Ailton Villanova

28 de julho de 2016

O acaso e o livre-arbítrio

Murillo de Aragão, cientista político: “… Será que Lula estava destinado a escolher Dilma ou será que a escolha foi produto de seu livre-arbítrio? Considerando a situação de Lula na época, ele tinha total liberdade para escolher quem quisesse. Imaginem se ele se decidisse por Jaques Wagner, administrador razoável, mas de trato ameno? Talvez 70% dos problemas com a base política não tivessem existido. E se a escolha recaísse sobre Aloizio Mercadante? Apesar de seu histórico comprovado de trapalhão e arrogante, Mercadante teria sido pior que Dilma? Como na piada, uns dizem que sim, outros dizem que não… Fica claro que acaso e livre-arbítrio caminharam juntos. Além do mais, a invenção de Dilma é antiga. Começou nos tempos da campanha de 2002, quando seu jeitão agradou ao chefe. Para surpresa de muitos, Lula sacou o seu nome do bolso do colete e a colocou no Ministério de Minas e Energia – plataforma em que começou, de forma diligente e incansável, a destruir o modelo energético nacional, a Petrobras e a credibilidade fiscal do país. E nos legar um orçamento em frangalhos e obras inacabadas. Certamente Lula deve maldizer o momento em que a conheceu. O livre-arbítrio de Lula traiu a ele e ao país.”

Novo clima

Um grupo de empresários esteve na semana passada com o presidente Michel Temer, conduzido por José Carlos Lyra, presidente da Federação das Indústrias de Alagoas. Um deles ficou impressionado com a simpatia e a receptividade de Temer. “Bem diferente de Dilma Rousseff”, com quem estivera três vezes.

 “Refresco”

O governo de São Paulo começou a pagar as parcelas da dívida junto à União: agora, R$ 800 milhões/mês, ao invés do R$ 1,3 bilhão que repassava antes. No caso de Alagoas o repasse mensal é de R$ 50 milhões e, quem sabe, pode baixar também. Na 2ª feira será votado na Câmara o projeto da renegociação dessas dívidas.

Provocação

O governador Renan Filho anuncia a execução, em Maceió, do projeto Viva Orla, sob o pretexto de “reformar a orla de Jacarecica até Guaxuma”. Toda benfeitoria naturalmente é bem-vinda, mas no caso, e em véspera de eleição, soa como novo contraponto às ações do prefeito Rui Palmeira, depois de obras na periferia.

Detalhe

A tendência é que Arapiraca tenha mesmo três candidatos a prefeito: Ricardo Nezinho  (PMDB, Tarcizo Freire (PP) e Rogério Teófilo (PSDB). Os dois primeiros exercem mandato de deputado estadual e se um deles for eleito Arapiraca ficará desfalcada na Assembleia Legislativa. Rogério está sem mandato.

Boa nova

Barra de São Miguel vai ganhar, finalmente, um Centro de Convenções, um sonho do trade turístico da região Sul. O prefeito Zezeco Nicolau está priorizando o projeto, que, comenta-se, deve começar a ser executado em setembro. Para a oposição, o projeto pode ser utilizado politicamente por Zezeco, que vai à reeleição.

Nova opção

O MAIS (Movimento por uma Alternativa Independente Socialista) é mais uma organização política de esquerda no Brasil, que surgiu da ruptura de 739 militantes com PSTU, inclusive em Alagoas. A proposta é contribuir com a reorganização da esquerda após a crise e falência do projeto do PT, dizem suas lideranças.

 

Opinião

Do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Gilmar Mendes: “Eu considero que demos salto no escuro ao fazer opção por proibição de financiamento privado sem reforma. Eu tomo essas eleições como experimento institucional. Certamente em novembro teremos uma reforma inclusive desta legislação”.

 

 

 

*Hoje, às 10 horas, a presidente da Apala, Rozenita Fernandes, fará o lançamento oficial da campanha McDia Feliz 2016, realizada pelo Instituto Ronald McDonald. No Espaço Saber e Lazer, ao lado da sede da instituição, na Travessa Roberto Simonsen.

 

*Em mais um concerto do projeto Quinta Sinfônica, a Orquestra da Ufal apresenta hoje seis peças, incluindo composição de Joselho Batista, regente do grupo. Às 20 horas, no Teatro Deodoro. Ingressos, gratuitos, a partir das 14 horas na bilheteria do Deodoro.

 

*Felipe De Vas e Yo Soy Toño fazem hoje apresentação especial com uma mesma banda, com canções próprias. A banda A Flor de Zíaco fará a abetura do show. A partir das 21 horas, no Pub Fiction. Contato para ingressos: http://goo.gl/JTyTCy.

*O projeto Quintas no Poço de julho tem como atração, hoje, o cantor e compositor Igbonan Rocha, com um repertório de muito samba. A partir das 19h30m, com entrada gratuita, no Sesc Poço. Informações: 0800 284 2440.

*A partir das 18h30m de hoje a Mostra Curta Alagoas, projeto do Sesc para estimular produções audiovisuais, exibe três curtas-metragens: “Cidade Líquida”, de Laís Araújo, “Papódromo” e “Quem tem juízo resiste e luta”. No Teatro Jofre Soares, grátis.

*O Museu Théo Brandão encerra hoje a 2ª edição do Fórum Zumba, Théo, Djavan e Você.  Às 18 horas, o Cineclube Elegbá exibe o filme “Cinderelas, lobos e um príncipe encantado”, de Joel Zito Araújo, exibido no Festival do Rio 2008.

*Na disputa entre as torcidas para lotar o Trapichão nesse final de semana vale registrar os preços dos ingressos: CRB x Brasil/RS, amanhã, 19h15m, de R$ 20,00, R$ 30,00 e R$ 100,00; CSA x Parnayba, domingo, 16 horas, R$ 15,00, R$ 25,00 e R$ 100,00.

 

 

“As crianças devem ser apresentadas a todo tipo de ideologia, de Karl Marx a Adam Smith”

Mendonça Filho

Ministro da Educação, ao dizer que não se pode ter uma leitura única na escola