Flávio Gomes

30 de julho de 2016

Cavalo encilhado

Do jornalista Flávio Faveco Corrêa: “Outro dia a Cristiana Lobo disse no Jornal das 10 da Globo News que se o ministro Henrique Meirelles conseguir fazer a economia crescer sem aumentar impostos ele sentaria na cadeira de Presidente da República. Concordo com ela: seria um poderoso candidato em 2018, diante da completa escassez de alternativas dentro dos quadros políticos tradicionais. Afinal, o órgão mais sensível do corpo humano é o bolso. Como o nosso está furado, qualquer remendo vale. Mas se ele, Meirelles, se deixar seduzir pela solução simplista de aumentar impostos ou criar novos, tenho a impressão que deixará de montar no cavalo que parece estar passando encilhado diante dele. O povo, que já paga uma quantidade escorchante do seu salário para sustentar uma monstruosa máquina pública recebendo muito pouco em troca, não quer mais continuar a pagar o pato. Não vai aceitar enganações tipo nova CPMF ‘provisória”, que de provisória nunca teve nem jamais terá nada. Se vier, vai ficar para sempre, fornecendo combustível adicional para alimentar a revoltante farra de Brasília que não dá sinais de arrefecer, antes pelo contrário. E o Meirelles vai perder o cavalo…”

 

Objetivo

Do presidente do TRE/AL, Sebastião Costa Filho, a Niviane Rodrigues, na Gazeta de Alagoas: “Sou contrário a financiamento de político para disputar eleição. Se dependesse de mim, não teria financiamento de forma nenhuma. E se fosse servidor público, que ele ficasse com salário de servidor público. Não é para servir à Pátria?”,

Meta

O Governo de Alagoas inicia hoje a liberação dos salários de julho para servidores com rendimentos de até R$ 2.340,00. Para os demais, só em 11 de agosto. Apesar das dificuldades, o governo Renan Filho planeja, até o final do mandato, em 2018, efetuar o pagamento do funcionalismo dentro do mês trabalhado.

 

 

 

Protesto

 

Apesar de informações em contrário, está confirmada para amanhã a manifestação “Vem Pra Rua”, que defende o impeachment de Dilma Rousseff, a prisão de Lula e a apuração de casos de corrupção, independentemente de partido. Em Maceió a concentração será às 9 horas, no Corredor Vera Arruda.

 

Mais um

Ricardo Santa Rita Filho, filho do secretário-geral do PMDB em Alagoas, é mais um alagoano a ocupar cargo relevante no governo federal, com a sua nomeação para ser Secretário Nacional de Irrigação, vinculado ao Ministério da Integração. Outro nome da cota do presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros.

Renovação

Dos 102 prefeitos de Alagoas, 40 não poderão ser candidatos este ano, pois estão no segundo mandato, o que impede a reeleição. Estima-se que outros 20 não pretendem concorrer à reeleição. Significa dizer que a partir de 1º de janeiro de 2017 mais da metade dos municípios alagoanos terá prefeitos novatos.

Clima

O professor de meteorologia Luis Carlos Molion, da Ufal, vai dar palestra, na próxima segunda-feira, no auditório da Federação da Agricultura e Pecuária de Alagoas, sobre “Perspectivas Climáticas para Região Nordeste nos próximos cinco anos”. É uma iniciativa da Faeal, Seagri e Associação dos Criadores.

Opinião

Kennedy Alencar: “Na visão de Lula, Dilma errou na política e na economia. Para o petista, o presidente interino, Michel Temer, está acertando no atacado nas duas áreas, porque colocou Henrique Meirelles na Fazenda, o que foi sugerido por Lula a Dilma inúmeras vezes, e porque fechou um acordo efetivo com a maioria do Congresso.”

 

 

 

*O Maceió Shopping recebe hoje uma equipe de médicos, nutricionistas e profissionais de enfermagem do Hospital Geral do Estado, para uma ação preventiva, gratuita, sobre acidentes vasculares cerebrais (AVC). A partir das 13 horas, em frente aos cinemas.

 

*A escritora Thalita Rebouças lança hoje, em Maceió, “Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática”. É a 20ª obra de Thalita, que tem dois milhões de livros vendidos. Às 14 horas, na Livraria Leitura, no Parque Shopping.

 

*Hoje, a partir das 17 horas, no Sesc Centro, Bruno Palagani e Milla do Acordeon se apresentam no musical “Bandolim Sanfonado”. Usando instrumentos com sonoridades distintas, mas harmônicas, interpretarão samba, chorinho, bossa, forró. 

 

* O Ballet Maria Emília Clark reapresenta hoje o espetáculo “OLLEM”, às 19h30, no Teatro Deodoro, abordando a obra do arqueólogo, historiador, jurista, músico e poeta Jayme de Altavila. É uma parceria entre a Diteal e o Instituto Histórico e Geográfico.

 

 

 

*Será lançado 2ª feira, às 8h30m, a VII Edição do Prêmio Sincor de Jornalismo Alberto Marinho, parceria entre o Sindicato dos Corretores de Seguros de Alagoas, Federação Nacional dos Corretores de Seguros e Sindicato dos Jornalistas de Alagoas.

 

*O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde e o Tribunal de Contas realizam na próxima 2ª feira, a partir das 8h30m, no auditório do Conselho Regional de Medicina, o seminário “Recomendações para o Encerramento da Gestão Municipal na Saúde”.

*Pela Série C do Campeonato Brasileiro, o ASA pega o Remo hoje, às 20h30m, em Arapiraca, para tentar voltar ao G4. Já o CSA recebe amanhã o Parnahyba, do Piauí, às 16 horas, no Trapichão, precisando só empatar para continuar na disputa da Série D.

 

“Quando Dilma voltar para Porto Alegre a economia se estabiliza de vez”

Jarbas Vasconcelos

Deputado federal do PMDB-PE, otimista com um cenário pós-Dilma