, um já foi prefeito da cidade e hoje é vice-governador, o outro já foi deputado federal e vai assumir os próximos quatro anos os destinos da nossa cidade e o ASA precisa de todos, por isso que eu defendo a união e prol do nosso time, que precisa ter um 2017 forte”, finalizou.

Em tempo: Luciano Barbosa apoiou Ricardo Nezinho, que perdeu a eleição e continua como deputado estadual e também é filiado ao PMDB. Já Teófilo é integrante do PSDB.