Roberto Baia

3 de agosto de 2016

Contratos suspeitos

O ministério público de Alagoas está investigando os pagamentos realizados pela prefeitura de Palestina a empresas de iniciativa privada, onde o próprio município foi o executor das obras. Para isso, a Promotoria de Justiça de Pão de Açúcar, Martha Bueno Marques Pinto, expediu ofícios a empresas responsáveis por locação de veículos, pintura de prédios, reforma de quadra poliesportiva, calçamento, manutenção de logradouros e consultoria e treinamento de pessoal nos anos de 2014 e 2015.

 

Imbróglio 1

Um dos pagamentos investigados refere-se a contratação de uma locadora de veículos de Feira Grande (BA). De acordo com o MP a empresa contratada recebeu R$ 356.275,00, no período, mas nenhum veículo chegou da empresa foi ao Município e por isso a Prefeitura alugado outros carros particulares.

 

 

Imbróglio 2

Outra denúncia aponta que uma empresa recebeu R$ 448.036,41 para execução de obras de uma Quadra Poliesportiva, mas de acordo com a acusação do MP, tal empresa utilizou máquinas doadas pelo Governo Federal, através do PAC em seus trabalhos. O MP ainda acrescenta que nem mesmo essa maquinaria teria sido utilizada na obra licitada porque o próprio Município seria o autor do serviço.

 

Convenção Viçosa

A semana está bem movimentada em Viçosa. Os pré-candidatos ao executivo municipal já começaram a fazer suas convenções partidárias e se apresentarem na disputa oficialmente para os viçosenses. No último sábado foi a convenção da atual vereadora Micheline Fernandes, ela apresentou a professora Martha Freire como vice. Hoje será a convenção de Davi Brandão, e no sábado João Bosco fará a última convenção para o executivo de Viçosa.

 

 

Vacina contra HPV

A procura pela vacina contra o vírus HPV, que previne contra o papiloma vírus humano, que pode provocar o câncer de colo do útero, tem sido pequena nas unidades de saúde de todo o Estado, onde está sendo ofertada pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O balanço negativo foi divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) que faz um alerta sobre a importância da imunização.

 

Imunização

De acordo com a assessora estadual do Programa Nacional de Imunização (PNI), Claudeane Nascimento, a vacina deve atingir uma cobertura vacinal de 31,8 mil crianças e adolescentes, sendo ministrada em duas doses. A primeira dose está com uma cobertura de 21,54% e a segunda – que deve ser aplicada seis meses após a primeira – está com apenas 10,13%.

 

Colo do útero

“Esta situação é preocupante, porque a vacina, comprovadamente, é eficaz para prevenir o câncer de colo do útero, um dos que mais afetam as mulheres. Ela está disponível nos postos de saúde e os pais devem levar suas filhas para serem vacinadas”, evidenciou Claudeane Nascimento, ao destacar que a Sesau incentiva a realização de ações com as Redes Estadual e Municipais de Educação para atingir o público-alvo.

 

Seguindo adiante

Após sair perdendo e ver o adversário colocar dois gols de vantagem no jogo, a Agremiação Sportiva Arapiraquense (ASA) teve forças para lutar e buscar o resultado em um jogo de grandes emoções diante do Clube do Remo, no Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca, no último sábado.

 

Destaque

O destaque alvinegro ficou por conta do atacante Reinaldo Alagoano, que inspirado marcou duas vezes e evitou o Fantasma de Alagoas de conhecer a sua primeira derrota jogando em casa no Campeonato Brasileiro da Série C.

 

Fumeirão

Figurando na seleção da rodada da competição do site esportivo Futebol Interior, o atacante do Gigante Arapiraquense foi o responsável pela façanha alcançada no último sábado no Fumeirão.

– Por um momento, o torcedor arapiraquense quase perdeu as esperanças, já que o Remo abriu a vantagem de dois gols no placar. Mas Reinaldo Alagoano não deixou a torcida sair do Municipal de Arapiraca sem gritar gols. E ele não economizou. Fez o primeiro e ainda deixou o segundo, garantindo o empate por 2 a 2.

 

 

… Números divulgados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL) apontam que Alagoas registrou um aumento no número de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) — homicídio doloso, latrocínio (roubo seguido de morte) e lesão corporal com resultado de morte — no mês de julho, em comparação com o mês anterior. De 1º a 31 de julho foram registrados 164 assassinatos, contra 143 no mês de junho, um aumento de 21 CVLIs.

 

… Já no primeiro semestre do ano, isto é, de janeiro a junho, foram registrados 921 CVLIs, uma média de 5,12 homicídios por dia. Se comparamos com o mesmo período do ano de 2015, houve um aumento na criminalidade no Estado.

 

… Das cidades alagoanas que registraram maior número de homicídios dolosos no 1º semestre, Maceió aparece em 1º lugar com 188 crimes, Arapiraca em 2º lugar, com 74 CVLIs e Rio Largo em 3º, com 36 mortes.