A Palavra em palavras

22 de setembro de 2016

QUANTAS VEZES OUTRAS

OraçãoQUANTAS VEZES OUTRAS

 

oração da manhãEntão, o dia amanhece,

Os raios de Sol contemplam a sua face

E você, talvez, não agradece

Ou faz a Deus uma prece de bom dia?

 

tarde??Almoçou, tomou o alimento de cada dia,

Quem sabe se deu conta, neste dia,

Que o amor e a harmonia

Podem ser renovados na tarde que se inicia.

 Oração

E chega a noite, talvez, com cansaço e exaustão,Rezar antes de dormir

Ou ansiedades no coração,

Lembrar-se-á da oração?

 

despedindo-se do dia...E dormirás:

Sabe-se, lá no alto, quantas vezes outras…

Seguirás.

 

Maceió, 22 de setembro de 2016.

Alisson Francisco Rodrigues Barreto[1]


[1] Poeta, filósofo, bacharel em Direito, pós-graduado; católico leigo, missionário, filho de Deus e de Maria por participação no Corpo de Cristo.