Flávio Gomes

21 de setembro de 2016

Uma estranha relação

Do escritor Percival Puggina: “FHC sempre via Lula e o petismo como subprodutos de seu próprio projeto para o Brasil e para o continente. Há diferenças, por certo, entre ambos. E a maior delas é de natureza psicológica. Lula gostaria de ter sido FHC e este gostaria de ter sido Lula. Aquele nutre indisfarçável sentimento de inferioridade em relação ao tucano. Este se constrange com a própria superioridade intelectual e gostaria de ter sido um líder popular. FHC trocaria tudo pela capacidade agitar as massas num comício de operários do ABC.Não se surpreenda então, leitor. As relações entre FHC e Lula produziriam excelente conteúdo para um drama recheado de conflitos shakespearianos. Ou para análise de caso num doutorado em psicologia. Por essas diferenças essenciais entre as duas personalidades os tucanos perderam quatro eleições consecutivas para o PT. E FHC jamais se empenhou por seu partido nem deixou de lado, a cada derrota, o sorriso e a bonomia. Agora, Dilma caiu e ele quase emprestou solidariedade. Lula enfrenta a espada da justiça e FHC se manifesta sinceramente penalizado. Se Lula sair da cena política, FHC se sentirá viúvo pela segunda vez.”

Vantagem

Rui Palmeira (PSDB) foi quem teve melhor desempenho no primeiro debate entre os candidatos a prefeito de Maceió, anteontem, na TV Mar. Além da serenidade, foi enérgico quando precisou, sem ser ofensivo. Depois dele, quem se saiu bem também foi Gustavo Pessoa (PSol), surpresa para quem não o conhecia.

Afetados

Cícero Almeida (PMDB) e João Henrique Caldas (PSB) demonstraram sentir o efeito das acusações contra eles, por parte dos adversários no debate. Ambos se perderam em explicações durante as respostas e muitas vezes desfiaram o foco das perguntas. Resta saber se isso terá influência junto ao eleitorado.

Sabatina

Hoje a Associação dos Procuradores do Estado de Alagoas recebe Gustavo Pessoa (PSol) em prosseguimento à sabatina com candidatos a prefeito de Maceió. A partir das 14h30m, no auditório da APE/AL. Ontem quem esteve lá foi Paulão (PT) e amanhã será a vez de Rui Palmeira (PSDB), também às 14h30m.

Proposta

Do senador Renan Calheiros: “A Lava Jato precisa acabar com esse exibicionismo, como vimos agora no episódio do ex-presidente Lula e em outros. Isso, ao invés de dar prestígio, retira prestígio do Ministério Público e obriga o Congresso Nacional a pensar numa legislação que proteja garantias individuais e coletivas”.

Retorno

De Maurício Lima, na “Veja” on line, ao dizer que o senador Fernando Collor (PTC) voltou aos velhos tempos: “Collor tem feito campanha para prefeitos no interior do estado do jeito que ele mais gosta: atraindo um grande número de pessoas. Com punho cerrado, discurso emotivo, distribuindo beijos e abraços.”

Pendência

O Secretário de Planejamento e Gestão, Christian Teixeira, insiste que não há definição de reajuste salarial para os servidores estaduais, que deveria ter sido implantado em maio. E diz qual a condição: “A partir do momento que se promover uma estabilidade em relação à renegociação das dívidas com os estados”.

Opinião

Luís Roberto Barroso, ministro do STF, em palestra no Congresso da Associação Brasileira de Shopping Centers: “Há uma necessidade imperativa de acabar com a multiplicação de partidos que vivem como legendas de aluguel, unicamente para arrecadar recursos do fundo partidário e vender seu tempo de rádio e TV”.

 

*O jornalista e ambientalista alagoano Anivaldo Miranda foi reeleito presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. A eleição foi em Belo Horizonte, durante a XIX Plenária Extraordinária do Comitê. O mandato é de quatro anos.

*Pelo projeto Teatro Deodoro é o Maior Barato hoje tem o show “Noel, de Vila Isabel”, com a Orquestra Gafieira Cai Dentro apresentando composições do carioca Noel Rosa (1910-1937). A partir das 19 horas, no Teatro Deodoro. Ingresso a R$ 20,00.

* O festival gastronômico “Viaje nos Sabores”, que acontece no Parque Shopping, anuncia para hoje aula-show gratuita com o chef Jonatas Moreira, consultor do Pereira Café. Fechando a programação, amanhã tem oficina comandada pela Boss Pizza.   

*O alagoano Jonhson Cavalcante, estudante de moda do Senai São Paulo, é finalista da terceira edição do projeto “Senai Brasil Fashion”, que incentiva educação e ações inovadoras na moda. Sua coleção é inspirada em “Tieta do Agreste”, de Jorge Amado.

*O programa Inglês sem Fronteiras, da Universidade Federal de Alagoas, está com inscrições abertas até 30 de setembro para formação de novas turmas. Os cursos são presenciais e realizados pelo Núcleo de Línguas. A carga horária é de 16 ou 32 horas.

* Estão abertas inscrições para a II Semana de Empreendedorismo Universitário, nos dias 6, 7 e 8 de outubro, no Maceió Mar Hotel. O evento é promovido por estudantes que atuam na Empresa Júnior de Engenharia Química e Engenharia Ambiental, da Ufal.

*O futebol alagoano está bem: o CSA está na final da Série D, já com garantia de acesso à Série C; o ASA depende de superar o Guarani de Campinas para subir da Série C para a B; o CRB mantém chances de participar em 2017 da seleta Série A.

 

“Considero essa decisão constrangedora, verdadeiramente vergonhosa”

Gilmar Mendes

Ministro do STF, sobre decisão do então presidente do colegiado, Ricardo Lewandowski, de permitir que Dilma Rousseff fosse cassada mas mantivesse os direitos políticos