Blog do Dresch

23 de agosto de 2016

Jornal gay “Lampião” vira filme

                Considerado um dos expoentes do jornalismo alternativo na época da ditadura, o jornal gay “Lampião” editado em São Paulo nas décadas de 70 e 80, acabou virando filme. O jornal era dirigido pelo então repórter policial Aguinaldo Silva, hoje famoso autor de novelas da Globo. O documentário dirigido por Lívia Perez, foi lançado semana passada no Cinesesc de São Paulo, será mostrado pelo Canal Brasil no início do próximo ano. Ele apresenta reportagens com personagens que se assumiam em entrevistas e nos ensaios fotográficos, como Nei Matogrosso e Leci Brandão, além de diversos colaboradores.

Jornal gay vira filme 2

                O “Lampião” foi inspirado no jornal americano “Gay Sunshine” e na época publicava assuntos que incomodavam os generais brasileiros como a visibilidade LGBT (nem se falava na sigla), reportagens sobre o aborto, legalização das drogas, prostituição e o assassinato de transexuais. O jornal tinha uma linha editorial contestadora e contrariava a imprensa em geral e até O Pasquim que tratava o homossexualismo de forma pejorativa. Hoje a gente vê a importância da publicação e a coragem que tinha de enfrentar tudo e todos, assinala a diretora Lívia Perez.

Foco agora é no Senado

                 Antes mesmo de se debruçar sobre a parte final do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, os senadores deverão analisar e votar pautas importantes, em função do tempo exíguo. Uma das mais importantes é a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) sobre a Desvinculação das Receitas da União (DRU), que libera 30% do orçamento para ser utilizado livremente pelo governo, sem a vinculação de verbas específicas. Também está na pauta o projeto de lei que altera a Lei de Responsabilidade Fiscal, que dificulta ainda mais os gastos futuros com pessoal na administração pública. O temor é que após os debates sobre o impeachment, os senadores se voltem para as eleições municipais, o que dificultaria ainda mais as votações. E ainda mais: após as eleições deste ano, começam as discussões sobre a nova mesa diretora do Senado, cuja eleição acontece em Fevereiro do próximo ano. E também precisa ser votado pelo Senado e também pela Câmara, o Orçamento Geral da União para 2017, sem contar ainda com a proposta do governo de fazer a reforma da Previdência, antes do fim do ano. O presidente do senado Renan Calheiros, pretende sugerir aos líderes partidários a realização de uma semana de esforço concentrado, antes do “recesso branco” para as eleições municipais.

 

 Crédito para o agronegócio

                   O Banco do Brasil e o Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas (Emater/AL) firmaram parceria para facilitar o acesso de pequenos agricultores ao crédito para o agronegócio. Para o diretor-presidente da Emater, Carlos Dias, o trabalho conjunto “vai fortalecer principalmente a agricultura familiar, graças as facilidades de acesso ás linhas de crédito do Banco do Brasil” afirmou. Segundo Dias, além de proporcionar maior facilidade de acesso ao crédito, a parceria também vai aumentar o volume de investimentos do BB em Alagoas.

Crédito para o agronegócio 2

                   Na reunião que selou a parceria, o diretor-presidente da Emater, mostrou a estrutura do orgão no Estado, o trabalho que os técnicos extensionistas realizam no campo e as cadeias produtivas que são atendidas, e as necessidades dos agricultores de cada segmento produtivo em termos de crédito rural. De acordo com os diretores do Banco do Brasil, a Emater/AL trabalhará com o portal do crédito para o agronegócio, onde o produtor será o maior beneficiado pela agilidade na liberação dos recursos financeiros.

Petrobrás estimula demissão

               A Petrobrás pretende atingir entre 6 a 7 mil funcionários com o Plano de Incentivo às Demissões Voluntárias (PIDV) posto em prática pela empresa. Até agora já se inscreveram cerca de 5 mil empregados e as inscrições vão até o final deste mês. Segundo o diretor executivo de Recursos Humanos, SMS e Serviços da Petrobrás, Hugo Repsold Júnior, o número de inscritos no programa está acelerado  nesta segunda quinzena de Agosto. A empresa provisionou R$ 1,2 bilhão para o incentivo ao desligamento.

Petrobrás estimula produção

             Por outro lado, a Petrobrás, através da direção de Exploração e Produção manteve a meta de produção de 2016, de 2.145 milhões de barris de petróleo diários. De acordo com a diretora Solange Guedes, eventos importantes devem contribuir para aumentar a produção no segundo semestre, entre elas o aumento da produção da plataforma Cidade de Saquarema e a entrada em operação da unidade Cidade de Caraguatatuba. Ambas devem contribuir para aumentar a média da produção neste semestre. A meta também é interligar 39 poços nestes seis meses.

 

 

  • Um happy hour no Rex Jazz Bar, em Jaraguá, marcará hoje (23) o lançamento da 27ª edição do Prêmio Braskem de Jornalismo, com algumas novidades que serão apresentadas aos jornalistas, a partir das 18h30.
  • Entre estas novidades estão uma nova identidade visual da premiação, uma nova categoria a ser disputada e novos prazos de inscrição.
  • O Prêmio, tradicional entre os profissionais da comunicação do estado, é promovido pelo Sindicato dos Jornalistas de Alagoas com o apoio da Braskem.
  • Atualmente, esta premiação é a maior entre os comunicadores alagoanos e reconhece o trabalho de profissionais e de estudantes com troféus e premiação em dinheiro de mais de R$ 52 mil.
  • A Braskem tornou-se parceria do Sindicato dos Jornalistas e sempre está presente nas promoções da entidade no Estado. A empresa produz um volume de 20 milhões de toneladas de resinas termoplásticas, além de outros produtos químicos e termoquímicos, atingindo um faturamento anual de R$ 54 bilhões.