Flávio Gomes

12 de julho de 2016

O que nos espera

Do jornalista Carlos Chagas: “Não parece fácil chegar ao fim do ano abaixo dos 14% de desemprego. Pelo contrário, é o mais provável. Fazer o quê? Nem o governo Temer tem solução, sequer a iniciativa privada. Do exterior nem se fala. Sem desatar esse nó, nada  feito. Porque vivemos o período da explosão de desejos mal satisfeitos. O consumo ultrapassou a produção, e agora exportar deixou de ser a saída mais simples. O resultado é que nos voltamos para o mais complicado. Traduzindo essa aparente contradição: falta emprego na indústria, como falta na agricultura, assim como nos serviços. Nos Estados Unidos, quando da grande queda dos anos Trinta, o remédio foi abrir frentes públicas de trabalho. E mais, de forma matreira, a preparação para uma nova  guerra. Aqui, não temos a quem invadir. Muito menos, só consumir o supérfluo. Inverter o pêndulo das necessidades exigiria antes de tudo altos investimentos na educação pública, mas se menos podemos pensar na saúde… Acresce que investir na indústria privada de transportes aumenta o vazio, tanto quanto o desperdício de recursos públicos. Em suma, vivemos numa situação de queda livre, à espera do gesto que mata e da palavra que não salva.”

 

Demissão

O agrônomo Ulisses Ávila, ex-secretário estadual da Agricultura, foi demitido de uma das diretorias da CARHP. Não lhe foi dada nenhuma explicação sobre a demissão. Mas seus amigos atribuem a uma questão política: Ulisses é muito amigo do ministro Guilherme Palmeira, pai do prefeito Rui Palmeira.

Razão

Como é notório, Renan Filho apoia a candidatura do deputado Cícero Almeida a prefeito de Maceió para evitar a reeleição de Rui Palmeira. Através de Ulisses Ávila, o governo estadual estaria atingindo Rui, politicamente. É mais um capítulo da novela em que está se transformando a campanha pela prefeitura.

Reação?

Aliás, Guilherme Palmeira, que mora em Brasília, chega hoje a Maceió, para uma semana de contatos com os amigos, como faz frequentemente. Com o filho envolvido na disputa pela reeleição, naturalmente também fará contatos políticos. A demissão do amigo Ulisses será, naturalmente, um assunto em pauta.

Racha

A cada dia mais fica evidente que a oposição vai mesmo sair dividida na disputa pela Prefeitura de Arapiraca. Além do deputado estadual Tarcizo Freire, que ficou isolado, os demais oposicionistas não definiram outro nome. Quanto mais concorrente, melhor para o deputado Ricardo Nezinho, candidato da situação.

Vacilo

Essa situação da oposição em Arapiraca tem muito a ver com a indecisão do PSDB, que não priorizou o ex-deputado Rogério Teófilo como seu candidato. Internamente, querem os tucanos a candidatura de Rodrigo Cunha, que insiste em concluir o primeiro mandato de deputado estadual e tem compromisso com Rogério.

Proposta

O Ministro dos Transportes, Maurício Quintella, defende 100% de investimento estrangeiro para baratear tarifas aéreas: “É preciso que o brasileiro tenha o poder de escolha ao optar por viajar em uma aérea. Ou seja, se o passageiro quiser viajar em uma companhia que não ofereça serviço de bordo, que ele tenha essa opção.”

Contestação

Robson Braga, presidente da CNI, sugere aumento da jornada de trabalho para até 80 horas. Nota de repúdio assinada pela CUT, UGT, Força Sindical, CTB, Nova Central e CSB contesta: “Tal afirmação, que faz lembrar a situação da classe operária do Século 19, surge como provocação estapafúrdia ao povo brasileiro”.

 

 

*Informação da “Folha de São Paulo”: Durante o primeiro quadrimestre de 2016, o Estado de Alagoas baixou para R$ 29,3 milhões suas dívidas com fornecedores em comparação a igual período de 2015, quando a dívida ultrapassava os R$ 83,8 milhões.

 

*Participantes da 6ª Conferência das Cidades de Maceió emitiram Moção de Repúdio ao prefeito Rui Palmeira, acusando- de “se negar a convocar a referida conferência, em uma atitude antidemocrática, autoritária e desrespeitosa para com a sociedade”.

 

*Será realizada hoje a primeira edição do projeto “Reitoria nas Unidades”, na Faculdade de Direito da Ufal, que completa neste mês 85 anos. Início às 9 horas, com a reitora Valéria Correia, vice-reitor José Vieira, pró-reitores e superintendente da Sinfra.

 

*Durante este mês de julho o programa “Aplauso” está sendo reprisado, de 2ª a 6ª feiras, das 20 às 22 horas, pela Rádio Difusora AM 960. Hoje o artista homenageado é o cantor Ney Matogrosso. O programa é produzido pelo radialista Givaldo Kleber.

 

*Réplicas de animais pré-históricos podem ser vistas na exposição “Gigantes da Era do Gelo”, no Parque Shopping, em Cruz das Almas. Uma boa opção para as crianças em período de férias. Ingresso: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia-entrada).

 

*Domingo, o ASA voltou a decepcionar na Série B do Brasileiro, perdendo de 2×0 para o Botafogo, em João Pessoa. Na Série C, o CSA manteve-se líder do grupo com 3×2 no Guarani/CE e o Murici divide a liderança do seu grupo após 1×1 com o Fluminense/BA.

 

*O CRB teve um final de semana movimentado: no sábado, ganhou do Náutico por 3×1 fora de casa e chegou ao 3º lugar da Série B; domingo, viu seu ex-jogador Pepe sagrar-se campeão da Europa e ontem liberou o atacante Lúcio Maranhão para o exterior.

  

“Eduardo Cunha é um cadáver insepulto”

 Jarbas Vasconcelos

 Deputado federal (PMDB-PE), apostando na cassação do ex-presidente da Câmara dos Deputados