Roberto Baia

25 de agosto de 2016

Eleições em Feira Grande

Há menos de 40 dias para as eleições municipais, a campanha política de Feira Grande, uma das cidades mais importantes da Região Agreste, ganha novos ares com o fortalecimento da oposição que tem como candidato pela coligação “Feira Grande, o futuro é agora”, o empresário Flavio do Chico da Granja. Ele tem como candidato a vice-prefeito o vereador Capitão Wilton.

 

Oposição fortalecida

Flavio do Chico da Granja, que enfrentará nas urnas o atual prefeito Veridiano Almir (PMDB) e o candidato do PDT, Junior Soares, conta com apoio de importantes líderes políticos, dentre eles o ex-prefeito Fabinho, irmão de Flavio, empresário Dorge Aristides, e Dário Roberto. A coligação é formada pelos partidos PSDB, PPS, PSC e PSL.

 

Posições firmes

Por falar em Feira Grande, o juiz eleitoral Adalberto Saturnino esteve reunido, na terça-feira, 23, com representantes das coligações onde deixou um recado claro para quem se atrever a burlar a lei ou usar alguma forma de violência contra eleitores. Destacado por suas posições firmes em defesa da ordem, Dr. Alberto deixou bem claro que não vai hesitar em punir os infratores de acordo com a Lei Eleitoral.

 

Palmeira dos Índios

Do colunista Berg Moraes: A população palmeirense já não está satisfeita quanto às ações da segurança pública. Para completar o clima de insegurança, a falta de iluminação em vias públicas facilita as atividades criminosas. Insatisfeitos e sem ter a quem recorre, os moradores do bairro São Francisco estão procurando os meios de comunicação para expor a situação no intuito de que apareça alguém para resolver esse problema.

 

Condenação

Depois de um julgamento que durou quase sete horas, na Câmara de Vereadores da cidade de Rio Largo, o Ministério Público Estadual de Alagoas conseguiu a condenação de Carlos Caick Idelfonso de Oliveira, de 21 anos. O réu foi submetido a uma pena de 11 anos em regime fechado pelo crime de homicídio qualificado contra o transexual José Hílton dos Santos, conhecido pelo apelido de Gaivota, morto em outubro de 2014, no povoado Alto de São Miguel, em Rio Largo.

 

Repercussão

O crime teve grande repercussão à época porque, mesmo após ter tirado contra a vítima e vê-la agonizando no chão, o assassino voltou ao local minutos depois e efetuou novos disparos até provocar a sua morte.

 

Homicídio

O promotor de Justiça Wesley Fernandes foi quem participou do júri na condição de membro do Ministério Público. “A tese do Ministério Público foi de homicídio qualificado por motivo torpe, já que a vítima foi morta por vingança. Dias antes do crime, o José Hílton havia discutido com o réu e dado um tapa contra o seu rosto. Foram mais de seis horas de júri, mas, ao final, conseguimos convencer o Conselho de Sentença da culpa do réu. A justiça foi feita”, disse o promotor.

 

 

Novo livro

O arapiraquense Valdemir Ferreira, mais conhecido como Cartuxo, lançou este mês mais um livro. Desta vez o autor, que já escreveu mais de 70 livros, lançou o livro intitulado “A bicharada eu vi”, pela AG Book. Suas obras passeiam pela literatura de cordel e brasileira e infantil.

 

História da fauna

O livro, lançado desta vez, é contado em verso e prosa, possui 111 páginas e conta a história da fauna brasileira, principalmente das espécies em extinção. Repteis, aves, peixes, mamíferos crustáceos e insetos são poeticamente lembrados neste novo lançamento do autor. O livro está disponível no site da AG Book e do Clube dos autores, o exemplar sai no valor de R$ 34,93. 

 

Pesquisa eleitoral

Uma pesquisa para saber as intenções de voto para prefeito e vereador de Arapiraca será realizada nesta sexta-feira. A pesquisa, que será devidamente registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), foi encomendada pela TV Pajuçara. 

A expectativa é quanto ao resultado da pesquisa para prefeito. Ricardo Nezinho (PMDB), Tarcizo Freire (PP), Rogério Teófilo (PSDB) e Lindomar Ferreira (PSOL) disputam os votos dos eleitores arapiraquenses.

 

Parceria

Uma parceria entre a Associação dos Municípios Alagoanos e a Controladoria Geral da União começa a divulgar a nova Lei anti corrupção entre gestores, técnicos e agentes parceiros de municípios.  A Lei 12.846/13 regula a responsabilização administrativa e civil de pessoas jurídicas pela prática de atos contra a administração pública.

 

… Em tempos de operação lava jato e acordos de leniência , a publicidade da lei é importante, diz o chefe da CGU em Alagoas, José Williams Gomes da Silva.

 

… O curso, que começou hoje, na AMA e se estende até amanhã, abre a oportunidade para as esquipes técnicas, principalmente os controladores internos, conseguirem ter o conhecimento e a interpretação da lei de forma clara e objetiva.

 

… “Esse é o papel da Entidade. Fazer parcerias importantes para aprimorar as relações administrativas a bem do serviço público”, acrescenta. Beltrão também anunciou hoje a realização de um amplo seminário em novembro com os prefeito eleitos e os órgãos de controle para que eles possam começar a gestão com um olhar diferenciado, voltado para o cidadão e suas demandas. A AMA também vai estimular a criação de equipes para que a transição seja tranquila nos municípios.