Flávio Gomes

2 de outubro de 2016

Para anotar e conferir

Em 2012, o professor Marcelo Bastos acertou em 100% suas previsões sobre a disputa pelas 21 vagas na Câmara Municipal de Maceió. Em 2014, acertou 25 dos eleitos para as 27 vagas na Assembleia Legislativa e os nove eleitos para a Câmara dos Deputados. “Conjuntura” divulgou suas previsões na véspera dessas eleições. E agora ele anuncia suas estimativas sobre a eleição de vereador em Maceió, amanhã. Segundo ele, a coligação PSDB, DEM, PROS, PP, PDT, PR e PPS elegerá Davi Davino, Kelmann Vieira, Chico Holanda, Dudu Ronalsa, Lobão, Aparecida do Cabo Luiz Pedro, Fátima Santiago, Tereza Nelma, Zé Márcio, Ib Breda e Eduardo Canuto, com chance de mais dois; já a coligação PSD, PMDB, PRB, PCdoB, PSC deverá eleger Galba Novaes, Silvânio Barbosa, Silvânia Barbosa, Antônio Holanda, Dr. Ronaldo Luz e Missionário Walter; coligação PTB, PTN, PRTB, PV: Sílvio Camelo; a coligação PSB, PSDC, PPL se eleger será apenas um; as demais, nenhum. O professor Marcelo Bastos pondera: “É evidente que esse estudo não quer dizer que vai acontecer exatamente dessa forma, já que política não é uma coisa estática e sim muito dinâmica, esse estudo é a fotografia do momento”.

Recomendação

Luzia Suruagy, viúva de Divaldo Suruagy, enviou carta aos amigos. Alega que não pede votos, “respeitando a individualidade de meus amigos”, mas é bastante clara: “Votarei, novamente, em Rui Palmeira, jovem idealista, fiel discípulo de seu pai, Guilherme Palmeira”. Seu gesto, diz, “é um tributo ao bem de Maceió”.

Esperança

O grupo de apoio a Cícero Almeida leva fé na presença dele no segundo turno da disputa em Maceió, contra Rui Palmeira, e acredita que há boas chances de superar o adversário. O principal argumento nesse sentido é que, como não há segundo turno no interior, Renan Filho concentrará seu apoio na Capital.

Voto católico

Interessante está a disputa pela prefeitura de Delmiro Gouveia, polarizada entre Padre Eraldo e o deputado federal Givaldo Carimbão. É que Padre Eraldo é brigado com a Igreja Católica, com quem Carimbão mantém boas relações. O outro candidato, Valdo Sandes, vereador, aparentemente não tem chances.

Realidade

O novo formato de campanha política, restringindo muito as atividades do candidato, privilegia as redes sociais e os espaços no rádio e na TV. Deixaram de existir os grandes comícios, que atraiam multidões – no início, pelos excelentes oradores, que hoje já não existem mais; depois, pelas bandas e trios elétricos.

Quem decide

A grande quantidade de indecisos é o foco principal, às vésperas da eleição, para os candidatos a prefeito em Arapiraca. Em 2016, quando enfrentou Célia Rocha, Rogério Teófilo havia começado em baixa nas pesquisas e na reta final captou muitos indecisos, perdendo a disputa por pouco. É, de novo, seu trunfo nesta eleição.

Cenário

O alagoano Edvaldo Nogueira (PC do B), que tem 38% das intenções de voto, lidera a disputa pela Prefeitura de Aracaju. Ele já foi vereador e prefeito e tem como adversário Valadares Filho, com 25,8%. Em terceiro vem João Alves (DEM), prefeito, ex-senador e ex-senador, com 10%, segundo o Paraná Pesquisas.

Opinião

Do jornalista Ricardo Noblat, em seu blog, sobre a decadência do PT: “O PT perde a eleição em Garanhuns, onde Lula nasceu, e em São Bernardo Campo, onde ele mora. Nos dois lugares, Lula não apareceu para pedir votos. O maior partido de massas que a esquerda já construiu na América Latina está em liquidação.”

 

*A vereadora Heloísa Helena não disputa a reeleição e faz campanha para os cinco candidatos do seu partido, o Rede, em Maceió. Mas boa parte dos eleitores tradicionais de Heloísa Helena está fazendo opção por Eduardo Canuto, candidato à reeleição.

*Pela nova legislação, para alguém se eleger vereador em Maceió este ano terá de obter no mínimo cerca de 2.100 votos – 10% do quociente eleitoral, qualquer que seja a coligação. Foi o que revelou Carlos Amaral, na edição de ontem desta Tribuna.

*O projeto Sesc das Artes apresenta neste sábado o espetáculo “Poesia Urbana”, da Companhia Hip-Hop, grupo fundado em 2007, no bairro do Village Campestre II. No Teatro Jofre Soares, do Sesc Centro, com início às 17 horas. Entrada franca.

* O “Café da Linda”, no hall de entrada do Teatro Deodoro, recebe até hoje a exposição “Revelando o Palco”, do fotógrafo João Erisson. A mostra apresenta 28 fotografias de personagens da cultura alagoana que passaram pelos Teatros Deodoro e Arena.

*Tentando voltar ao G4 e garantir acesso à Série A do Brasileiro, para o CRB a partir de agora todo jogo é decisão. A deste sábado é às 16 horas, em Bragança Paulista, contra o Bragantino. O CRB está há cinco partidas sem saber o que é vitória.

*Pela Série C, o ASA recebe neste sábado, às 19 horas, em Arapiraca, o Guarani de Campinas, no primeiro dos confrontos para definir qual dos dois clubes sobe para a Série B. Precisa ganhar bem para se garantir no jogo de volta, no dia 8.

*Já o CSA pode trazer para Alagoas, neste sábado, o título de campeão brasileiro da Série D. Às 21 horas, encara o Volta Redonda, no Rio de Janeiro. Ao CSA basta empate por mais de um gol. Empate em zero a zero leva a decisão para os pênaltis.

 

“Eximir-se de culpa não absolve Temer”

Josias de Sousa

Jornalista, em seu blog