Roberto Baia

4 de agosto de 2016

Críticas a Cab e Casal

Os trabalhos da Câmara Municipal de Arapiraca foram retomados na noite de terça-feira (02), após o término do recesso do meio do ano. Uns dos assuntos marcantes da sessão foram as críticas contundentes do vereador Ronaldo Vital Rios (PDT) as empresas Casal e Eletrobras, pelo descaso e péssima prestação de serviço com a população de Arapiraca.

Para o vereador, faltam compromissos da Casal com a população da zona rural e urbana do município.

 

Nova Adutora

De acordo com o vereador, a nova adutora construída no governo Teotônio Vilela Filho (PSDB), através de uma Parceria Público Privada (PPP), com a empresa CAB Águas do Agreste não solucionou o problema da falta de água em Arapiraca e a empresa CAB somente se preocupa na arrecadação mensal de quatro milhões de reais, através da Casal, e não presta um serviço a contento da população arapiraquense.  

 

Sem atenção

De acordo com o vereador, um usuário está aguardando a religação em sua casa, há quatro meses, e a empresa não dá a mínima atenção. O vereador classificou de descaso e denunciou que esteve em Maceió, com o deputado estadual Ricardo Nezinho (PMDB), em um encontro com o presidente do órgão reivindicando melhorias para a cidade.

 

Foi condenada

Com Ascom – O Ministério Público Eleitoral de Alagoas conseguiu manter a condenação da ex-prefeita da cidade de Joaquim Gomes, interior de Alagoas, Amara Cristina da Soledade, mais conhecida como Cristina Brandão, por compra de votos durante a eleição de 2008. O Tribunal Regional Eleitoral manteve a condenação por corrupção eleitoral e definiu três anos de reclusão.

 

Inelegível

Além da ex-prefeita, o TRE manteve a condenação de Frinéia Gomes Brandão, filha de Cristina Brandão, e de Erivan Crisóstomo da Silva, por corrupção eleitoral. Com a condenação por colegiado, a ex-prefeita incorre na Lei da Ficha Limpa e está inelegível. De acordo com a acusação, Cristina Brandão se aliou à filha Frinéia Gomes Brandão, Erivan Crisóstomo da Silva, Fernando Ferreira Pinto Peixoto e Wilton Jalbas Gomes Fragoso para a prática de crime eleitoral.

 

Acatou denúncia

A Justiça Eleitoral em primeiro grau acatou a denúncia do Ministério Público Eleitoral (MPE), ajuizada em agosto de 2011, de autoria do promotor de Justiça Silvio Azevedo Sampaio. O inquérito da Polícia Federal apurou a existência de captação ilícita de votos praticada pela então candidata Cristina Brandão, juntamente com pessoas ligadas a sua campanha.

 

Combate à hepatite

Em uma parceria com o Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho foi iniciada na manhã de terça-feira (02), em Arapiraca, a Campanha Nacional de Combate à Hepatite C. A ação de grande importância social realizada pela instituição internacional é promovida pela ABPH-Associação Brasileira dos Portadores de Hepatite.

 

Vírus B e C

 De acordo com dados da instituição, cerca de seis milhões de brasileiros em vários estados da federação estão infectados com o vírus B e C da hepatite, que é considerada a maior epidemia da humanidade. O tratamento que tem cura e se não tratado pode ocasionar em câncer do fígado é detectado através do exame  

 

Testes disponibilizados

O Rotary Clube de Arapiraca disponibilizou 300 testes rápido de detecção da Hepatite C.O teste é rápido, indolor é gratuito e teve a sua abertura com a presença de diretores do Hospital Nossa Senhora do Bom Conselho e diretores do Rotary Clube, Senhoras da Casa da Amizade na manhã desta segunda-feira em uma tenda em frente ao Hospital Regional na Rua São Francisco no centro da cidade de Arapiraca.

 

Estavam presentes

Estava presentes o diretor da instituição de saúde, procurador de Justiça Geraldo Magela Barbosa Pirauá, médico José Evilásio Amorim de França, juiz eleitoral da 55ª Zona Eleitoral, Alberto Almeida, e companheiros rotarianos.

 

 

… De acordo com dados da campanha, existem mais de meio bilhão de portadores das Hepatites B e C no mundo e, segundo a Organização Mundial de Saúde, as hepatites virais são um dos maiores problemas mundiais de saúde e matam duas vezes mais do que a AIDS.

 

… Mas existe luz no fim do túnel! Recentemente a ciência chegou a um consenso: o de que as Hepatites Virais podem ser erradicadas do planeta no prazo de 15 a 20 anos. Para que isso aconteça, é preciso uma mobilização mundial e a sua participação é muito importante para o sucesso da Campanha Mundial Hepatite Zero.

 

… De acordo com dados da campanha, existem mais de meio bilhão de portadores das Hepatites B e C no mundo e, segundo a Organização Mundial de Saúde, as hepatites virais são um dos maiores problemas mundiais de saúde e matam duas vezes mais do que a AIDS.