Edmilson Teixeira

2 de setembro de 2016

Capela, eleição 2016

Prefeito Eustaquinho Moreira (PSDB) tem pisado firme em sua campanha, visando trabalhar por mais quatro anos em prol do crescimento de Capela, conforme seu grupo de apoio. “O Eustaquinho tem surpreendido a todos, conduzindo um município de pequeno porte, onde assumiu há pouco mais de três anos, cheio de problemas, sobretudo com dívidas e mais dívidas; mas que nesse período conseguiu reverter tal situação. Hoje podemos dizer que Capela tem um modelo de administração pública, que serve de exemplo para o Brasil, País que atravessa a sua pior crise econômica de todos os tempos. Na verdade, assegurar obras, projetos sociais, paga em dia seus servidores, ter crédito no comércio e nas esferas federais, são coisas raras de se verem nos dias de hoje nas administrações públicas municipais e estaduais”, comentou o presidente do PSDB, o ex-governador Téo Vilela.

 

Mata Grande

Nesta quinta-feira, o juiz da 27ª Zona Eleitoral, João Dirceu Soares concedeu direitos para que o candidato Luiz Pedro Bezerra Brandão (PMDB) e seu vice, Jean Gomes (DEM), possam disputar livremente a Prefeitura de Mata Grande. Eles fazem parte da Coligação, “O Povo Quer! Mata Grande Precisa!”, formada pelos partidos PMDB, DEM, PSD, PT, PSDC, PSDB e PRP.  

Mata Grande 2

 

Detalhe é que havia uma expectativa na cidade, quando a aprovação ou não do registro da candidatura de Luiz Pedro, visto que ele é filho do prefeito afastado de Canapi, Celso Luiz, envolvido num escândalo de mais de 10 milhões de reais dos cofres públicos, e que segundo os boatos, o jovem Luiz Pedro estava investindo parte desse dinheiro em sua campanha no vizinho município.

Mata Grande 3

 

A situação enfrentada por Celso Luiz, acusado pelo MPE/AL, de desviar mais de 10 milhões de reais da Prefeitura de Canapi, tanto complicou seu lado político, razão de ter desistido de sua reeleição, sobretudo pelo desgaste político, como a do filho, que assumiu desde o início do ano, uma candidatura em Mata Grande. “Muitos entendiam, que Pedro Luiz iria desistir; mas ele manteve firme seu ritmo de campanha esperançoso acima de tudo, de chegar ao poder, como melhor alternativa para o povo da nossa terra”, comentou um candidato estreante ao cargo de vereador, que faz parte da Coligação liderada por Pedro Luiz

 

Marechal

A VII Feira Literária de Marechal Deodoro (Flimar), que foi aberta na noite de quarta-feira, teve ontem, o pré-lançamento do filme “O Olhar de Nise”, do escritor e cineasta alagoano Jorge Oliveira. O filme que documenta a vida da psiquiatra Nise da Silveira, foi exibido no começo da noite no Espaço Cultural Santa Maria Madalena. Entre as atrações do evento, podemos citar o cantor cearense, Raimundo Fagner, que se apresenta na noite de sábado.  

 

Campanha

 

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e as 102 secretarias municipais de Saúde seguem com as ações da Campanha de Combate às Verminoses e Hanseníase, que prossegue até o fim do mês de novembro. Esse é o quarto ano do evento idealizado pelo Ministério da Saúde (MS) que tem como público-alvo crianças entre cinco e 14 anos de idade para diminuir a carga parasitária com a realização do tratamento.

Campanha 2

De acordo com Jean Lúcia dos Santos, que é a coordenadora do Núcleo de esquistossomose da Sesau, em apenas 10 dias desde o início da campanha já foram atendidos alunos de 93 escolas da rede pública estadual e municipal em 25 municípios de Alagoas. Jean Lucia explica que as doenças causadas por vermes provocam dores de barriga, anemia, falta deapetite, o que pode levar o afastamento das crianças das escolas, mas lembra que o tratamento contra a doença é simples.

Campanha 3

“A meta estabelecida pelo MS é atender 90% das crianças matriculadas na rede pública de ensino o que para o nosso Estado equivale a 338.005 crianças entre cinco e 14 anos. Em 10 dias de campanha, já foram tratados contra verminoses 10.323 e 7.843 alunos realizaram exames para os diagnósticos de casos de hanseníase”, informou a coordenadora.

Arapiraca

A Semana da Pessoa com Deficiência este ano prolongou suas atividades e discussões durante todo o mês que passou, por isso foi intitulada de “Agosto Verde”. Em Arapiraca, na quarta-feira, a mesa de debates acerca do assunto formada no Planetário e Casa da Ciência da cidade contou com a participação da Metodologia Liga Pela Paz para falar sobre inclusão a partir de sua perspectiva.

Arapiraca 2

A metodologia, que tem como foco a Educação Emocional e Social, implantada na rede municipal de ensino arapiraquense, por meio de uma parceria entre Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), Prefeitura e organização Inteligência Relacional, também tem em suas atividades psicopedagógicas a inclusão como grande aliada na construção de uma sociedade menos excludente e mais unificadora e que reconheça a singularidade na diferença.

São Sebastião

O ex-prefeito José Pacheco, o Pachequinho, recebeu uma ducha forte essa semana, no seu currículo político. É que a 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) manteve a indisponibilidade de seus bens  até a quantia de R$ 6.251.435,57. O ex-gestor é acusado de improbidade administrativa.

São Sebastião 2

 

Pachequinho esteve à frente do Executivo municipal entre os anos de 2009 e 2012. Nesse período, de acordo com os autos, teria havido irregularidades na transferência dos valores devidos ao Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de São Sebastião (Ipam). Ainda segundo informações do processo, no ano de 2010, a diferença nos repasses alcançou o valor de R$ 674.392,97. Em 2011 chegou a R$ 446.589,22 e, no ano de 2012, teria sido de R$ 5.016.853,38.