Blog do Dresch

6 de setembro de 2016

Estrutura pronta para o Desfile

                   A equipe responsável pelo desfile da Independência, que acontece amanhã na Praia da Avenida, garantiu que será ofertada toda a estrutura e segurança necessárias para a participação popular. “Os alagoanos que forem prestigiar o desfile encontrarão uma ótima estrutura no local, montada para o bem estar do público” explicou o coronel Maxwell Santos, um dos responsáveis pela coordenação do evento. Ele salientou que o público encontrará arquibancadas, banheiros químicos, postos médicos e policiamento reforçado. A partir das 6h as ruas estarão bloqueadas, afirmou o oficial da Polícia |Militar.

Organização do Desfile 2

                   O desfile terá início com a chegada do governador Renan Filho, estimada para 8h30, no Memorial da República. Após as atividades de praxe (passagem da tropa, saudação em geral e cumprimento ás autoridades, execução do Hino Nacional) será feito uma homenagem ao ex-combatente da FEB, Abel Silva do Amor Divino e também a policiais mortos em serviço. O desfile contará com mil homens da PM, animais viaturas, tropas de outras forças de segurança e uma apresentação especial de aeronaves. A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito e o Batalhão Estadual de Trânsito bloquearão 19 pontos de acesso ao local do evento.

A canonização de Madre Tereza

                   Sob as bênçãos do papa Francisco e a presença de mais de 120 mil pessoas diante da Basílica de São Pedro, Madre Tereza de Calcutá foi canonizada, no último Domingo e tornou-se a mais nova santa da Igreja Católica. A cerimônia oficializou o reconhecimento pelo seu trabalho. Em 1975 a revista “Time” havia celebrado a freira como uma das “santas vivas” da Igreja. Venerada em todo o mundo e reconhecida por sua humildade, ela recebeu o Nobel da Paz em 1979 por seu trabalho junto aos pobres da Índia e de todo o mundo. Madre Tereza nasceu em 1910, em Skopje, hoje capital da Macedônia. Religiosa, tornou-se freira aos 16 anos recebendo o nome de Tereza. Em 1929 mudou-se para Calcutá, onde em 1946 fundou a congregação Missionárias da Caridade. Trabalhou por décadas até falecer em 1997, de um ataque cardíaco. Mas existem algumas controversas sobre sua canonização. Uma das críticas é a velocidade do processo, passando por cima de pontos importantes da canonização, por determinação do então Papa João Paulo II. Do ponto de visa religioso, seus milagres são contestados e são atribuídos mais aos médicos do que à sua intervenção. Outra crítica dirigida ao seu trabalho é o que chamam de “culto ao sofrimento” na exploração do drama da população mais pobre. Também a freira é acusada principalmente pelos líderes do hinduísmo na Índia de exigir que os pobres que atendia se convertessem ao cristianismo.

 

O sapato da discórdia

                   Na primeira viagem como presidente tampão do Brasil, Michel Temer causou um baita mal-estar a comprar um par de sapatos. Isso porque a indústria calçadista do Brasil enfrenta a concorrência desleal dos fabricantes chineses, sendo necessária a criação de leis antiduping. Cada par de sapatos chineses que entra no Brasil sofre uma sobretaxa de US$ 10,22. O Presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados, Heitor Klein minimizou o problema, dizendo que na primeira oportunidade que tiver levará para Temer um par de sapatos brasileiros e encaminhar as reivindicações do setor.

O sapato da discórdia 2

                   Ainda de acordo com Klein, o presidente Temer, por ser de São Paulo “sabe que o estado é um polo importante na fabricação de calçados masculinos e temos um produto de alta qualidade”. A questão relativa aos sapatos chineses é a concorrência desleal, praticada por alguns exportadores chineses e importadores brasileiros, que insistem em vender no mercado nacional os produtos por preços bem abaixo do mercado, e segundo o presidente “isso molesta e causa danos à indústria nacional”.

Aspirina prevendo o infarto

                Um estudo desenvolvido por pesquisadores brasileiros comprovou a eficácia da aspirina, tomada a cada três dias, e ainda evita as complicações gastrointestinais causadas pelo uso diário do medicamento. O uso do ácido acetilsalicílico (popularmente conhecido por aspirina) previne o infarto do miocárdio, a doença vascular periférica, e o acidente vascular cerebral (AVC) mas esbarrava no problema colateral que causava, em função do uso diário do medicamento.

Aspirina prevendo o infarto 2

                Há 35 anos que a medicina sabe do efeito benéfico no tratamento do infarto ou na profilaxia do infarto. O problema sempre foi o efeito colateral grave, causando irritação no estômago, que pode chegar a uma hemorragia gástrica. Os pesquisadores liderados por professores da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, conseguiram montar um esquema terapêutico que mantém os benefícios da aspirina sem apresentar qualquer tipo de irritação, tomando o medicamento a cada três dias. O estudo foi desenvolvido por um ano, com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e da Biolab Farmacêutica e publicado no The Journal of Clinical Pharmacology. 

 

 

  • O governador Renan Filho e o Secretário de Educação (e vice-governador) Luciano Barbosa, entregam em Penedo, duas importantes escolas que passaram por amplas reformas estruturais.
  • Na Escola Hermílio de Freitas, somente as paredes continuam as mesmas. Todo o prédio foi restaurado e foi trocada a parte elétrica, hidráulica, o teto foi consertado. Ela vai atender 205 estudantes do ensino fundamental.
  • A outra unidade escolar recuperada e ampliada, é a Professor Ernani Mero, que foi contemplada como uma escola de Ensino Integral. Ali estudam 430 alunos, sendo 114 submetidos ao regime integral.
  • A oferta do ensino integral vem atraindo alunos de outras escolas e a ideia transformar a unidade em uma escola completa com o regime integral até 2018.
  • O Programa Alagoano de Ensino Integral tem possibilitando um grande avanço nas escolas que o estão implantando. Já são 14 escolas em todo o estado aderindo ao projeto que será ampliado atingindo outras unidades a partir do próximo ano.