Roberto Baia

9 de outubro de 2016

Um bom nome

Sidinéia Tavares – Interina

 

Passadas as eleições, agora é o momento de formar alianças e buscar o melhor para as cidades. Em Arapiraca um nome bastante falado e bem cotado para assumir a presidência da Casa Herbene Melo é o do vereador reeleito Dr. Fábio (PR). Após a eleição de 2012, Dr. Fábio cogitou se candidatar ao cargo de presidente da Câmara, mas deixou a vaga para Márcio Marques. Porém este ano, ao que parece, não haverá nome mais indicado para comandar os trabalhos do legislativo municipal.

 

Parcerias

Com várias amizades e parcerias no meio político Dr. Fábio seria o nome mais viável para aprovação de projetos, tanto junto ao Executivo Municipal, visto que apoiou o candidato vitorioso, Rogério Teófilo, quanto nos Ministérios, devido a sua proximidade com o Ministro dos Transportes e Aviação Civil, Maurício Quintela. “O apoio do ministro foi fundamental para a população me reeleger. Percorremos a zona rural de Arapiraca e sabemos das dificuldades que os moradores passam com a falta de água e vamos intensificar um trabalho específico para essa população nos próximos anos”, disse o vereador em entrevista para uma rádio local.

 

 

Correndo risco 1

Mesmo eleito, com 1.885 votos, o vereador Júnior Miranda não poderá assumir uma cadeira no legislativo municipal. Ele teve a candidatura indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por não ter se descompatibilizado do cargo em comissão que exerce no Senado Federal.

 

 

 

 

 

Aguarda recurso

Devido ao indeferimento da candidatura, os votos do vereador serão anulados e quem assumirá a vaga que seria de Júnior Miranda será José Daciel, coligado a candidata Verônica Medeiros, que obteve 927 votos. A decisão do TRE ainda é cabível de recurso, por isso, Júnior Miranda entrou com um embargo judicial e aguarda a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

Motivo do risco

O pedido de indeferimento de candidatura de Júnior Miranda foi solicitado pelo ex-secretário de Educação de Palmeira dos Índios. Lobo afirma, na ação contra Miranda, que o candidato ao legislativo não teria se descompatibilizado dos cargos de ajudante intermediário parlamentar, no gabinete do senador Fernando Collor de Melo, e de vigilante, em uma escola estadual.

 

Rio Largo

A juíza Marclí Guimarães de Aguiar, da 1ª Vara de Rio Largo, suspendeu a eleição para conselheiros do 2º Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente do Município. A decisão foi publicada no Sistema de Automação da Justiça, na quarta-feira (5). 

 

Nova data

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente de Rio Largo deve convocar nova eleição, em um prazo de 10 dias, desta vez com o acompanhamento do processo pelo Ministério Público de Alagoas (MP/AL), conforme estabelece a legislação. Em caso de descumprimento, a multa diária é de R$ 10 mil.

 

Sem fiscalização

Na ação, o MP alegou que o processo estava acontecendo, desde 27 de julho, à margem do conhecimento do órgão, impossibilitando a sua fiscalização. A juíza frisou que o Conselho Municipal não pode “atuar de modo aleatório, em afronta à Lei”.

Limoeiro de Anadia

O futuro prefeito de Limoeiro de Anadia, Marcelo Rodrigues (PP), em entrevista para emissoras de rádio de Arapiraca, falou sobre seus projetos para o desenvolvimento da cidade a qual foi eleito com 8.024. Dentre as áreas destacadas por Marcelo Rodrigues está a geração de emprego e renda. Ele diz que fará projetos para atrair empresas para o município.

 

Outras áreas

Educação também será prioridade, segundo o prefeito eleito. “Tem que investir na educação, ocupar os jovens com esporte, lazer, capacitação e emprego. Assim se resolve parte da violência. O Marcelo Rodrigues é prefeito de Limoeiro de Anadia e não de alguns. Vamos trabalhar para todos”, finalizou o futuro prefeito. 

 

 

… Valorizar a cultura local, dar a voz e a vez aos artistas populares, homenagear àqueles que fazem a diferença pela sua arte.

 

… Em sua 9ª edição, a Mostra Cultural do Instituto da Visão tem como tema “Revivendo o Cordel”. Artistas das mais diferentes vertentes criaram suas obras inspirados da Literatura de Cordel.

 

A exposição estará aberta ao público no período de 17 a 28 de outubro. Sendo o dia 17 a abertura oficial, com a participação do cantor alagoano do mais tradicional forró pé de serra, Anderson Fidelis e banda e o recital de versos do poeta cordelista, patrimônio vivo de Alagoas, Jorge Calheiros.