Edmilson Teixeira

5 de outubro de 2016

Capela

O PMDB ainda está em festa em Capela, com a vitória do candidato Adelminho Calheiros. “Nossa conquista foi fruto de um trabalho de campanha de rua, focado na decência e na força de vontade de atuar por Capela. Na verdade a democracia funcionou acima de tudo, onde o povo teve a liberdade de escolher o melhor para o futuro dos capelenses”, disse Adelminho, ressaltando o apoio que recebeu dos ex-prefeitos João de Paula e Totinha Melo, além do governador Renan Filho.

Capela 2

Coisa rara de se ver em cidade pequena, aconteceu em Capela. É que três membros de uma mesma família se elegeram para vereador, além da vice-prefeita. Trata-se da família Lucena. O atual presidente da Câmara, Quinho foi reeleito e seus primos;  Ricardo e  Fernando ambos marcando estreia na política, vão ocupar a partir de 2017, três cadeiras das 11 existentes do Legislativo local. Eliane Lucena é a vice, eleita na chapa de Adelminho, que derrotou o prefeito Eustaquinho.   

Murici

Em Murici, sabendo que não tinha futuro algum peitar a família Calheiros dentro da política, o vereador Fábio Gaia (PP), abriu de sua candidatura a prefeito, optando para mais um mandato no Legislativo. A estratégia deu certo. É que ele conquistou  604 votos, que  lhe garantiram emplacar no seu sétimo mandato consecutivo. Entre os 11 eleitos, Fábio teve a menor votação. O prefeito eleito foi Olavinho (PMDB), filho do Olavão que é deputado estadual.   

Lagoa da Canoa – decepção

Há bem poucos dias antes das eleições, o deputado Jaizinho Lira (PMDB) tinha planos para disputar a Prefeitura de Lagoa da Canoa, o que desagradou seu tio, Álvaro Melo atual gestor, que sonhava ir para a reeleição. Como líder da família, Lira resolveu optar pelo nome da esposa Fabiana e descartar o veterano tio. Resultado: A candidata do PP, Tainá derrotou Fabiana com uma diferença de 234 votos. Seu irmão Veridiano Lira,  não conseguiu se reeleger em Feira Grande. Lá foi derrotado por Flávio do Chico da Granja, que é irmão do ex-prefeito Fabinho.

Colônia Leopoldina       

Manuílson Andrade (PSDB) está voltando ao comando da Prefeitura, para um terceiro mandato à frente do município. Derrotou nas urnas a empolgada prefeita  Paula Rocha (PMDB), com uma diferença de 1.483 votos. Afirma que o  pleito eleitoral deste ano foi tido como um dos mais acirrados dos últimos tempos. “O povo soube escolher o lado bom de Colônia, sobretudo porque temos planos de trabalho, que sem sobra de dúvidas possibilitarão encontrar meios positivos para o crescimento de todos”, disse Andrade.

Carneiros

Geraldo Filho (PMDB) o Neguinho, voltou firme para comandar mais uma vez a  Prefeitura de Carneiros, depois de massacrar nas urnas seu tio, Genivaldo Agra (PRP) com uma diferença de 2.458 votos. Foram 3.605 votos, contra 1.147, mas, ainda teve um poca urna chamado de Paulo Roberto (PROS) que obteve apena 210 votos. Neguinho usou como slogan de campanha a frase: “Vamos Reconstruir”. Ao que parece, a bagaceira na administração pública está uma desgraça; tanto que o prefeito atual Luiz Nobre (PP) não pensou em momento algum de ir para a reeleição.

Carneiros 2

Como curiosidade, Neguinho a partir de 2017 vai comandar o município pela terceira vez. Na eleição passada Genivaldo Agra recebeu um amplo apoio de Neguinho para disputar o pleito contra Luiz Nobre. A figura perdeu o pleito, mas agora se uniu com o ex-adversário (Luiz Nobre) para prejudicar o sobrinho. “O povo agora deu o troco”, goza Neguinho, que vibra duplamente nesta eleição, visto que a esposa Juliana (PMDB) se reelegeu prefeita de Mar Vermelho.

Igaci

Dr. Oliveiro Piancó (PMDB) foi reeleito numa eleição bastante tumultuada, sobretudo pelo fato de se confrontar com ex-prefeito Petrúcio Barbosa, figura bastante carismática na região agrestina. Foram 7.734 votos, contra 6.569, ou seja, uma diferença de 1.175 votos. “Aqui foi uma guerra; não é fácil brigar com o poderio econômico avassalador e ameaças deste povo, mas Deus foi justo comigo, pois ninguém nunca tinha feito tanto por nossa cidade”, argumentou Piancó.  

Traipu

“Como traipuense estou feliz com a vitória do Eduardo Tavares Mendes (PSDB). Tenho certeza que teremos uma administração correta e que saberá respeitar á legislação. Sabemos quanto a prefeita Maria da Conceição sofreu na tentativa de dotar o município de Traipu de uma nova vida. Conceição tem muito valor. O seu trabalho político recupera nosso passado. Seu pai, Luiz Novaes Tavares deve estar feliz com suas ações. Parabéns traipuenses, uma feliz administração Eduardo. Não tenho dúvidas em afirmar, você foi um grande candidato e saberá administrar nosso município”, comentário nos enviado pelo presidente do Sindicato dos Odontólogos de Alagoas, Dr. Airton Mota Mendonça

Sertão feminino

Aumentou em 100% com relação à eleição de 2012, o número de candidatas eleitas este ano para prefeita, na região sertaneja de Alagoas, entre os 26 municípios que geograficamente fazem parte daquela área. São elas: Marina Dantas (PMDB) Batalha, Santana Mariano (PMDB) Major Izidoro, Lane Cabudo (PSD) Palestina, Maristela (PP) Piranhas; Jeane Moura (PMDB) Senador Rui Palmeira e Aparecida (PMDB) Poço das Trincheiras. Em 2012 tínhamos apenas Albani Sandes em Água Branca, e as prefeitas de Major e Palestina que foram reeleitas agora.

Monteirópolis

A Câmara de Vereadores deu posse nesta terça-feira, ao vice-prefeito Elisson Medeiros (PSD), a fim de comandar a Prefeitura de Monteirópolis. Assumiu o cargo no lugar do tio, o prefeito Elmo Medeiros, afastado há 15 dias por ordem judicial, envolvido segundo o MPE/AL, numa série de maracutaias com o dinheiro público. A lacuna administrativa ficou aberta durante esses 15 dias, porque os dois estavam disputando as eleições; mas para a felicidade de todos, foram derrotados para o ex-prefeito Maílson Mendonça (PR), que meteu uma diferença de 2.122 votos na frente.